conecte-se conosco


Entretenimento

Há oito anos estreava “Game of Thrones”, maior fenômeno cultural contemporâneo

Publicado

Sabe aquela famosa (e clichê) frase: “O aniversário é seu, mas quem ganha o presente somos nós”? Com toda a certeza, os fãs de “Game of Thrones” podem usá-la livremente nesta quarta-feira (17), já que a série comemora oito anos desde que seu primeiro episódio foi exibido na HBO.

Leia também: Sem paciência! Kit Harington detona críticos de “Game of Thrones”


Jon Snow e Arya Stark, usando roupas medievais, se abraçam
Divulgação

Estreia da oitava temporada foi marcada por reencontros e desenvolvimentos dramáticos


Com uma trama até um pouco confusa, já que são centenas de personagens e suas histórias particulares, mas eletrizante, “ Game of Thrones ” conquistou o público ao redor do mundo, principalmente por sua história envolvendo política e intrigas familiares, já que o grande foco da atração é a luta pelo poder de chegar ao Trono de Ferro.

Abaixo, separamos alguns outros fatores que fazem da série o incrível sucesso que é até os dias de hoje.

  • Como a série ficou famosa?

Cersei Lannister de cabelos loiros e compridos, usando vestido vermelho e olhando para frente
Divulgação

“Game of Thrones”



Em 1996, George R.R. Martin escreveu o primeiro livro que inspirou o sucesso da HBO , e foi quando toda a história começou. No entanto, foi só em 2011 que o seriado ganhou as telas da televisão no mundo todo.

Leia também: Personagens menores que serão decisivos em “Game of Thrones”

Com personagens fortes e intrigantes, e um enredo que gira em torno da conquista do disputado Trono de Ferro, a série tomou conta da cultura pop mundial, atraindo ainda mais admirados em todos os cantos do mundo.

  • A série superou os livros
Leia Também:  Após briga com Gracyanne, Viviane Araújo curte festa com famosos

Atores olhando para frente, usando roupas medievais
Divulgação

“Game of Thrones”



Com cinco livros publicados (“A Guerra dos Tronos”, “A Fúria dos Reis”, “A Tormenta das Espadas”, “O Festim dos Corvos” e “A Dança dos Dragões”) e mais dois que ainda não foram lançados (“The Winds of Winter” e “A Dream of Spring”), o autor pode, sim, dizer que seus dias de glória finalmente chegaram.

É claro que os livros, para os fãs que amam ler, são um verdadeiro sucesso. No entanto, alguns momentos escritos ficam muito melhores do que já são quando exibidos na televisão, fazendo com que nossa imaginação finalmente se torne realidade.

Com a chegada da oitava e última temporada, no último domingo (14), os fãs da trama já estão sofrendo por antecedência com o fim da série.

  • A história popularizou o autor

George R.R. Martin usando terno e chapéu cinzas, camisa preta e óculos
Divulgação

George R. R. Martin



George R.R Martin não era tão conhecido assim quando lançou o primeiro livro da série, lá em 1996. Antes disso, o autor ainda escreveu algumas outras obras que de nada têm a ver com o sucesso da história de Jon Snow e companhia.

Fã de história medieval e mitologia, o escritor se tornou conhecido mundialmente com uma rede que envolve intrigas familiares, políticas, traições e mortes… muitas mortes!

Leia Também:  Sucesso no “Domingão do Faustão”, Naíma anuncia pausa na carreira

Leia também: Daenerys, Arya e Khaleesi: pais dão nomes de bebês inspirados em Game of Thrones

“Há pessoas que acreditam num mundo em que os bons vencem. Eu não escrevo esse tipo ficção”, deixou claro durante várias entrevistas, ao falar sobre a história que criou. Seria esse um possível spoiler sobre o fim da oitava temporada? Vamos esperar para ver.

  • O fenômeno cultural da TV americana

Elenco de Game of Thrones usando roupas medievais
Divulgação

“Game Of Thrones” é destaque na Enterteinment Weekly



Se você é fã de fantasia, terror, intrigas políticas e dramas familiares, com certeza a série foi feita para você. Se você é fã de, pelo menos, um desses itens, a série também se encaixa no seu perfil. Grande parte das causas de “GOT” ter se tornado um fenômeno mundial da TV americana é que ela abrange a maioria (se não todos!) dos públicos, já que oferece algo para todo mundo.

Outro fator importante, por exemplo, são os vários (vários! Inúmeros!) personagens. Ok, você pode até ficar chateado porque, muito provavelmente, o seu preferido morreu, mas não pode reclamar da série ter caído na monotonia como tantas outras, já que os roteiros são muito bem criados e, as histórias, cheias de ação e reviravoltas.

E não dá pra falar de “ Game of Thrones ” sem falar em redes sociais. Principalmente porque uma enorme parcela do sucesso da trama lá fora, e aqui no Brasil também, se dá por conta dos comentários feitos na web, que se alastram para os quatro cantos do mundo.

Fonte: IG Gente
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Entretenimento

Nos 25 anos de “Friends”, relembre os momentos mais hilários da série

Publicado

source

Já se vão 25 anos desde que “Friends” foi ao ar pela primeira vez, em 22 de setembro de 1994. De lá para cá, o que não faltam são momentos inesquecíveis da sitcom sobre os inseparáveis Rachel Green (Jennifer Aniston), Monica Geller (Courteney Cox), Phoebe Buffay (Lisa Kudrow), Joey Tribbiani (Matt LeBlanc), Chandler Bing (Matthew Perry) e Ross Geller (David Schwimmer). Abaixo, listamos algumas das cenas que os fãs da série nunca se cansam de rever.

Friends arrow-options
Divulgação/Imdb

“Friends”

Leia também: “Friends” domina! Veja o que esperar das atrações da Casa Warner deste ano

Joey falando francês

Se você já teve dificuldades em aprender uma língua, pelo menos tem um consolo: com certeza sua pronúncia não é tão ruim quanto a de Joey tentando aprender francês. Depois de mentir no currículo dizendo que é fluente na língua, ele tenta fazer algumas aulas com Phoebe, mas o resultado é assustadoramente hilário.

Leia também: Jennifer Aniston diz que teve que perder peso para conseguir papel em “Friends”

Joey e o batom para homens

Se Joey não conseguia falar nada em francês, ele não teve dificuldades em pronunciar algumas palavrinhas em japonês para um comercial de… batons masculinos. “Lembrem-se que eu ganhei muito bem por isso”, diz o ator antes de mostrar aos amigos a fita cassete com a campanha do batom azul Ichiban.

Ross e o poder do ‘unagi’

O batom masculino não é a única contribuição “japonesa” no mundo de Friends. Na sexta temporada, Rachel e Phoebe resolvem fazer uma aula de defesa pessoal. Mas Ross acha que sabe melhor e resolve dar uma palestrinha sobre a técnica de karatê “Unagi” (que na verdade, não existe). Só que a disputa entre os três acaba indo longe demais.

Leia Também:  Sucesso no “Domingão do Faustão”, Naíma anuncia pausa na carreira

 Monica e o peru na cabeça

arrow-options
Divulgação/ National Broadcasting Company

“Friends”

A primeira vez que Chandler diz a Monica que a ama é inesquecível: não pelo romantismo, mas pelo fato de ela estar com um peru na cabeça, com direito a óculos escuros e chapéu. O visual era uma tentativa de animar Chandler, que estava chateado com ela.

Chandler e a mixtape de Janice

Outro momento igualmente hilário de Monica e Chandler é quando o casal combina de se presentear com coisas feitas por conta própria. Monica prepara um jantar romântico, mas Chandler lhe dá uma mixtape que encontrara no seu quarto. Tudo ia bem até surgir na gravação… a voz de Janice, a eterna ex-namorada sem noção de Chandler.

Phoebe canta ‘Smelly cat’

Talvez o único sucesso da “carreira” musical de Phoebe, “Smelly cat” é uma ode a um gato de rua fedorento. Depois de apresentar a música no Central Perk, ela chega a ganhar um videoclipe ultraproduzido — com direito a todos os clichês dos anos 90.

Ross e o bronzeamento artificial

Ross e o bronzeamento artificial arrow-options
Divulgação/ IMDb

Ross e o bronzeamento artificial

Na décima temporada, Ross decide fazer um bronzeamento artificial. As instruções do procedimento eram simples: contar até cinco e se virar para que o spray atingisse as costas. Mas o paleontólogo se enrolou nas contas e acabou ficando com o corpo bicolorido.

Ross e o clareamento dos dentes

O bronzeamento não foi o único problema que Ross teve tentando dar um upgrade no visual. Na expectativa para um encontro com uma colega de Monica, ele faz um clareamento nos dentes que passa dos limites. Mesmo assim, ele consegue ir bem no encontro com a moça até ela apagar as luzes do apartamento.

Leia Também:  Naomi Campbell lamenta ter sofrido racismo em hotel: “Não me deixaram entrar”

Ross e o sanduíche

Outra desventura de Ross acontece quando alguém no trabalho come seu sanduíche, feito por Monica com sobras do Dia de Ação de Graças. Aconselhado por Phoebe, Ross passa a deixar ameaças na sua comida para evitar que o fato se repita. Quando ele acaba descobrindo que seu chefe que tinha comido o tal sanduíche, a reação não é nada boa.

Monica e as zonas erógenas

Na quarta temporada, Chandler começa a namorar uma ex de Joey. Sabendo da fama do amigo na cama,ele fica inseguro em como agradar a parceira. Rachel e Monica, então, lhe dão uma aula particular sobre as zonas erógenas das mulheres. Mas Monica acaba se empolgando com o curso…

Phoebe e o stripper

Uma das participações especiais mais icônicas de “Friends” acontece na décima temporada, quando Monica e Rachel organizam uma despedida de solteira para Phoebe. Elas contratam um stripper para apimentar a festa, e são surpreendidas com Danny DeVito e seus 1,47m de pura sedução.

Leia também: “Friends” ganha nova abertura após Lego anunciar coleção inspirada na série

O clube ‘Eu odeio Rachel Green’

Friends arrow-options
Reprodução/ Friends

Clube ‘Eu odeio Rachel Green’

Outra visita surpreendente ao apartamento de Monica é a de Brad Pitt. Quando ele e Jennifer Aniston estavam juntos, o ator fez uma participação na série como Will, um ex-colega de ensino médio dela e de Ross. Obeso na adolescência, Will tinha sofrido bullying de Rachel na escola antes de virar, bem, um Brad Pitt. A personagem de Aniston fica interessada no bonitão até descobrir que, na escola, ele e Ross tinham criado o clube “Eu odeio Rachel Green”.

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Ellen Rocche revela não se sentir confortável com tamanho dos seios

Publicado

source

IstoÉ

Ellen Rocche é considerada por muitos como uma das atrizes mais bonitas da televisão brasileira. No entanto, apesar do público pensar assim, ela revelou ter seus “complexos” com seu corpo, em entrevista dada ao jornal Extra .

Leia também: Heróis da DC feitos de LEGO! Faça um tour pela exposição The Art of the Brick

Ellen Rocche arrow-options
Reprodução/Instagram

Ellen Rocche fala sobre seu corpo

Ellen Rocche disse não se sentir confortável com o tamanho dos seus seios, por exemplo. “Eu tenho muito peito. Com 15 anos já tinha esse corpão e, desde novinha, mantenho a postura mais moderada para que os seios não realcem tanto. Automaticamente, por não querer chamar a atenção, não gosto de sair com decotão na rua, mas nunca pensei em fazer redução”, afirmou.

Ainda na entrevista, Ellen também comentou o fato de ser considerada como um símbolo sensual no mundo dos artistas. “Nunca fiz nada para alimentar isso. Claro, posei para revistas, e esses ensaios construíram o estereótipo. Mas nunca me mostrei como um mulherão, sou bem palhaça, moleca e brincalhona”, disse.

Leia Também:  “Me sinto nojenta” diz Bella Thorne após críticas de Whoopi Goldberg

Por fim, ela, que está com 40 anos, falou sobre idade, se tem medo de envelhecer. “Envelhecer é um processo natural da vida, vai acontecer, quer eu queira ou não. Só tenho medo de ter medo e deixar esse medo me paralisar”, finalizou.

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana