conecte-se conosco


Mulher

Homem precisa de cirurgia no pênis após ereção de 36 horas

Publicado

source

Um homem de 41 anos viveu uma experiência inusitada e incrivelmente perigosa relacionada à “ereção mais duradoura de sua vida”. De acordo com Eliott Rossiter, 36 horas foi o tempo em que seu pênis manteve-se ereto, o que exigiu que ele passasse por um procedimento cirúrgico. 

homem com dor arrow-options
Reprodução/SWNS

Eliott viveu uma ereção de 36 horas

Ao portal SWNS  o homem conta que a ereção, que “não foi sexual de nenhuma maneira”, surgiu de forma inesperada durante uma visita a uma amiga na cidade de Nice, na França. Na época, em 2016, Eliott lutava contra uma dependência de analgésicos e aquela foi a primeira situação em que decidiu não tomá-los. 

Leia mais: Como enlouquecer um homem (ou uma mulher) na cama

“Não estava acontecendo nada demais. Estávamos conversando e a ereção simplesmente apareceu. Tentei contar à minha amiga, Jenny, mas era muito constrangedor”, recorda ele, que diz que a ereção era “muito maior do que de costume”. 

“Eu esperei por mais de uma hora e simplesmente não resolvia. Tentei me aliviar da maneira tradicional, mas também não resolveu”, disse. Após 19 horas de “agonia”, o homem precisou ir ao hospital.

Leia Também:  Não consegue perderpeso? Veja 5 motivos que podem explicar essa dificuldade

Depois de injeções para reverter a ereção sem sucesso, Eliott foi diagnosticado com priapismo, uma espécie de exagero do apetite sexual e que, no caso dele, foi causado pelo excesso de analgésicos. Caso negligenciada, a condição pode oferecer sérios riscos e até destruir o tecido do pênis. 

O tratamento para o priapismo também não é nada agradável. Para drenar o sangue acumulado no músculo, um pequeno furo foi feito no órgão, o que segundo o homem, deixou-o “aterrorizado”. Felizmente, a cirurgia foi um sucesso e não deixou sequelas além de uma pequena cicatriz. 

Fonte: IG Delas
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mulher

Saiba quais erros não cometer na primeira conversa em apps de relacionamento

Publicado

source

Muitas pessoas optam pelo uso de aplicativos de relacionamento para encontrar um par. Apesar de ser fácil, é preciso ter criatividade nas primeiras conversas. Isso porque, dados da plataforma internacional de encontros The Inner Circle mostram que, após o match, iniciar o papo com ‘oi’, ‘olá’ ou ‘ei’ diminuem em 45% as chances de respostas.  

Leia também: Quer desencalhar? 5 dicas para conseguir um “date” em apps de relacionamento

mulher no celular arrow-options
shutterstock

mulher no celular

Por outro lado, incluir o nome da pessoa no primeiro contato aumenta em 4% as possibilidades de êxito. Além disso, o número de palavras também pode diminuir as  chances da conversa engatar: os primeiros contatos com sucesso têm exatamente dezoito palavras, enquanto as mensagens com mais de vinte palavras quase nunca são respondidas. 

David Vermeulen, fundador do The Inner Circle, defende que pequenas mudanças na abordagem inicial, como personalizar a mensagem, podem ser determinantes para conseguir fazer do match a oportunidade de encontrar alguém especial no app de relacionamento . “Apenas dizer ‘oi’ ou ‘olá’ não faz sua mensagem se destacar entre as outras”, alerta. 

Leia Também:  Não consegue perderpeso? Veja 5 motivos que podem explicar essa dificuldade

Leia também: Mulher dá resposta perfeita após ser insultada em aplicativo de relacionamento

De acordo com Vermeulen, escrever “como vão as coisas?”, por exemplo, abre possibilidades para respostas e, assim, fazer a conversa fluir, gerando interesse. “Comentar algo sobre o perfil do seu par também mostra que você gastou tempo em busca de informações sobre aquela pessoa”, explica o executivo. 

Os dados ainda mostram que 30% das primeiras mensagens incluem uma pergunta. Segundo o The Inner Circle, geralmente, os homens iniciam as conversas , mas quando o primeiro contato é feito pelo público feminino, as chances de conseguir uma resposta são 2.5 vezes maior, destaca a pesquisa. 

Será que emoticons ajudam na hora da conquista? 

A resposta é não. Começar conversas com emoticons não é a melhor opção na hora da conquista. Os números coletados apontam que apenas 5% das pessoas enviam emoticons para iniciar conversas e não obtém resultados positivos com a iniciativa. O emoji de risada está entre os mais utilizados. 

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 28 de junho de 2019

Leia também: Mencionar comida no perfil do aplicativo de relacionamentos atrai mais pessoas

“Assim como na vida real, as pessoas querem de fato conhecer a outra pessoa, não querem perder seu tempo com joguinhos ou papos bregas. Tudo isso passa pela autenticidade das mensagens que são enviadas logo nos primeiros contatos, frases prontas e clichês devem ser evitadas”, finaliza Vermeulen.

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

Aprenda truques para salas pequenas parecerem maiores e ficarem lindas

Publicado

source

Já ouviu falar de psicologia da decoração ? Esse ramo estuda a relação entre casa e indivíduo e, quando analisado cômodo por cômodo, os especialistas indicam que as salas de estar representam o que nós gostaríamos de ser.

Leia também: 6 erros comuns em salas de estar e como evitá-los

salas pequenas arrow-options
EasyDecor

As salas de estar costumam refletir o que os moradores gostariam de ser, por isso não há um único estilo de decoração

Dessa forma, como você decoraria salas pequenas ? Como refletir o seu estilo de vida, o que você gostaria de ser, em um espaço restrito? O Delas foi atrás de arquitetos para saber dicas de como investir na melhor decoração.

Quando se pensa em sala de estar o primeiro móvel que vem a cabeça é o sofá. Saber respeitar as medidas do espaço é importantíssimo para investir no móvel certo. “Dê preferência por modelos que não possuem braços ou com os pés aparentes, como aqueles de pés palitos, por exemplo. Já os sofás-camas são ideais para quem precisa equilibrar espaço e visitas”, explica o arquiteto Alexandre Squassoni.

E qual distância ideal entre a televisão e o sofá para preservar o conforto visual e ergonômico dos moradores? Existem algumas recomendações de fabricantes para melhorar ao máximo o bem-estar na hora de assistir à novela, programas ou filmes. Confira na galeria abaixo uma rápida explicação a melhor relação entre a distâncias e o tamanho dos televisores (em polegadas):


Quais móveis de decoração resolvem as salas pequenas?

Pelo espaço ser pequeno, escolha móveis proporcionais ao ambiente, como mesas de quatro lugares. Outro truque esperto é usar cadeiras no lugar de poltronas, que podem ficar mais confortáveis com almofadas ou forro de tecidos, de preferência de cores claras e estampas miúdas. “Estampas grandes, cores escuras e tecidos pesados tendem a deixar o ambiente parecendo menor”, indica a EasyDeco.

Leia Também:  Fuja dessas roubadas! 5 dicas para perder peso que os profissionais odeiam

Mas então, o que usar? “ Prateleiras estreitas são ótimas aliadas para esses locais. Bancos podem ser boas opções na mesa de jantar em vez de cadeiras. Você pode utilizar também púfes como mesinha lateral ao sofá”, ensinam os profissionais da Inside Arquitetura & Design.

Investir em vasos e plantas também é uma ótima pedida, segundo a arquiteta Guta Louro. “Além de as plantas renovarem a energia do ambiente, vasos podem vir em diferentes tamanhos, formatos e cores e os arranjos podem dar um novo toque ao ambiente sem fechar espaços visuais”.

E como ampliar o espaço?

Os espelhos podem e devem ser usados em todos os cômodos pequenos para dar uma sensação de amplitude. Eles também ajudam a iluminação do local espalhando a incidência de luz natural.

Escolher as cores certas para as paredes tem tudo a ver com ampliação de espaço. “Usar cores claras, frias e neutras como o branco e bege é uma ótima ideia. Se for usar listras, aposte nas horizontais. Móveis transparentes, como em acrílico e vidro, garantem maior leveza. Vale lembrar também que quanto menos enfeitado o ambiente, melhor o efeito de amplitude”, ressalta Squassoni.

Leia Também:  Menina pinta o corpo com caneta permanente para parecer doente e não ir à escola

Decoradores ajudam? Sim. Mas ninguém melhor que os moradores para testar as posições de móveis e enfeites. Use a criatividade, sem medi de errar, e monte salas pequenas com seu estilo, gastando pouco .

Série sobre apartamentos pequenos

O Delas montou uma série de reportagens sobre como decorar os cômodos de apartamentos pequenos . Veja abaixo as matérias que já foram publicadas e as que ainda vão sair:

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana