conecte-se conosco


Esportes

Grêmio derrota Bahia por 1 a 0 na Copa do Brasil e garante vaga nas semifinais

Publicado

Lance

Grêmio está nas semifinais da Copa do Brasil arrow-options
Divulgação/Site Grêmio

Grêmio está nas semifinais da Copa do Brasil


Na Arena Fonte Nova, o Grêmio deixou de lado a desconfiança, venceu o Bahia por 1 a 0 e carimbou a sua vaga na semifinal da Copa do Brasil. O único gol do jogo saiu através de Alisson, na etapa final. Na próxima fase o Tricolor Gaúcho mede forças com o Athletico-PR.

O jogo

O Grêmio não se importou para o fato de jogar fora de casa e foi com tudo para cima do Bahia no começo do jogo. Porém, o Tricolor gaúcho não conseguia transformar essa superioridade inicial em chances de gol.

A primeira boa oportunidade do time de Porto Alegre surgiu somente aos 21, quando Jean Pyerre foi no fundo e cruzou rasteiro, mas Moises estava esperto para fazer o corte e evitar que a bola chegasse para o André finalizar.

O Bahia resolveu sair da defesa, e quase o gol saiu na primeira descida ao ataque. Em cobrança de falta, Artur levantou na área, mas Kannemann afastou mal. Lucas Fonseca pegou de primeira, mas Paulo Victor faz a defesa.

O Grêmio continuou melhor na partida e o Bahia apostava nos contra-ataques, que por muito pouco não resultou em gol de Artur, que recebeu de Gilberto e mandou para fora.

Aos 42 minutos, finalmente os Gaúchos criaram uma oportunidade perigosa. André recebeu na entrada e finalizou rasteirinho, só que Douglas salvou o Bahia com a ponta dos dedos.

O segundo tempo começou meio truncado com os marcadores levando vantagem sobre os atacantes e meias. Nessas horas, só uma jogada individual para fazer a diferença. E foi exatamente o que aconteceu. Matheus Henrique lançou Alisson, o meia gremista saiu costurando dentro da área e finalizou no canto e inaugurou o marcador, 1 a 0 para os Gaúchos.

O Bahia foi para o desespero e o Grêmio passou a apostar no contra-ataque. E foi em um desses contra-ataques que Alisson disparou e foi derrubado por Moises. Após revisão do VAR , o árbitro marca falta e expulsa o lateral do Bahia.

Com um a mais, o Grêmio conseguiu administrar o resultado e garantir a classificação fora de casa

BAHIA 0 X 1 GRÊMIO
Local:
Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data-Hora: 17/7/2019 – 19h15
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kléber Lúcio Gil (SC) e Bruno Raphael Pires (GO)
VAR: Bruno de Arleu de Araújo (RJ)
Público/renda: 46.341 pagantes/R$ 1.349.590,50
Cartões amarelos: Gilberto, Elton, Gregore (BAH), Kannemann, Maicon, Everton, Matheus Henrique (GRE)
Cartões vermelhos: Moisés (BAH)
Gol: Alisson (18’/2ºT)

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Elton (Shaylon, aos 22/2ºT), Gregore e Ramires (Fernandão, aos 36/2ºT), Artur, Gilberto e Elber (Arthur Kaíke, aos 11/2ºT). Técnico: Roger Machado.
GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Romulo, aos 34/2ºT) e Jean Pyerre (Luan, aos 17/2ºT); Alisson (Pepê, aos 36/2ºT), Everton e André. Técnico: Renato Gaúcho.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Regata Santos-Rio terá duelo entre medalhistas da família Grael

Publicado


.

A família Grael estará em peso na edição de número 70 da regata Santos-Rio, que tem largada prevista para o dia 23 de outubro. Martine, que brilhou nos Jogos de 2016 (Rio de Janeiro) e venceu um Campeonato Mundial em 2014 ao lado de Kahena Kunze, fará sua terceira participação na regata, que é considerada a mais difícil do país. Pai de Martine, Torben Grael, bicampeão olímpico e dono de cinco medalhas nos Jogos, também marcará presença, assim como Lars Grael, irmão de Torben e tio de Martine, dono de duas medalhas de bronze. Todos estarão em barcos diferentes.

Martine destaca a disputa saudável em família e a experiência a favor de seu pai e tio. Torben tem cinco conquistas como comandante, e Lars um título: “Acho que rola disputa entre todos os barcos. E é claro que todos imaginam ganhar. Mas tenho um respeito enorme pelo meu pai e meu tio, e a experiência dos demais velejadores. Não vou para chegar atrás, mas também não seria nenhum vexame. Aliás, é minha terceira Santos-Rio. E com esse negócio de barco a vela, já viu que experiência conta, e muito”, diz.

“A Santos-Rio é a síntese da história da vela de oceano no Brasil. Será minha 18ª participação, fui muito ativo nas décadas de 1980 e 1990, e agora [chego] motivado por tudo que está passando no país e também pela vela de oceano celebrando a 70ª edição dessa regata, que é a mais importante do Brasil”, afirma Lars Grael.

Além deles, já estão confirmados outros grandes nomes da modalidade como Kiko Pelicano, Samuel Gonçalves, Samuel Albrecht, e Henry Boening, o Maguila, proeiro de Robert Scheidt. É esperada a participação de mais de 40 barcos.

Vale lembrar que os veleiros de oceano farão parte do programa dos Jogos Olímpicos de 2024 (Paris), com barcos de 30 pés e dupla mista com um homem e uma mulher como tripulantes. “Será, sem dúvida, um grande evento. Estamos preparando uma competição especial com todos os cuidados e protocolos diante da pandemia do novo coronavírus (covid-19)”, diz Mario Martinez, comodoro da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano (ABVO).

“Todos os campeões da Santos-Rio presentes nessa edição serão homenageados na largada, teremos a presença de uma fragata da Marinha do Brasil, um desfile de barcos a partir das 10h30 na Ponta da Praia em Santos e uma salva de canhão para cada barco vencedor da história da Santos-Rio”, encerra Martinez.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Thiago Monteiro é finalista do Toneio Challenger de Forlí, na Itália

Publicado


.

Após mais de duas horas de embate, o brasileiro Thiago Monteiro assegurou nesta sexta sexta-feira (25) uma vaga na final de simples do Torneio Challenger de Forlí, na Itália. O cearense, 89º colocado no ranking mundial da AT`, levou duas horas e seis minutos para derrotar o anfitrião Andrea Pellegrino (343º ), por 2 sets a 1, com parciais de 6-4, 4-6, 6-1.

Monteiro, de 26 anos, volta à quadra neste sábado (26) contra outro italiano, Lorenzo Musetti (180º no ranking mundial). A partida tem previsão de início para às 8h (horário de Brasília). Se vencer, será o quinto título de Challenger do atleta cearense e pode subir para a 75ª posição no ranking mundial. 

No entanto, a comemoração em caso de vitória deve ficar pra depois. Já no dia seguinte, domingo (27), Thiago Monteiro estreia no Grand Slam de Roland Garros, em Paris (França), contra o georgiano Nikoloz Basilashvili, que ocupa a 33ª posição no ranking mundial.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana