conecte-se conosco


Nacional

Homem é preso suspeito de estuprar mulher e fazer criança de 11 anos filmar

Publicado

source
Suspeito de estupro arrow-options
Reprodução/Polícia Civil de Goiás

O suspeito teria cometido atos libidinosos contra a vítima enquanto ela estava desacordada, segundo a Polícia Civil.

Uma criança de 11 anos teria sido obrigada a filmar o estupro de uma mulher de 42 anos. O acusado, de 46 anos, foi preso em Vicentinópolis, localizada no sul de Goiás. 

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito teria cometido atos libidinosos contra a vítima enquanto ela estava desacordada . O delegado Patrick Carniel, responsável pelo caso, contou ao G1 que o suspeito foi encontrado em uma fazenda, na zona rural da cidade, nesta quarta (6). 

Leia mais: 

O suspeito confessou aos policiais de maneira informal que estava bêbado na data do crime, que aconteceu no dia 12 de outubro. Os envolvidos no crime eram conhecidos e estavam na mesma festa. A vítima fez uma denúncia formal na delegacia da cidade dias após o ocorrido. 

A mulher teria sido acordada por uma quarta pessoa que viu que ela estava sendo abusada e filmada. Confirmando as suspeitas da polícia, uma gravação foi encontrada no celular da criança de 11 anos referente ao estupro .

Leia Também:  Barroso diz que Brasil vive momento “polarizado, dividido e raivoso”

A Justiça concedeu o mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que está sendo acusado de corrupção de menores e estupro de vulnerável. 

Fonte: IG Nacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Doria anuncia uso de drones para auxílio das polícias de São Paulo

Publicado

source
Doria arrow-options
Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Doria anucia a Dronepol, a nova polícia de drones do Estado de SP

O Governador de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou, nesta quinta (5), que a Polícia Militar de São Paulo passa a contar com drones para auxiliar em ações preventivas e de inteligência. O uso do equipamento passa a ser feito imediatamente.

“Tecnologia de ponta para combater o crime e proteger a população”, afirmou Doria sobre a Dronepol, como foi nomeada a frota de drones.

Confira o depoimento de Doria e do secretário General João Camilo Pires de Campos sobre o uso da Dronepol :


Leia também:  “A fome me preparou para a dor”, diz jovem que perdeu couro cabeludo em kart

Leia Também:  Agressões, tortura e violência psicológica dão o tom na Fundação Casa

Há dois anos, no primeiro ano de mandato de Doria como prefeito da capital paulista, o político empregou o uso de drones tornando São Paulo a primeira cidade a ter uma polícia com os equipamentos. O secretário de Segurança Pública do Estado, General João Camilo Pires de Campos relata que a “tecnologia está sendo aplicada para multiplicar a capacidade do policial policiar”.

Serão 145 dispositivos da Dronepol. Além disso, foi instalado uma tecnologia que inibe a utilização de drones que não sejam da polícia próximo a presídios, o que vai garantir segurança contra o crime organizado e evitar fugas. 

Leia também: Briga entre deputados na Alesp tem xingamentos, empurrões e até mordida; assista

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Nacional

Doria vai criar comissão externa em investigação de Paraisópolis

Publicado

source
Doria arrow-options
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Civis poderão participar de apuração de ação policial que resultou na morte de nove pessoas em baile funk

O governador de São Paulo, João Doria , vai criar uma comissão externa formada por membros da socidade civil para participar da apuração da ação policial que deixou nove pessoas mortas durante o Baile da 17 , em Paraisópolis . Os mortos foram pisoteados depois que oficiais conduziram a multidão para vielas e disparou balas de borracha e usou gás lacrimogêneo nas pessoas. A proposta era uma reivindicação de familiares das vítimas e de organizações de direitos humanos.

A decisão de criar a comissão foi feita após uma reunião com parentes dos mortos e centenas de pessoas marcharem de Paraisópolis até o Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi.

Leia também: ‘É inaceitável a polícia usar força desproporcional e desnecessária’, diz Doria

Até agora as versões sobre os acontecimentos na noite de baile ainda são contraditórias. Segundo a Polícia Militar, o tumulto começou após dois suspeitos em uma moto atirarem contra policiais e se esconderem na multidão do baile.

Leia Também:  Barroso diz que Brasil vive momento “polarizado, dividido e raivoso”

Os moradores, no entanto, dizem que a PM já chegou ao local atirando e teria provocado a tragédia ao tentar realizar uma dispersão truculenta no pancadão.

Leia também: Truculência policial, drogas e preconceito: saiba o que acontece no Baile da 17

Na segunda-feira (2), a gestão Doria decidiu afastar das ruas seis policiais militares que participaram da ação.

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana