conecte-se conosco


Nacional

Homem que recebeu bilhete homofóbico em SC diz que se sentiu uma “aberração”

Publicado


source
O remetente do bilhete não se identificou.
Reprodução/Arquivo pessoal

O remetente do bilhete não se identificou.

Em Santa Catarina, dois rapazes foram vítimas de homofobia após serem vistos de mãos dadas . Um vizinho ficou incomodado com a cena e enviou um bilhete ao casal, dizendo que o condomínio é um “local de família” e que precisou explicar ao filho “o porquê de dois homens de mãos dadas andando pelo estacionamento”. As informações são do UOL .

O caso aconteceu no dia 11 de agosto, em Joinville. O maquiador Felipe Alves conta que ficou “indignado”. O analista de sistema Diógenes Renan diz que se sentiu uma “aberração” .

O bilhete foi deixado debaixo da porta do apartamento do casal e não possuía assinatura. 

“Olá vizinho. O Condomínio Piratuba é um local de família . Respeitamos todas as pessoas e não nos importamos com o que cada um faz dentro de sua casa. Mas essa semana eu tive que explicar pro meu filho pequeno o porquê de dois homens de mãos dadas andando pelo estacionamento. Respeito por favor”, dizia o recado.

Para Diógenes, “foi um choque grande” receber a carta. “Você lê ‘respeito, por favor’, você se sente uma aberração, como se o que você estivesse fazendo fosse algo desrespeitoso e algo que não estivesse certo”, relatou à TV Globo.

“Trazer isso à tona e fazer com que as pessoas entendam que isso acontece, que a homofobia é um crime, é algo importante de se dizer”, reforça. “Todos somos humanos, todos somos capazes de amar”, conclui Diógenes.

Felipe e Diógenes registraram um boletim de ocorrência na Polícia Civil.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Professor é preso suspeito de cometer abusos sexuais contra crianças

Publicado


source
Abuso
FreePick/Divulgação

Vítimas tinham entre nove e 12 anos de idade.

Agentes da Polícia Civil prenderam um professor de geografia de 56 anos de idade que era suspeito de abusar sexualmente de crianças. Até o momento, foram identificadas nove vítimas com idades que variam de nove a 12 anos. A prisão aconteceu na última segunda-feira (19) na cidade de Jacinto, em Minas Gerais.

O professor trabalhava em uma escola estadual da cidade. Entretanto, segundo denúncias, os abusos teriam acontecido no quintal da casa do suspeito. Ele era vizinho de algumas das vítimas, que, em sua maioria, eram de famílias carentes.

Segundo o jornal Estado de Minas, o delegado do caso informou que o suspeito “comprava o silêncio” das vítimas com dinheiro e balas. Ele também as deixava brincando com seu celular.  O delegado afirmou, ainda, que não é possível precisar há quanto tempo os abusos aconteciam.

Como o inquérito continua em andamento, o número de vítimas do professor pode aumentar. Ao ser interrogado na delegacia, ele preferiu permanecer em silêncio, não respondendo perguntas relacionadas à denúncia.

Continue lendo

Nacional

Funcionário é demitido por comentário ofensivo sobre cliente no recibo da compra

Publicado


source
recibo
Reprodução Facebook

Funcionário ofender cliente em recibo do restaurante


Um morador da cidade de São Roque fez uma publicação indignada em sua rede social ao checar o recibo de uma compra feita em um restaurante,  que veio com um comentário ofensivo emitido pelo caixa do restaurante. O funcionário foi demitido depois do ocorrido por escrever na comanda do pedido: “o animal não sabe onde mora” .


O cliente escreveu no post que fez o pedido no restaurante que ja frequentava há cinco anos, para comemorar o aniversário de casamento , na noite da última terça-feira (20). Com o pedido em mãos, o homem notou o que estava escrito no recibo, na aba de observação do local de entrega: “O animal não sabe onde mora e põe centro, mas é Junqueira”.

Segundo o cliente, o comentário estragou a noite.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana