conecte-se conosco


Curiosidades

Homem invade loja, deixa xerox do rosto e sai sem roubar nada

Publicado

source
Cópia de rosto de homem arrow-options
Polícia de Toronto / Divulgação

Xerox tirada por rapaz foi divulgada pela polícia

Um homem de 54 anos invadiu uma loja, tirou uma xerox do rosto e fugiu em Toronto, no Canadá, deixando a imagem para trás. A polícia, que não identificou roubos na loja, publicou a imagem do rapaz nas redes sociais em busca de informações sobre a identidade dele, mas não obteve sucesso.

Duas semanas depois, o homem foi preso por outro delito na mesma região. “Gary Samuel Lambe, de 54 anos, morador de Toronto , foi preso por um caso não relacionado à foto”, afirmou a força policial nas redes sociais.

Leia também: Cobra píton é flagrada em gaveta de escritório na Austrália; assista ao vídeo 

Segundo o canal norte-americano Fox News, ele estava em liberdade condicional por um crime anterior e foi indiciado por invasão domiciliar e por não cumprir os requisitos judiciais pedidos pela polícia.

Fonte: IG Curiosidades
Leia Também:  Americana ganha R$ 300 mil na loteria após passeio de domingo com cachorros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Curiosidades

Mergulhadores registram ataque de tubarão-branco

Publicado

source
Tubarão-branco arrow-options
Reprodução/Twitter

Ataque de tubarão-branco foi filmado de dentro de gaiola por mergulhadores.

Um grupo de mergulhadores que estava dentro de uma gaiola flagrou o ataque de um grande tubarão -branco . No registro, é possível observar a velocidade e a voracidade do predador, que ataca uma isca falsa utilizada para pesquisas. Confira o registro abaixo:

Ver essa foto no Instagram

Teasing a Great White isn’t A Winning Prospect!🦈 Video courtesy of Shark Diver via YouTube FOLLOW us at @creatures_of_the_deep_ for more like this! Sometimes the shark is faster than you and gets the prize! Baiting has become more controversial in recent years, as it is blamed for a rise in shark attacks, but proponents argue that the ability for people to see these animals in the wild increases public concern for their wellbeing. While there has been an increase in shark attacks over the last 50 years, other factors such as more people going swimming need to be taken into account when determining any possible impact of baiting on this number. What do you think? Comment below!👇

Uma publicação compartilhada por Creatures of the Deep (@creatures_of_the_deep_) em 15 de Set, 2019 às 12:02 PDT

A isca falsa utilizada pela equipe tem como função atrair os tubarões para permitir observações e um estudo dos animais e de suas técnicas de caça . E, por mais que tenha se tornado comum, essa técnica vem desagradando a população.

Leia também: Confronto sangrento entre tubarão e focas causa pânico em turistas; veja vídeo

Isso porque especialistas associam o uso da técnica com o aumento no número de ataques de tubarão nos últimos anos. Entretanto, a página que divulgou o vídeo afirma que não é possível confirmar uma relação entre os fatos.

Fonte: IG Curiosidades
Leia Também:  Pouca força? Jacaré de 3,3m quebra janela, invade casa e assusta família
Continue lendo

Curiosidades

Idoso morre após tentar fugir de ataque de pássaro

Publicado

source
Pássaro parado de pé na grama arrow-options
Creative Commons

Segundo governo australiano, pássaro da espécie Magpie já causou outros acidentes na região

Um idoso de 76 anos morreu após ser atacado por um pássaro enquanto andava de bicicleta em um parque na região de Woonona, na Austrália. 

Segundo a polícia local, o homem, que não teve identidade revelada, tentou desviar das bicadas de um magpie australiano que o atacava, perdeu o controle do veículo e bateu em um poste e uma cerca do parque.

Leia também: Fotógrafa flagra pássaro alimentando filhote com bituca de cigarro

A suspeita é de que o magpie, animal nativo da oceania com cerca de 30 centímetros, estivesse protegendo um dos ninhos dele. O homem chegou a ser socorrido e passou por exames, mas morreu no  hospital. 

De acordo com o jornal norte-americano Washington Post, a espécie magpie se acostumou a viver nos meios urbanos australianos, mas eventualmente causa alguns acidentes por apresentar “comportamentos territorialistas”. “Se eles começarem a agir de forma hostil, tente manter a calma. Mexer os braços ou apresentar comportamentos exagerados podem parecer um ataque para eles e torná-los mais agressivos”, afirmou a publicação.

Leia Também:  Microrganismos bizarros ajudam cientistas a decifrar origens da vida na Terra

Fonte: IG Curiosidades
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana