conecte-se conosco


Esportes

Grêmio acerta contratação de Robinho até o fim da temporada

Publicado


.
O Grêmio anunciou nesta terça-feira (11) a contratação do meia Robinho. O jogador de 32 anos acertou com o Tricolor até o fim da temporada e vai utilizar a camisa 18. O clube ainda espera o resultado dos exames médicos do atleta para a assinatura do contrato.

Robinho tinha vínculo com o Cruzeiro até o fim de 2021, mas conseguiu a rescisão de contrato após entrar na Justiça do Trabalho e ficou livre para negociar com qualquer clube. No início de junho de 2020, a Raposa divulgou nota oficial informando que o atleta não fazia mais parte dos planos. Robinho acionou a Justiça e, ontem (10), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou a rescisão de contrato com o time mineiro no Boletim Informativo Diário (BID).

Robinho foi contratado em 2016 pelo Cruzeiro, por empréstimo junto ao Palmeiras. No ano seguinte, renovou a permanência na Raposa até 2019. Ano passado, o meia acertou um contrato definitivo com o clube até o fim de 2021.

O meio-campista começou a carreira no Mogi Mirim, passou por Santos, Avaí, Coritiba e se destacou pelo Palmeiras. No Verdão foi um dos principais jogadores na conquista da Copa do Brasil de 2015. Pelo Cruzeiro, Robinho também foi fundamental nos títulos da Copa do Brasil de 2017 e 2018, além de ter vencido o Campeonato Mineiro em 2018 e 2019.

Robinho também fez parte do elenco do Cruzeiro que caiu para a série B em 2019.  Ele atuou até a penúltima rodada do Brasileirão, quando lesionou o joelho esquerdo ao se chocar com o goleiro Paulo Victor em uma partida justamente contra o Grêmio. O meia teve que passar por uma cirurgia e só entrou em campo novamente em uma partida, disputada em março de 2020. Recuperado da lesão, Robinho entrou no intervalo da derrota por 2 a 0 para o CRB, no Mineirão, no confronto de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Além de Robinho, o Grêmio conta com Thiago Neves e Orejuela em seu elenco, outros dois jogadores que disputaram a série A com o Cruzeiro em 2019. Outro ex jogador da Raposa é Lucas Silva, que também atuou pelo clube no ano passado, mas deixou a equipe em junho, ainda no início do Campeonato Brasileiro.

 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Jogos de Tóquio: Comitê divulga cronograma de revezamento da tocha

Publicado


O Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio anunciou, nesta segunda-feira (28), o percurso do revezamento da tocha. Segundo as autoridades japonesas, o início será no dia 25 de março em Fukushima, local arrasado por um terremoto em 2011.

Na sequência, a chama olímpica passará por outras 46 províncias do país asiático até a chegada à capital, onde acenderá a pira no Estádio Olímpico em 23 de julho. O lema escolhido para o revezamento, pelo Comitê Organizador, é “esperança ilumina nosso caminho”.

“No rastro da pandemia da covid-19, o fogo simbolizará a luz no fim do túnel escuro; uma luz de esperança para o mundo na preparação para os Jogos de Tóquio, que já serão um símbolo da resiliência, da unidade e da solidariedade da humanidade”, diz a entidade.

Os organizadores também afirmaram que, dependendo do andamento da pandemia, pequenas mudanças podem ocorrer no cronograma divulgado. Além disso, garantiram que a intenção é fazer um revezamento mais curto e mais barato do que o previsto originalmente.

Já o revezamento da Tocha Paralímpica acontecerá entre 12 e 24 de agosto. Os Jogos Olímpicos de Tóquio acontecem de 23 de julho a 8 de agosto de 2021, e as Paralimpíadas estão marcadas para o período de 24 de agosto a 8 de setembro de 2021.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Jogos de Tóquio: cavaleiro Nilson Moreira obtém um índice para CCE

Publicado


O cavaleiro Nilson Moreira da Silva registrou um dos índices necessários para garantir a participação na prova do Concurso Completo Equitação (CCE) dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A marca foi obtida, no último final de semana, em uma prova CCIs4* small (curto), realizado na cidade de Aiken (EUA).

Montando o cavalo Magnum´s Martini, o brasileiro registrou 40,30 pontos perdidos no adestramento, zerou o salto e um desconto de apenas 2,5 pontos no cross country por ultrapassar o tempo concedido, fechando a competição com 43,70 pontos perdidos em 14º lugar.

Agora, o cavaleiro Nilson e o cavalo Magnum computam dois índices técnicos em CCIs4* curtos. Para confirmar a presença em Tóquio, a dupla necessita ainda de índice em um CCI4* longo ou CCI5* longo.

A próxima oportunidade para alcançar este feito será no CCI4* longo, entre os dias 11 e 15 de novembro nos Jogos Equestres Mundiais, em Tryon (EUA).

“Esse ano ficou um pouco difícil por causa da pandemia. A covid-19 cancelou muitas provas. Tinha duas bem importantes nos primeiros meses de 2020. A minha ideia era ter conseguido os índices para a Olimpíada e para outras competições importantes naquela época. Mas agora é buscar as marcas em novembro nos Jogos Equestres Mundiais. Quero participar com meus três animais e tentar classificá-los, para depois ver qual está em um melhor momento”, disse o cavaleiro.

Os requisitos necessários são a obtenção mínima de 55% no adestramento, zerar ou atingir no máximo 11 pontos perdidos nos obstáculos, com não mais do que 75 segundos de excesso tempo (100 segundos em CCI5*L) e, no salto, não mais que 16 pontos perdidos. O prazo para a obtenção dos índices vai até 21 junho de 2021. O Brasil já está classificado para a prova olímpica do CCE. A equipe terá três titulares e um reserva.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana