conecte-se conosco


Nacional

Homens armados atacam hotel de luxo no Paquistão e deixam ao menos um morto

Publicado


Fachada Hotel
Reprodução/Internet

Hotel Continental Pearl foi atacado neste sábado no Paquistão

Pelo menos uma pessoa morreu após três homens abrirem fogo em um hotel cinco estrelas na cidade portuária de Gwadar, no Paquistão — centro de um projeto de infraestrutura bilionário da China, informou o Exército neste sábado.

Leia também: Governo Trump transfere fundos de guerra para construção de muro com México

Os atiradores mataram um segurança na entrada do hotel. Os hóspedes foram retirados em segurança, segundo um porta-voz dos militares do Paquistão
.

“Forças de segurança isolaram o perímetro. Hóspedes retirados em segurança. Terroristas cercados pelas forças de segurança na escadaria que leva ao último andar. Operação Liberação está em curso”, afirmou um porta-voz dos militares.

Mais cedo, o ministro provincial Ziaullah Langu disse à AFP que quatro homens haviam “aberto fogo” contra o hotel. “Há registros de algumas pessoas com ferimentos leves”, informou.

O Exército
de Libertação do Baluchistão, um grupo extremista que luta por mais autonomia da região do Baluchistão, no sudoeste paquistanês, reivindicou a autoria do ataque.

O Pearl Continental é o único hotel de luxo em Gwadar, que era uma vila de pescadores, mas agora recebe delegações empresariais do Paquistão ou estrangeiras, bem como diplomatas, quando visitam a cidade.

Ele fica isolado em um ponto alto, com vista para o porto de Gwadar, que é o principal projeto do Corredor Econômico China-Paquistão. O gigantesco projeto de infraestrutura visa a conectar a província chinesa ocidental de Xinjiang a Gwadar, no Mar da Arábia.

Há três semanas, um grupo separatista armado reivindicou a responsabilidade por um ataque às forças de segurança e navais no Balochistão, na província de Gwadar
, que matou 14 pessoas.

Leia também: Governo Maduro anuncia reabertura da fronteira da Venezuela com Brasil

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nacional

Ciclone Yakecan: mais de 200 mil pessoas ficam sem energia no RS

Publicado

source
Mais de 200 mil pessoas estão sem luz no RS
Divulgação/EPTC

Mais de 200 mil pessoas estão sem luz no RS

A passagem do ciclone Yakecan deixou mais de 200 mil pessoas sem energia elétrica no Rio Grande do Sul nesta terça-feira (17). Cerca de 182 mil destas residências são atendidas pela CEEE Equatorial, e aproximadamente 20 mil recebem a cobertura da RGE.

Entre as regiões atendidas pela CEEE que foram mais atingidas pela falta de luz, destaque para Porto Alegre, Guaíba, Bagé, Alvorada, Rio Grande, Viamão, Imbé e Chuí. 

“Ressaltamos que temporais com ventos e chuvas fortes ocasionam a queda de árvores e grades objetos sobre as estruturas da rede elétrica. Por isso, os prazos para a solução das ocorrências depende da complexicidade de cada caso”, disse a CEEE em comunicado divulgado no Twitter.

A empresa destacou também que as regiões Sul e Centro-Sul foram as primeiras a apresentarem problemas de falta de energia nesta terça. No moemento, o ciclone se desloca para a região metropolitana do estado.

Na região atendida pela RGE, Canoas, Gravataí e a região do Vale dos Sinos são os locais que mais sofrem as consequências da passagem do ciclone.

Suspensão das aulas

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, anunciou que as aulas da rede municipal de ensino estarão suspensas na manhã de quarta-feira (18) para a avaliação dos estragos que o mau tempo causará nas escolas.

O anúncio foi feito por meio de um comunicado divulgado na conta oficial do Twitter de Sebastião, que ressaltou que a “rotina será retomada à tarde”.



Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Continue lendo

Nacional

Vídeo: mulher reage a assédio e agride homem que tentou tocá-la

Publicado

source
Frentista agride homem que passou a mão em sua coxa, em posto de combustíveis
Reprodução/redes sociais

Frentista agride homem que passou a mão em sua coxa, em posto de combustíveis

Uma mulher, identificada como Marian, de 22 anos, agrediu um homem que tentou passar a mão na coxa dela dentro de uma loja de conveniência, no domingo (15), em Porto Alegre.

A jovem, segundo informações divulgadas pelo portal Porto Alegre 24h, trabalha como frentista no posto e tomava um café quando foi surpreendida por um homem que passa e toca sua coxa. As imagens mostram que ela se levanta imediatamente e passa a dar socos no assediador, que foge assustado. A reação da frentista viralizou nas redes sociais.

Toda a ação foi flagrada por câmeras de segurança de dentro da loja. A Polícia Civil do Rio Grande do Sul informou que nenhuma ocorrência foi registrada até agora.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana