conecte-se conosco


Policial

Homem que matou ex-esposa no Espírito Santo tem prisão cumprida pela Polícia Civil em Sinop

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de um crime de feminicídio ocorrido no estado do Espírito Santo foi preso pela Polícia Civil de Mato Grosso, na sexta-feira (26.02), após ser localizado na cidade de Sinop (499 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito apontado como autor da morte de sua ex-mulher, foi preso na operação “Covardia”, deflagrada pela Delegacia de Polícia de Guaçuí (ES) com apoio da Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa de Sinop e do Serviço Reservado da 2ª Cia e 3º Batalhão da Polícia Militar do Espírito Santo.

O crime que vitimou, Érica de Jesus Bonometti, 31 anos, ocorreu no mês de dezembro de 2020, na cidade de Guacuí (ES), motivado pelo fato de o suspeito não aceitar a separação. No dia do crime, ele estava perseguindo a ex-companheira e chegou a bater no carro da amiga dela para conseguir alcançá-la.

A vítima foi tirada do carro da amiga a força e colocada no carro do suspeito, sendo o seu corpo encontrado momentos depois em uma estrada na zona rural do município. O inquérito foi finalizado em janeiro de 2021 com o indiciamento do suspeito por feminicídio, assim como com a representação pelo mandado e prisão.

Com informações de que o foragido estava morando na cidade de Sinop, a Polícia Civil do Espírito Santo entrou em contato com os policiais civis município para dar apoio na sua prisão.

Diante das informações passadas, os policiais da Divisão de Homicídios de Sinop conseguiram localizar o suspeito em uma marmorária, no bairro Sáfira, para onde ele já havia prestado serviço anteriormente.

Após ter o mandado de prisão cumprido, o foragido foi encaminhado à Delegacia de Sinop para as providências cabíveis.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Suspeito de estuprar e agredir vítima por mais de 10 horas é preso em flagrante pela Polícia Civil em Sorriso

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso (442 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante neste sábado (17.04), um homem apontado como autor de crime de estupro e cárcere privado ocorrido durante a madrugada no município. O suspeito, de 21 anos, é vizinho da vítima e a manteve refém por quase 12 horas enquanto praticava os abusos e agressões.

As diligências iniciaram após a vítima, de 25 anos, comparecer à Delegacia de Sorriso, visivelmente abalada e com vários hematomas pelo corpo para comunicar o crime. A comunicação ocorreu logo após ser libertada pelo agressor. Segundo as informações, o suspeito pulou o muro da sua casa por volta de meia noite e meia,  e em posse de uma faca a ameaçou, agrediu fisicamente e obrigou a vítima a manter relações sexuais no período em que permaneceu dentro da residência.

Além do abuso sexual, a vítima foi agredida com socos, tapas e mordidas, a todo tempo sendo ameaçada com a faca. O suspeito ainda filmou a vítima e disse que publicaria os vídeos nas redes sociais, caso fosse denunciado.

O suspeito manteve a vítima em cárcere até 11 horas deste sábado (17), momento em que ela conseguiu convencê-lo de que não iria o denunciar e que deveria liberá-la.

 Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Delegacia de Sorriso, coordenada pelo delegado José Getúlio Daniel iniciou as diligências em buscas do suspeito, conseguindo realizar sua prisão em flagrante.  O suspeito foi flagrando com a motocicleta da vítima no estacionamento de um supermercado da cidade.

Ele foi conduzido à Delegacia de sorriso e após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de homem suspeito de abusar do próprio filho em Sorriso

Publicado

 

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de estupro de vulnerável cometido contra o próprio filho teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, neste sábado (17.04), em Sorriso (442 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito, de 44 anos, era investigado desde maio de 2019 quando a avó da criança registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil de Sorriso relatando que desconfiava dos abusos cometidos contra o neto, na época com cinco anos de idade.

Segundo as informações, a criança constantemente apresentava hematomas e reclamava de dores nas partes íntimas. A mãe da criança não acreditava que o filho estivesse sofrendo os abusos e não levava o menino ao médico.

Durante as investigações, a vítima foi ouvida em depoimento especial e relatou os abusos praticados pelo pai. Com base nas evidências colhidas, foi decretada a prisão preventiva do suspeito que foi cumprida neste sábado pelos policiais da Delegacia de Sorriso.

Em ação coordenada pelo delegado José Getulio Daniel, o suspeito foi localizado em sua  na empresa recuperadora e tornearia, no bairro Industrial, onde teve a ordem de prisão cumprida. Ele foi conduzido à Delegacia de Sorriso para as providências de praxe e posteriormente colocado á disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana