conecte-se conosco


Nacional

Homem que alega ser ‘último parente vivo de Hitler’ é preso por pedofilia

Publicado

Hitler arrow-options
Reprodução

Homem foi preso após ser flagrado beijando menina de apenas 13 anos

Um homem, que alega ser o ‘último parente vivo de Adolf Hitler’, foi preso nesta quarta-feira (4) na Alemanha após ser acusado de pedofilia. Ele teria beijado e acariciado uma menina de apenas 13 anos, além de tê-la pedido em casamento.

Leia também: Bolsonaro recua e defende manutenção do teto de gastos: “temos que preservar”

Segundo informações do jornal alemão Bild, Romano-Lukas Hitler , de 69 anos, morador de Goerlitz e que alega ser filho de um dos netos do irmão mais novo do pai de Adolf , Alois, foi preso e acusado do crime após o pai da jovem, identificada apenas como Ania, fazer uma denúncia à polícia.

“Coloquei um anúncio de uma venda de garagem e Hitler respondeu. Porém, quando ele veio olhar os objetos, não demonstrou qualquer interesse em nada, apenas em Ania . Ele ofereceu doces e a convenceu a ir até o seu apartamento. Lá, comprou flores, roupas e até a pediu em casamento”, disse o pai da jovem ao jornal.

Ele afirma que tomou a iniciativa de procurar as autoridades quando a menina disse que Hitler a beijou na bochecha e no pescoço sem o seu consentimento. No tribunal, ele se defendeu e afirmou que apenas apreciava a companhia da garota e só a beijou porque este é um modo comum de se cumprimentar as pessoas na Alemanha : “sou inocente”.

Leia também: Flordelis reforça inocência e dispara: “pessoas usam minha dor para se promover”

Entretanto, a tentativa de defesa foi dispensada pelo juiz Ulrich Schettgen, que constatou que Hitler realmente beijou a menina sem o consentimento dela. Ele foi condenado a pagar uma multa de 800 euros, cerca de R$ 3.600, e também não poderá se aproximar mais de Ania.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Adolescente de 15 anos é o primeiro Ianomami a morrer de Covid-19

Publicado


source
adolescente arrow-options
Reprodução

Alvanei Xirixana foi o primeiro Ianomami a morrer de Covid-19

O adolescente Ianomami de 15 anos que contraiu novo coronavírus (Sars-Cov-2) , Alvanei Xirixana, morreu na noite desta quinta-feira (9). A morte foi confirma nesta sexta-feira (10) pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Ianomami . Ele estava internado no Hospital Geral de Roraima e de acordo com o atestado de óbito, o jovem morreu vítima de Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Leia também: Coronavírus: Brasil é o país que menos testa entre mais atingidos pela Covid-19

Segundo o Instituto Socioambiental (ISA), os outros dois indígenas morreram de Covid-19 , sendo um homem do povo Mura, em Manaus, e uma idosa do povo Borari, em Alter do Chão (PA). No entanto, por não morarem em terras indígenas, não foram atendidos e nem contabilizados pela Sesai. 

Além desses casos, a Sesai contabilizou outros quatro, todos da etnia kokama, em Santo Antônio do Içá (AM).

Continue lendo

Nacional

Coronavírus: Brasil tem 18.176 infectados e 958 mortes

Publicado


source

As secretarias estaduais de Saúde atualizaram o número de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil para 18.176 nesta sexta-feira (10), com 958 mortes. Na tarde de quinta-feira (09) o balanço trazia 17.857 casos confirmados em tdo o país, além de 941 mortes.

Leia também: Coronavírus: Brasil é o país que menos testa entre mais atingidos pela Covid-19

brasil arrow-options
Divulgação

Brasil tem 958 mortes por Covid-19


São Paulo segue com a maioria dos casos confirmados e de mortes. São 7.480 infectados e 496 óbitos. Na sequência vem o Rio de Janeiro, que totaliza 2.216 casoos e 122 mortes.

Leia também: Espanha tem 600 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

Além de São Paulo e Rio, a situação do Ceará também é crítica. São 1.445 infectados pelo coronavírus e 57 mortes.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana