conecte-se conosco


Carros e Motos

Hyundai dribla falta de microchips na indústria brasileira

Publicado


source
Funcionários da Hyundai posam ao lado do Creta reestilizado em Piracicaba (SP), onde também é feito o HB20
Divulgação

Funcionários da Hyundai posam ao lado do Creta reestilizado em Piracicaba (SP), onde também é feito o HB20

Durante o balanço do primeiro semestre, a Anfavea (Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores) repercutiu um estudo feito pela consultoria BCG, que aponta que a falta de microchips semicondutores afetará a produção de algo entre 5 e 7 milhões de automóveis em todo o mundo. As indústrias que mais sofrem são da América do Norte, Ásia e América do Sul.

A crise dos semicondutores deve se estender até o terceiro trimestre de 2021 – só então os números das indústrias globais voltarão a crescer, na avaliação da BCG. A estabilidade no fornecimento dos componentes não é esperada até meados do segundo trimestre de 2022.

Por este motivo, a Hyundai adota cautela sobre as previsões de emplacamentos para o próximo ano. A fabricante coreana acabou de lançar a reestilização do Creta, e deve continuar buscando alternativas para não interromper a produção na fábrica de Piracicaba (SP). É o que diz Ricardo Martins, vice-presidente administrativo da Hyundai. Ouça:

De acordo com a Anfavea , em julho, a produção total foi de 163,6 mil unidades, 2% a menos do que no mês de junho e 4,2% abaixo de julho de 2020. Foi a pior produção para um mês de julho desde 2003.

O mês de julho teve 8 mil licenciamentos diários , pior média em 12 meses. O total de 175,5 mil unidades licenciadas representou queda de 3,8% em relação a junho. O recuo foi ainda mais dramático nas exportações, com 23,8 mil veículos enviados a outros países, volume 29,1% inferior ao do mês anterior.

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

VW  Taos vai bem em teste de colisão, ao contrário da dupla Fiat Argo e Cronos

Publicado


source


VW Taos ganha nota máxima de 5 estrelas em teste de segurança no Latin NCAP, que adotou novos critérios
Divulgação

VW Taos ganha nota máxima de 5 estrelas em teste de segurança no Latin NCAP, que adotou novos critérios

De acordo com o último levantamento do Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e o Caribe, Latin NCAP, o primeiro veículo a ganhar 5 estrelas sob o novo protocolo foi o SUV Volkswagen Taos.

Fabricado na Argentina e no México, VW Taos conta seis airbags e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) como itens de série e graças a isso e a outros fatores que envolve a segurança.


Além desses, outros diversos fatores contribuíram para que o SUV da marca alemã atingisse 90,2% em Proteção de Ocupantes Adultos, 89,90% em Proteção de Ocupantes Infantis, 60,61% em Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis das Estradas e 85,04% em Sistemas de Assistência à Segurança.

Falta de airbags laterais, além de problemas na estrutura foram citados na avaliação do Fiat Cronos, conforme o Latin NCAP
Divulgação

Falta de airbags laterais, além de problemas na estrutura foram citados na avaliação do Fiat Cronos, conforme o Latin NCAP

Em contrapartida, o Fiat Argo e Cronos com apenas dois airbags frontais e sem ESC padrão, ganhou zero estrela. Ambos atingiram 24,37% em Proteção de Ocupantes Adultos, 9,91% em Proteção de Ocupantes Crianças, 36,91% em Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis das Estradas e 6,98% em Sistemas de Assistência à Segurança.

Leia Também

Tanto o representante da VW quanto os da Fiat foram submetidos a testes de impacto frontal, impacto lateral, impacto lateral, chicotada cervical (whiplash) e proteção de pedestres e no caso em especial do da VW, impacto lateral de poste, já que o modelo conta com airbags de proteção lateral e proteção lateral de cabeça como equipamento padrão.


Em nota oficial, a Stellantis informou apenas que todos os seus veículos cumprem as recomendações e normas homologatórias vigentes ligadas à segurança.

Por sua vez, o presidente do comitê de direção do Latin NCAP , Stephan Brodziak disse que “não fosse pelo Latin NCAP, não poderíamos ter conhecimento da baixa segurança que o Fiat Argo/Cronos oferece não só aos consumidores, mas também a todas as pessoas que circulam nas ruas. Chamamos a atenção para que a Fiat tenha carros mais seguros”, conclui o executivo.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Triumph lança série especial da Tiger 900 de 1 milhão de vendas

Publicado


source


Triumph Tiger 900 1M: modelo que completa 1 milhão de unidades produzidas na frente da fábrica na marca na Inglaterra
Divulgação

Triumph Tiger 900 1M: modelo que completa 1 milhão de unidades produzidas na frente da fábrica na marca na Inglaterra

A britânica Triumph é uma das fabricantes mais tradicionais da Inglaterra. Fundada em 1902, a empresa agora comemora a fabricação da sua milionésima Tiger 900.

Para comemorar o marco, a Triumph também aproveitou para celebrar os 31 anos de abertura de sua linha de montagem, após o seu ressurgimento ao mercado, em 1990.

Com o intuito de mantê-la em atividade, a marca inglesa com sede em Hinckley  está comemorando a marca de 1 milhão de unidades produzidas.  Para não deixar essa data importante passar em branco, a Triumph resolveu lançar uma série limitada da Tiger 900.

Assim ‘nasceu’ a Tiger 900 Rally “1M” , referindo-se à produção de 1 milhão de unidades. Esteticamente, o modelo conta com emblema da marca e os dizeres “Celebrando Um Milhão 1990-2021” em inglês. Já a cor predominante é a prata com detalhes em vermelho.

A Tiger 900 Rally Pro “IM” foi apresentada na sede da Triumph, em Hinckley (Inglaterra), pelo CEO Nick Bloor, na semana passada e será exibida no Motorcycle Live Show , que ocorre de 4 a 12 de dezembro em Birmingham, antes de assumir residência permanente na Factory Visitor Experience.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana