conecte-se conosco


Policial

Homicídio de trabalhador em Tabaporã é esclarecido e mulher é presa pelo crime

Publicado

Uma mulher de 44 anos foi presa e autuada em flagrante pela Polícia Civil em Tabaporã, no norte do estado, pelo homicídio de um homem cujo corpo foi localizado em uma estrada na zona rural rural do município, com ferimentos causados por disparo de arma de fogo.

Na segunda-feira (30) pela manhã, a Delegacia da Polícia Civil do município recebeu a informação de que havia um corpo na estrada, sentido ao Rio Batelão. Uma equipe policial seguiu até o local indicado e encontrou o corpo com marcas de sangue na cabeça e a 50 metros estava uma motocicleta.

Nas diligências para esclarecer o crime, os policiais civis identificaram a vítima como Carlos Roberto de Oliveira, de 43 anos.

A equipe policial realizou diversas diligências para averiguar quem esteve com a vítima nas últimas horas antes do crime e chegou a uma mulher que tinha um relacionamento com a Carlos Roberto. Ela foi conduzida à delegacia e informou, inicialmente, que não esteve com a vítima, porém, acabou confessando que teve um encontro com Carlos, mas que não cometeu o homicídio.

Com base neste depoimento, os policiais civis chegaram à localização de uma segunda mulher que também foi conduzida à delegacia de Tabaporã, mas disse que não havia cometido o crime. Com ela foi localizada uma arma de fogo.

Em depoimento na delegacia, a mulher de 44 anos disse que não tinha nenhum envolvimento com o homicídio, contudo, as evidências encontradas pela equipe de investigação apontavam o contrário. Diante dos elementos de informação reunidos pela Polícia Civil, ela acabou confessando o crime e foi autuada pelo delegado Bruno Palmiro pelo homicídio.

“Evidências apontavam para ela, que acabou confessando o crime que foi motivado por ciúmes. Ela é profissional do sexo e passou a querer exclusividade com a vítima, que também se relacionava com outras mulheres”, explicou o delegado.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Ao estilo “tropa de elite, vereador de Cuiabá se mete em briga de casal e mata policial penal que ameaçava mulher

Publicado

Cerca de duas após o crime, o corpo da vítima continuava no local, que está sendo resguardado pela Polícia Militar para em seguida iniciar a perícia

Na noite desta sexta feira (1) na Avenida presidente, Arthur Bernardes, em Cuiabá, (próximo ao restaurante Chopão), o vereador de Cuiabá Marcos Pacolla (Republicanos) atirou e matou o agente de segurança do sistema socioeducativo Alexandre Miyagawa, o Japão, 41 anos, conhecido como Japão.

A assessoria do parlamentar confirmou a informação por meio de uma nota.

A vítima seria o agente do sistema socioeducativo, acima citado.

Passando pelo local, de acordo com relatos preliminares, Paccola teria visto a confusão e dado ordem para o homem largar a arma.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, mostrando a imagem do homem morto, uma mulher identifica o homem como “Japão”.
“Ele chegou no local e o cara estava apontando uma arma para a mulher. Ele deu voz para o cara soltar ela, mas ele reagiu e atirou. Ele atirou de volta e o cara morreu. A mulher está bem”,  diz a nota da assessoria.
Continue lendo

Policial

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicado

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana