conecte-se conosco


Internacional

Gustavo Petro cancela viagem por suspeita de complô para assassiná-lo

Publicado

source
Gustavo Petro, senador e candidato da esquerda à Presidência da Colômbia
Reprodução

Gustavo Petro, senador e candidato da esquerda à Presidência da Colômbia

O senador e candidato da esquerda à Presidência da Colômbia, Gustavo Petro, suspendeu uma viagem à principal região de produção de café do país após denunciar um plano para assassiná-lo. O anúncio ocorreu um dia depois de um carro-bomba ser detonado diante de uma prefeitura no departamento de Cauca.

De acordo com a campanha de Petro, que lidera as pesquisas, antes da visita ao chamado Triângulo do Café, na região centro-oeste colombiana, sua equipe de segurança “recebeu a informação, em primeira mão de fontes na região” que o “grupo armado La Cordillera estaria planejando um atentado contra a vida do candidato”. A viagem estava marcada para acontecer entre quarta e quinta-feira.

A polícia e as autoridades do governo colombiano não se pronunciaram.

O La Cordillera é uma organização paramilitar ligada a atividades do narcotráfico que tem grande atuação na região cafeeira. No ano passado, durante os protestos contra o governo, a quadrilha foi acusada pelo ataque contra o ativista Lucas Villa, executado com oito tiros por motociclistas em Pereira, no dia 5 de maio. Villa, que se tornou uma espécie de ícone dos atos e que trazia uma mensagem de paz nos atos, morreu uma semana depois.

Marcada para o dia 29 de maio, a campanha presidencial na Colômbia é considerada uma das mais polarizadas da História recente, com Petro, um ex-guerrilheiro e senador da República liderando com 43,6% dos votos, com promessas de combater a desigualdade social, e com o nome da centro-direita, Federico Gutiérrez, aparecendo com 26,7%.

Leia Também

Caso nenhum candidato obtenha a maioria dos votos (50% + 1), um segundo turno está marcado para o dia 19 de junho. Em março, nas eleições primárias e legislativas, a esquerda obteve resultados considerados históricos, fincando uma posição considerada expressiva no Parlamento, ao mesmo tempo em que viu a direita perder força.

Contudo, a denúncia de que Petro seria um alvo de um grupo criminoso trouxe uma aura de preocupação para o atual processo eleitoral: Em 1989, Carlos Galán, um dos mais populares políticos da vertente liberal da Colômbia, foi morto em um evento, por ordens do Cartel de Medellín. No ano seguinte, Carlos Pizarro, ex-líder da guerrilha M-19 (da qual Petro fez parte e que chegou a um acordo de paz com o governo) foi assassinado durante sua campanha, quatro dias depois do também postulante ao governo, Bernardo Jaramillo Ossa, ser executado.

Apesar de ataques semelhantes não terem sido registrados em eleições presidenciais nas últimas décadas, o nível de polarização da campanha, e o fato de nenhum outro candidato ter recebido ameaças semelhantes, trazem grande preocupação ao campo de Petro.

No domingo, um carro-bomba foi detonado diante da prefeitura de Argelia, no departamento de Cauca, deixando um vigilante ferido e provocando estragos no prédio. A região é uma das maiores áreas de produção de cocaína na Colômbia, e é cenário de confrontos recorrentes entre guerrilhas e grupos ligados ao narcotráfico.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Internacional

Papa pede que povo ucraniano não seja esquecido

Publicado

source
Fiéis carregando bandeiras ucraniana na Praça São Pedro, no Vaticano
Ansa

Fiéis carregando bandeiras ucraniana na Praça São Pedro, no Vaticano

O papa Francisco fez neste domingo (26) um novo apelo para que o mundo não se esqueça do povo da Ucrânia, alvo de uma invasão militar promovida pela Rússia desde o dia 24 de fevereiro.

Após a oração do Angelus, o líder da Igreja Católica afirmou que “os bombardeios na Ucrânia continuam causando mortes, destruição e sofrimento à população”.


“Por favor, não nos esqueçamos deste povo atingido pela guerra, não o esqueçamos no coração e nas nossas orações”, declarou o Pontífice.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já matou mais de 4 mil civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.

Embora sem jamais criticar a Rússia diretamente, o Papa vem se posicionando claramente a favor da Ucrânia desde o início da guerra e já condenou em diversas ocasiões os massacres promovidos contra a população civil.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Xangai não registra casos de covid pela 1ª vez desde o novo surto

Publicado

source
Testagem de covid-19
Redação – BBC News Mundo

Testagem de covid-19

A cidade chinesa de Xangai não registou no último sábado (25) nenhuma nova infeção por covid-19 pela primeira vez desde março, quando eclodiu um forte surto ligado à variante Ômicron que levou a um longo e severo confinamento da sua população.

“Não houve novos casos domésticos confirmados de covid-19 e nenhuma nova infecção assintomática em Xangai em 24 de junho de 2022”, disse o governo da cidade de 25 milhões de pessoas em um comunicado.


Em março, as infecções começaram a se multiplicar na capital econômica do país, que acabou decretando um confinamento severo por dois meses. O bloqueio, criticado pela população que luta para obter alimentos e cuidados médicos, foi suspenso praticamente no início de junho, embora o retorno à normalidade tenha sido dificultado pelo restabelecimento das restrições em alguns distritos.

Há duas semanas, milhões de pessoas foram novamente confinadas temporariamente quando o governo municipal lançou uma campanha de testes em massa em algumas áreas. Enquanto isso, a capital Pequim fechou escolas e escritórios por semanas devido a outro surto que as autoridades dizem ter sido contido na semana passada.

A secretaria municipal de educação indicou no sábado que todos os alunos do ensino fundamental e médio poderão voltar às aulas a partir de segunda-feira, embora professores, alunos e pais devam primeiro passar por um teste de PCR. A capital registrou apenas duas novas infecções no sábado.

Por seu lado, Shenzhen, uma grande cidade industrial do sul do país, anunciou neste sábado que vai encerrar durante três dias os mercados, cinemas e ginásios de um distrito que faz fronteira com Hong Kong, depois de detectar nessa localidade casos de covid -19.

A China é uma das maiores economias do mundo que continua a aplicar a chamada estratégia de “Covid zero” para erradicar o vírus com base em restrições a viagens internacionais, quarentenas, testes em massa e confinamentos severos.

As autoridades insistem que essa política é necessária para evitar um colapso do sistema de saúde devido à distribuição desigual de recursos médicos e as baixas taxas de vacinação dos idosos.


Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana