conecte-se conosco


Nacional

Iceberg maior que área de São Paulo se desprende da Antártida

Publicado

Iceberg imagem da NASA arrow-options
Nasa

bloco de gelo Amery, do qual o iceberg D28 se deslocou, estava em fase de monitoramento desde a década de 1990.

O bloco de gelo Amery, localizado na Antártida, produziu um iceberg com área um pouco maior que a cidade de São Paulo . Desde 1960 que Amery não produzia um bloco de gelo nessas proporções.

Com aproximadamente 1.640 km², a plataforma foi batizada de D28. Icebergs nessas proporções passam a ter seu deslocamento monitorado para que em um futuro não se transformem em um risco ao transporte marítimo. 

Leia mais: Policial faz barba de morador de rua após vê-lo usar água de poça no rosto

De acordo com a BBC, a Amery é a terceira plataforma de gelo da Antártida e um importante canal de escoamento para o leste do continente. Cientistas previam esse acontecimento. Grade parte da atenção sobre a área foi focada no leste do trecho que se separou. 

Uma imagem de satélite produzida pela Nasa de uma área batizada como ‘Dente Mole’ mostra uma área da Amery com um sistema de fendas. O ‘Dente Mole’, no entanto, continua preso, enquanto a parte D28 passou a flutuar pelo oceano de forma independente.

Leia também: Mulher é presa após pedir que amiga cuidasse de caixa com cabeça humana decepada

Em uma entrevista à BBC, a  professora Helen Fricker, da Scripps Institution of Oceanography informou que havia previsto em 2002 que o ‘Dente Mole’ se deslocaria em algum momento entre os anos de 2010 e 2015. 

A pesquisadora enfatizou, no entanto, que esse evento não mantém ligações com as mudanças climáticas, apesar do derretimento da superfície do bloco de gelo durante o verão. 

O nome de batismo do bloco de gelo, intitulado D28, vem de um sistema de classificação administrada pelo Centro Nacional de Neve e Gelo dos Estados Unidos, que divide a Antártida em quadrantes. Calcula-se que ele tenha cerca de 210 metros de espessura e cerca de 315 bilhões de toneladas de gelo. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Adolescente de 15 anos é o primeiro Ianomami a morrer de Covid-19

Publicado


source
adolescente arrow-options
Reprodução

Alvanei Xirixana foi o primeiro Ianomami a morrer de Covid-19

O adolescente Ianomami de 15 anos que contraiu novo coronavírus (Sars-Cov-2) , Alvanei Xirixana, morreu na noite desta quinta-feira (9). A morte foi confirma nesta sexta-feira (10) pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Ianomami . Ele estava internado no Hospital Geral de Roraima e de acordo com o atestado de óbito, o jovem morreu vítima de Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Leia também: Coronavírus: Brasil é o país que menos testa entre mais atingidos pela Covid-19

Segundo o Instituto Socioambiental (ISA), os outros dois indígenas morreram de Covid-19 , sendo um homem do povo Mura, em Manaus, e uma idosa do povo Borari, em Alter do Chão (PA). No entanto, por não morarem em terras indígenas, não foram atendidos e nem contabilizados pela Sesai. 

Além desses casos, a Sesai contabilizou outros quatro, todos da etnia kokama, em Santo Antônio do Içá (AM).

Continue lendo

Nacional

Coronavírus: Brasil tem 18.176 infectados e 958 mortes

Publicado


source

As secretarias estaduais de Saúde atualizaram o número de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil para 18.176 nesta sexta-feira (10), com 958 mortes. Na tarde de quinta-feira (09) o balanço trazia 17.857 casos confirmados em tdo o país, além de 941 mortes.

Leia também: Coronavírus: Brasil é o país que menos testa entre mais atingidos pela Covid-19

brasil arrow-options
Divulgação

Brasil tem 958 mortes por Covid-19


São Paulo segue com a maioria dos casos confirmados e de mortes. São 7.480 infectados e 496 óbitos. Na sequência vem o Rio de Janeiro, que totaliza 2.216 casoos e 122 mortes.

Leia também: Espanha tem 600 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

Além de São Paulo e Rio, a situação do Ceará também é crítica. São 1.445 infectados pelo coronavírus e 57 mortes.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana