conecte-se conosco


Policial

Homem que mantinha relacionamento com adolescente de 12 anos é preso por estupro de vulnerável

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá) prendeu no fim de semana um homem de 32 anos suspeito pelo crime de estupro de vulnerável.

As investigações começaram após a Delegacia de Vila Bela receber informações no telefone de denúncias da unidade sobre um homem que estava mantendo relacionamento amoroso com uma adolescente de 12 anos.

Em diligências, os policiais civis identificaram o suspeito e a menor de idade. O Conselho Tutelar do município foi acionado para acompanhar o caso e a responsável legal da adolescente foi ouvida na delegacia.

Os investigadores coletaram diversas informações para confirmar os fotos, entre elas fotos e postagens em redes sociais que confirmaram o relacionamento entre o suspeito e a garota.

Outro estupro

As equipes de investigação também localizaram outra ocorrência relacionada ao suspeito, também envolvendo estupro de vulnerável. A vítima é a filha do investigado, que pode estar grávida em razão dos abusos sexuais praticados pelo pai. Será realizada perícia para confronto de DNA. 

Com base nos elementos de informação coletados e diante da necessidade de angariar outras evidências sobre os crimes cometidos, o delegado João Paulo Berté representou pela prisão temporária do suspeito, que foi deferida pelo Poder Judiciário.

Na sexta-feira (19), os policiais civis realizaram diligências para localização e prisão do suspeito, que foi encaminhado à delegacia. Em interrogatório, ele confessou o relacionamento amoroso com a menor e também o abuso sexual contra a própria filha. 

Após os procedimentos policiais, o suspeito foi encaminhado para a Cadeia Pública de Vila Bela da Santíssima Trindade e as investigações seguem para a conclusão.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Foragido da Justiça é localizado em Nova Xavantina pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um foragido da Justiça da Comarca de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) foi preso pela Polícia Civil, na terça-feira (22.06), em Nova Xavantina (645 km a leste da Capital), em cumprimento a um mandado judicial.

O suspeito de 55 anos estava com a ordem de prisão preventiva expedido pelo crime de furto qualificado cometido no ano de 2000. Mas no decorrer do processo criminal, o acusado deixou de comparecer em juízo, razão pela qual teve a prisão decretada.

Diante da clara intenção do suspeito de evitar a aplicação da legislação penal, em 2014 o juiz da Comarca de Barra do Garças expediu o mandado de prisão preventiva visando assegurar a execução da lei.

Durante diligências, os policiais civis de Nova Xavantina identificaram o foragido residindo na cidade. De posse do mandado de prisão a equipe foi até o endereço, onde realizou a prisão.

Ele foi conduzido até a Delegacia de Polícia, apresentado ao delegado Raphael Diniz Garcia para as providências cabíveis. Posteriormente foi encaminhado para audiência de custódia e em seguida levado para a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Policiais da GCCO prendem dois suspeitos de participação em roubo a banco e recuperam dinheiro

Publicado

As prisões foram efetuadas em um hotel no município de Nova Monte Verde

Dois suspeitos de integrar a quadrilha que roubou duas cooperativas de crédito em Nova Bandeirantes (a 1.026 km de Cuiabá) no dia 10 de junho, foram presos na manhã desta quarta-feira (23) em um hotel de Nova Monte Verde (944 km de Cuiabá) por policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). Com eles, foi encontrado dinheiro, porém, o valor ainda não foi divulgado.

Existe a suspeita de que os dois tenham fugido do conflito com o Batalhão de Operações Especiais (Bope), na segunda-feira (21), que resultou na morte de Adailton Santos da Silva, 40, e Diego de Almeida Costa, 30, ambos naturais do estado de Pernambuco e com envolvimento no roubo ao Banco do Brasil na cidade de Curimatá, no Piauí.

Também nesta manhã, uma equipe do Bope encontrou uma quantia de R$ 45 mil escondida no matagal perto da área onde houve o confronto na segunda-feira. Até agora, R$ 250 mil já foram recuperados. A estimativa é de que a quadrilha tenha levado R$ 900 mil na ação criminosa. Até agora, seis dos assaltantes foram mortos em dois confrontos com policiais do Bope e da Força Tática.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana