conecte-se conosco


Geral

Homicídios em Mato Grosso reduzem 1,3%, contrariando média nacional

Publicado

Foram registrados 610 casos no ano anterior e 602 no atual, fruto do trabalho integrado das forças de segurança

Na contramão dos números nacionais, os casos de homicídios em Mato Grosso reduziram 1,3% entre janeiro e setembro de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019. Foram 610 casos no ano anterior e 602 no atual. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Superintendência do Observatório de Segurança, vinculada à Adjunta de Inteligência.

De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado esta semana, o primeiro semestre de 2020 contabilizou 21.764 mortes em todo o Brasil, enquanto no mesmo período de 2019 foram 20.105. Mato Grosso, ao contrário, registrou redução de 2,2% nos casos de homicídios, sendo 403 casos nos primeiros seis meses deste ano e 412 entre janeiro e junho do ano passado.

A série histórica da Superintendência do Observatório de Segurança Pública demonstra que a taxa de homicídio ficou em 24,19 mortes a cada 100 mil habitantes em 2019, sendo que em 2009 esse número era de 29,48. De 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano passado foram contabilizados 842 assassinatos no estado, número 8,1% menor do que os 961 casos registrados pelas Polícias Militar e Judiciária Civil em 2018.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, ressalta que as mortes violentas vêm reduzindo sistematicamente em função do enfrentamento ao crime organizado. “Mato Grosso fechou 2019 com a menor taxa de homicídio dos últimos 10 anos. Isso é reflexo do nosso trabalho, que tem como foco a desarticulação de organizações criminosas, e começa com base em um trabalho qualificado de inteligência, com o desempenho exemplar da atuação repressiva das forças de segurança”.

Os demais crimes violentos letais intencionais também reduziram no estado. De acordo com o mesmo levantamento da Sesp-MT, o crime de latrocínio (roubo seguido de morte), por exemplo, baixou de 36 para 22 casos (-39%). Já os casos de lesão corporal apresentaram -48% de ocorrências, sendo 23 em 2019 e 12 este ano.

Regiões Integradas

Na análise de crimes por Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps), a de Cáceres foi a que mais apresentou redução de homicídios (-20%). Em seguida, vem Várzea Grande (-17%), Primavera do Leste (-16%), Cuiabá (-12%) e Nova Mutum (-12%), Sinop (-11%) e Guarantã do Norte (-11%), e Rondonópolis (-6%).

Já as Risps de Barra do Garças e Tangará da Serra mantiveram os índices estáveis, de oito e 38 casos, respectivamente. Apenas cinco Regiões Integradas de Segurança Pública apresentaram aumento no número de homicídios. São elas: Alta Floresta (81%), Vila Rica (74%), Pontes e Lacerda (56%) e Água Boa (5%).

Como o acompanhamento é feito de forma permanente, a Sesp-MT já desencadeou operações integradas nestas regiões, com foco no combate ao crime organizado. Só em Confresa (1.180 km ao Norte de Cuiabá), nos dias 14 e 15 de outubro, foram 21 prisões efetuadas durante a Operação Integrada Ordem Pública. Foram 10 prisões em flagrante, além do cumprimento de 11 mandados de prisões e 6 de buscas e apreensões.

Já nos dias 09 e 10 deste mês, quatro prisões foram cumpridas durante a “Operação Integrada Dolofínia”, nos municípios de Alta Floresta e Carlinda. Dentre os mandados, estavam dois suspeitos de terem sequestrado e matado um jovem em setembro deste ano, cujo corpo foi encontrado no dia 04 de outubro, na cidade de Carlinda (759 km ao Norte de Cuiabá).

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Mato Grosso registra 158.084 casos e 4.120 óbitos por Covid; 4 mortes nas últimas 24 horas

Publicado

Há 134 internações em UTIs públicas e 148 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 33% para UTIs adulto e em 17% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (27), 158.084 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.120 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 4 mortes e 560 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 158.084 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.653 estão em isolamento domiciliar e 147.862 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 134 internações em UTIs públicas e 148 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 33,25% para UTIs adulto e em 17% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (34.835), Rondonópolis (11.674), Várzea Grande (11.201), Sinop (8.265), Sorriso (6.754), Lucas do Rio Verde (6.166), Tangará da Serra (6.085), Primavera do Leste (5.267), Cáceres (3.624) e Nova Mutum (3.350).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 123.482 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 123 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última quinta-feira (26), o Governo Federal confirmou o total de 6.204.220 casos da Covid-19 no Brasil e 171.460 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 6.166.606 casos da Covid-19 no Brasil e 170.769 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sexta-feira (27).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Continue lendo

Geral

Transporte coletivo de Cuiabá terá aumento de 30% na frota no segundo turno das eleições no domingo

Publicado

A frota em circulação que irá operar no segundo turno das eleições, neste domingo (29), em Cuiabá, será a mesma utilizada no dia 15 de novembro. A quantidade de veículos em circulação será de 70%, ou seja, 30% a mais do que em dias normais.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), o aumento do número de veículos em circulação será para atender a demanda, que pode aumentar por conta do segundo turno das eleições municipais.

Segundo informações da Diretoria de Transportes da Semob, aos domingos, a frota é de 40%, sendo esse um percentual considerado suficiente para atender a demanda. Dados apontam que existe uma redução em torno de 80% no número de passageiros que utilizam os serviços do transporte público aqui na Capital.

Além disso, caso haja necessidade, onze veículos ficaram de retaguarda, em pontos estratégicos para atendimento.

Dentre eles, nos bairros CPA I, CPA III, Pedra 90, Osmar Cabral/Tijucal e Parque Cuiabá/Santa Terezinha.

Por conta da pandemia da Covid-19, esse ano as seções eleitorais serão abertas uma hora antes do habitual. Os eleitores poderão comparecer às urnas das 7h às 17h. A Prefeitura ressaltou que o horário entre 7h e 10h será, preferencialmente, reservado às pessoas acima de 60 anos.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana