conecte-se conosco


Carros e Motos

Honda WR-V 2021 estreia nova versão LX e retoques no visual

Publicado


source
Honda WR-V 2021
Divulgação

Honda WR-V 2021 passa a ter novos detalhes estéticos e controle eletrônico de estabilidade entre as principais novidades


A Honda apresenta o WR-V 2021. Lançado em 2017 no mercado brasileiro, o aventureiro derivado do monovolume Fit estreia os primeiros retoques no visual, além de uma versão de entrada LX. A nova linha estreia em outubro nas lojas, com preços a partir de R$ 83.400.


A reestilização realinhou o visual do WR-V 2021  com o do carro vendido na Ásia. Além de molduras redesenhadas para os faróis de neblina, o aventureiro  estreia grade frontal com aletas horizontais e área cromada mais estreita. Na traseira, a principal alteração é o novo para-choque, com 6,7 cm a mais no comprimento. Já as versões EX e EXL ganham ainda as lanternas, os faróis principais e os de neblina em LED.

No interior, a Honda mexeu apenas em detalhes de acabamento, como a adoção de bancos com novo tecido (LX e EX) e couro agora com costuras na cor preta (versão EXL), além da troca de detalhes de acabamento em cinza por plásticos em preto brilhante e cromados.


A nova versão LX (R$ 83.400) chega para equipar o posto de mais acessível da linha, mantendo faróis e lanternas da linha 2020, além das rodas de 16″ sem o acabamento diamantado vistas nas versões mais caras.

Na comparação com a EX, a LX perde os airbags laterais, além de trocar o ar-concionado automático por um convencional e a central multimídia por um som convencional. Por outro lado, já incorpora os controles eletrônicos de tração e estabilidade, além do assistente de partida em rampas. Itens antes indisponíveis no WR-V.

Já a versão intermediária EX (R$ 90.300), que já trazia airbags laterais, ar-condicionado automático digital e a central multimídia com tela de 7″ na linha 2020, incorporou as aletas para trocas de marcha no volante, sensores de estacionamento traseiro e dois tweeters no sistema de som.

Na topo de linha EXL (R$ 94.700), além dos equipamentos das versões anteriores, o WR-V mais caro conta com navegador GPS no sistema multimídia, bancos de couro, retrovisores externos com rebatimento elétrico e espelho interno eletrocrômico e sensores de estacionamento dianteiros.

A Honda não mexeu no conjunto mecânico. Todas as versões seguem equipadas com o motor 1.5 flex de 115/116 cv, sempre combinado a um câmbio automático CVT. Confira abaixo como ficou a tabela de preços do WR-V 2021 .

Honda WR-V LX: R$ 83.400
Honda WR-V EX: R$ 90.300
Honda WR-V EXL: R$ 94.700

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Volkswagen mata o brasileiro Up! no mercado argentino

Publicado


source
VW Up
Divulgação

VW Up Connect


Se aqui no Brasil a Volkswagen decidiu enxugar a linha do hatch Up!, na Argentina a filial local da marca alemã optou mesmo foi por interromper as vendas do modelo subcompacto feito na fábrica brasileira de Taubaté (SP). É o que aponta um comunicado interno do fabricante, divulgado numa reportagem do site local Argentina Autoblog .


O fim do Up! na Argentina é um reflexo direto da decisão da filial brasileira de manter a partir da linha 2021 apenas a versão Xtreme do Up!, que é equipada com o motor 1.0 TSI de 105 cv. Ultimamente, apenas os carros com o motor 1.0 MPI ainda eram vendidos no país vizinho.

O Up! surgiu com a proposta de ser o novo modelo popular da marca. Mas nunca obteve sucesso nesse objetivo. Situação que se complicou ainda mais após a decisão de se homologar o veículo para apenas quatro passageiros a partir da linha 2021.


Reflexo das mudanças na legislação dos dois países, que desde janeiro passaram a exigir os cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes. A adaptação foi considerada inviável pela Volkswagen por conta dos custos, já que não havia uma “solução pronta”. Na Europa, o Up! sempre foi homologado para levar apenas quatro ocupantes.

De acordo com dados da Acara, a associação que reúne os concessionários argentinos, o Volkswagen Up! somou apenas 1.938 unidades emplacadas no acumulado do ano até setembro. No mesmo período, o veterano Gol emplacou 10.856 unidades e foi o terceiro modelo mais vendido por lá, perdendo apenas para Toyota Hilux e Chevrolet Onix.

Na Argentina, a expectativa é que o hatch retorne ao mercado em sua versão elétrica e-Up!, que é feita na Europa e já está em testes por lá. Vale destacar que o mesmo modelo também é avaliado pela filial brasileira da Volkswagen.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Nissan revela os primeiros detalhes da nova Frontier

Publicado


source


A apresentação da Nissan Frontier reestilizada está programada para acontecer no dia 4 de novembro. Mas a marca japonesa começou a divulgar oficialmente os primeiros detalhes da picape média, cuja atual geração vai passar pelas primeiras mudanças de estilo desde o seu lançamento internacional, em 2014.


Em sua conta oficial no YouTube, a filial mexicana da Nissan divulgou um vídeo de 40 segundos, que relembra a linhagem das picapes da marca até exibir, nos segundos finais, uma imagem escurecida da nova Frontier . Além dos novos faróis de LED, fica evidente a grade frontal mais imponente, confirmando o que foi visto em imagens vazadas na internet nos últimos dias.

Na Argentina, onde a Frontier é produzida desde 2018 para atender ao mercado brasileiro, comenta-se que o modelo deve preservar a gama atual de motores (composta pelo motor 2.3 diesel, com um (160 cv) ou dois turbos (190 cv).

Nissan Frontier
Reprodução/Formacar.com

Imagens da Frontier com visual renovado já vazaram na internet


Por outro lado, a reestilização externa virá acompanhada também de mudanças visuais na cabine, que vão incluir também a adoção de novos itens de série, como a incorporação de uma central multimídia mais moderna e fácil de usar.

Com o objetivo de diferenciar a Frontier da irmã Renault Alaskan (que também começou a ser feita recentemente na Argentina), a Nissan deve incorporar no modelo também uma série de reforços estruturais que eram empregados originalmente na finada Mercedes-Benz Classe X.

Toyota Hilux

Toyota Hilux 2021
Reprodução/INPI

Toyota Hilux 2021


Além da Nissan Frontier, outra picape média que estreia em breve um visual renovado no Brasil é a Toyota Hilux, que também é feita na Argentina para o mercado brasileiro.

Recentemente, as patentes da nova Hilux foram registradas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), confirmando que o modelo da Toyota irá adotar as mesmas linhas da picape vendida na Tailândia. Solução que coincidentemente a mesma adotada pela Nissan com a Frontier , que terá visual unificado entre o país asiático e os mercados da América Latina.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana