conecte-se conosco


Nacional

Homem mata amigo após confundi-lo com javali em Minas Gerais

Publicado


source
arma de fogo
Divulgação/Polícia Militar de Minas Gerais

O caçador assumiu ter sido responsável pelo tiro que matou o amigo.

Um homem identificado como Paulo César da Silva, 43, morreu depois de ter sido baleado por um amigo durante uma caçada. O caso aconteceu no fim de semana na cidade de Itanhandu, em Minas Gerais . O suspeito confessou ter sido responsável pelo disparo e disse que confundiu o amigo com um javali .

O suspeito, que não teve o nome revelado, disse que era amigo da vítima e havia marcado de ir caçar um javali que estava na região. Eles avistaram o animal e o suspeito atirou. Depois de escutar um grito, ele percebeu que atingiu Paulo César.

Como eles estavam na mata, o suspeito não conseguiu fazer o resgate sozinho e teve que voltar para a sede da fazenda em que estavam, onde chamou a polícia. O caçador não resistiu e morreu.

O responsável pelo disparo foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia da cidade. Ele se apresentou à polícia e entregou a arma, 10 cartuchos com munição e um cartucho vazio.

A PM isolou o local e acionou a perícia técnica. O corpo foi encaminhado para o IML. Segundo a polícia, a dupla tinha autorização para caçar, mas não para o porte de arma de fogo.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Sem chuvas, calor retorna nesta quarta em São Paulo

Publicado


source
céu com algumas nuvens
Reprodução/CreativeCommons/Spraf

A quarta-feira não traz previsão de chuvas, e o calor deve retornar em São Paulo

Não há previsão de chuvas para esta quarta-feira (30) em São Paulo . O último dia de setembro começa com poucas nuvens e predomínio de sol durante a tarde. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 18ºC e a máxima de 34ºC.

A umidade do ar em São Paulo volta a cair significativamente, com valores mínimos próximos dos 25%. 

Continue lendo

Nacional

Justiça suspende decisão de Salles que acabou com proteção a manguezais

Publicado


source
salles
Ricardo Salles / Twitter

Ricardo Salles, Frederico D’Ávilla e Jair Bolsonaro

A Justiça Federal do Rio de Janeiro suspendeu, nesta terça-feira (29), a extinção de duas resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente, que é presidido pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que delimitavam as áreas de proteção permanente (APPs) de manguezais e de restingas do litoral brasileiro.

A decisão permitia a exploração comercial e imobiliária de regiões protegidas por determinações ambientais. “Tendo em vista o evidente risco de danos irrecuperáveis ao meio ambiente, defiro antecipação dos efeitos da tutela para suspender os efeitos da revogação apreciada na 135ª Reunião Ordinária do Conama”, escreveu a juíza Maria Amélia Almeida Senos de Carvalho.

A decisão tem caráter liminar e foi protocolada com a justificativa de que a ação do Conama “viola o direito constitucional a um meio ambiente ecologicamente equilibrado”.

Ao explicar a extinção das normas, governo havia dito que essas resoluções já não eram mais cumpridas na prática. Especialistas em meio ambiente apontaram, porém, que até hoje essas normas são aplicadas, porque são os únicos instrumentos legais que protegem, efetivamente, essas áreas. 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana