conecte-se conosco


Esportes

Helicóptero pousa no campo e homens encapuzados “sequestram” jogador

Publicado


Helicóptero pousou no gramado de futebol
Reprodução

Jogador é “sequestrado” com jogo em andamento no futebol italiano

Uma cena surreal chamou atenção no futebol italiano, mais precisamente na liga regional de Catania. Um helicóptero pousou no meio do campo durante partida em andamento e homens encapuzados sequestraram um jogador do Città di Viagrande, time da casa.

O jogador
em questão é  Ignazio Barbagallo
, que, aos 55 anos de idade, fazia seu último jogo com a camisa do Viagrande antes de se aposentar.

O fato é que tudo isso não passou de uma brincadeira, uma cena combinada. Barbagallo é conhecido na cidade por ser um atleta bem humorado e contador de piadas. “Sempre sonhei com um adeus ao futebol assim”, disse em entrevista ao “Repubblica.it”.

Confira no vídeo como tudo aconteceu:

Os jogadores do  Città di Viagrande
sabiam que tudo iria acontecer perto do fim do jogo e já esperavam pela aeronave. Só que esqueceram de avisar os atletas do Nebrod Play Shop, o time adversário, que ficaram apavorados com tudo e se refugiaram no banco de reservas quando o helicóptero desceu.

“Há 20 anos eu tentei me despedir do futebol da mesma maneira, mas o piloto do helicóptero ficou com medo de fazer isso naquela ocasião. Desta vez, tudo estava em ordem: solicitei e obtive autorizações do prefeito e da polícia municipal”, contou Ignazio Barbagallo.

No helicóptero estavam familiares e amigos do jogador.

De acordo com a “Fox Sports Italia”, a Federação local não gostou nada da produção cinematográfica feita para a despedida do jogador
e puniu a o Città di Viagrande com gancho de um mês sem poder fazer jogos pela liga regional e multa de 200 euros.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Bragantino vence Guarani e conquista Troféu do Interior

Publicado


.

O Bragantino não chegou à final do Campeonato Paulista, mas mostrou que pode dar trabalho no retorno à série A do Campeonato Brasileiro. Com a vitória de 1 a 0 sobre o Guarani, na Arena Barueri, o time conquistou o Troféu do Interior pela primeira vez, garantindo vaga na Copa do Brasil de 2021 e ganhando uma premiação de R$ 360 mil. O gol foi marcado por Léo Ortiz, de cabeça, aos 31 minutos do primeiro tempo.

Dono da melhor campanha na primeira fase do Campeonato Paulista, o Massa Bruta foi eliminado pelo Corinthians nas quartas de final por 2 a 0. No Troféu do Interior, chegou à final após passar pelo Botafogo-SP, nos pênaltis, depois de empatar em 1 a 1.

Bragantino e Guarani entraram em campo com muita movimentação. As duas equipes buscavam o ataque desde o início em ritmo acelerado. O Bugre tinha mais volume de jogo, mas só conseguiu chegar com perigo aos 21 minutos. Lucas Crispim tabelou com Junior Todinho dentro da área adversária, chutou e acertou a trave do goleiro Cleiton.

O lance deu confiança ao Guarani, que começou a dominar o jogo, mas acabou tomando gol em um de seus grandes problemas na temporada: a bola parada. Após cobrança de escanteio pela direita, a bola passou por todo mundo e sobrou para Edimar na esquerda. Ele cruzou para Léo Ortiz, de cabeça, fazer o gol do título do Bragantino, aos 31 minutos.

Ouça na Rádio Nacional

Com a vantagem, o Bragantino diminuiu o ritmo no segundo tempo e o Guarani não conseguiu manter o volume de jogo. Assim, o Massa Bruta teve mais o controle da partida e chegava com perigo em contra-ataques. O panorama mudou a partir dos 20 minutos, quando Deivid recebeu o segundo cartão amarelo e acabou sendo expulso.

Mesmo jogando com um a menos, o Guarani passou a atacar mais o Bragantino e criou chances para empatar. Aos 28 minutos, Junior Todinho chutou dentro da grande área obrigando Cleiton a fazer grande defesa.

O Bugre se lançou ao ataque, e quase sofreu o segundo gol aos 38 minutos. Alerrandro tocou para Claudinho, que chutou rasteiro. Jefferson Paulino espalmou. Na sobra, Claudinho tocou para Vitinho, que finalizou. Bruno Silva conseguiu desviar para a linha de fundo, evitando o gol. O Guarani tentou o empate até o fim, mas o Bragantino segurou o resultado para conquistar o Troféu do Interior.

O próximo compromisso do Bragantino será no domingo (9), pela primeira rodada da série A do Campeonato Brasileiro, contra o Santos, na Vila Belmiro, às 16h. O Guarani entra em campo no sábado (8), contra o CSA, no Estádio Rei Pelé, em Alagoas, às 21h, pela primeira rodada da série B do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Ginasta usa tecnologia para acompanhar treino da seleção em Portugal

Publicado


.

A seleção brasileira de Ginástica Artística inicia a terceira semana de dois meses de treinos previstos para a equipe dentro da Missão Europa do Comitê Olímpico do Brasil (COB), na cidade de Sangalhos, a pouco mais de 230 km de Lisboa. O grupo é formado por 10 atletas, mas uma ausência é muito sentida: Déborah Medrado, 18 anos, campeã dos Jogos Pan-americanos Lima 2019 e uma das principais lideranças do conjunto brasileiro.

Isto acontece porque a atleta aproveitou a pandemia do novo coronavírus (covid-19) e o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para realizar uma cirurgia no segundo metatarso dos pés esquerdo e direito.

Contudo, mesmo não estando em Portugal com as companheiras de equipe, a capixaba acompanha as atividades. “Desde o início da quarentena, nossos treinos eram virtuais. Infelizmente a Déborah não veio. Porém, para ela continuar conosco a colocamos no computador para fazer o mesmo treino”, explica Beatriz Linhares, que, assim como Déborah, conquistou um ouro (3 arcos e 2 maças) e dois bronzes (geral e 5 bolas) nos Jogos de Lima no ano passado.

“Estamos aqui, todas juntas novamente, e ela deve ficar um pouco sentida. Não queremos que ela desanime e estamos tentando, ao máximo, mesmo de longe, trazê-la para perto”, completa Bia, 17 anos, e que é natural de Florianópolis (SC).

Em relação aos trabalhos da equipe dentro do ginásio, apesar do longo tempo afastada, a seleção já nota uma evolução técnica e física. “Tivemos algumas dores musculares, o que é normal, mas [o retorno] não está sendo tão difícil pelo fato de estarmos muito empolgadas. Foi apenas uma pausa, agora voltamos aos treinos e estamos focando no nosso objetivo, que é lutar pela vaga olímpica”, declara Duda Arakaki, 16 anos, que esteve nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018, em Buenos Aires (Argentina).

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana