conecte-se conosco


Turismo

Gramado, na Serra Gaúcha, vai além do romantismo e atrai famílias

Publicado

Gramado atrai turistas com suas ruas aconchegantes e suas várias opções de passeios
Divulgação/Prefeitura de Gramado

Gramado atrai turistas com suas ruas aconchegantes e suas várias opções de passeios

Visita a um pedaço da Europa no Brasil. É assim que muita gente se sente quando vai a Gramado, na Serra Gaúcha. Marcada pelas colonizações alemã, italiana e portuguesa, a cidade é conhecida por seu aspecto aconchegante, além do famoso Natal Luz , dos  vinhos, chocolates e romantismo – que tem aberto cada vez mais espaço para atrações envolvendo toda a família.

Com apenas 67 anos e pouco mais de 35 mil habitantes, a pequena cidade já se tornou um dos destinos turísticos mais famosos do Brasil. As ruas floridas, a arquitetura europeia e as experiências gastronômicas atraem cerca de 6,5 milhões de turistas por ano. Os períodos de maior movimento são no inverno e na época natalina, mas em Gramado não se fala em baixa temporada: ou é alta, ou é média, já que o município atrai viajantes do Brasil e do mundo o ano todo. Não à toa, a economia local é fortemente financiada pelo turismo.

Centro histórico de Gramado

Avenida Borges de Medeiros é uma das principais de Gramado (RS)
Dimítria Coutinho/Portal iG

Avenida Borges de Medeiros é uma das principais de Gramado (RS)

Um dos mais tradicionais passeios para se fazer em Gramado é andar pelo centro histórico, onde estão muitos dos pontos turísticos da cidade. Dar uma volta pela Avenida Borges de Medeiros é um conselho que qualquer morador local dá quando é perguntado sobre onde encontrar as maravilhas de Gramado.

A avenida, que é uma das principais da cidade, tem construções com influência europeia, muitos comércios e restaurantes. Vários pontos turísticos são cortados por ela, que é bastante amigável para pedestres: além da beleza e do clima gostoso para uma lenta caminhada, basta pisar no asfalto que os carros param para os pedestres atravessarem.

Avenida Borges de Medeiros corta vários pontos turísticos de Gramado (RS) e tem seu charme próprio
Dimítria Coutinho/Portal iG

Avenida Borges de Medeiros corta vários pontos turísticos de Gramado (RS) e tem seu charme próprio

É justamente na Borges de Medeiros que fica a Igreja São Pedro, a principal de Gramado e cuja história é anterior à própria emancipação da cidade. Em 1917, a igreja foi construída em madeira e, 26 anos mais tarde, ganhou o visual de pedras basálticas que mantém até hoje. Vale a visita.

Igreja São Pedro, em Gramado (RS)
Dimítria Coutinho/Portal iG

Igreja São Pedro, em Gramado (RS)


Interior da Igreja São Pedro, em Gramado (RS)
Dimítria Coutinho/Portal iG

Interior da Igreja São Pedro, em Gramado (RS)


Em uma das laterais da igreja, fica a Fonte do Amor Eterno. Por lá, casais apaixonados costumam prender cadeados personalizados. As chaves são jogadas dentro da fonte enquanto um pedido é feito. Reza a lenda que os casais que completam o ritual têm o amor eternizado. Não custa tentar.

Fonte do Amor Eterno, em Gramado (RS)
Dimítria Coutinho/Portal iG

Fonte do Amor Eterno, em Gramado (RS)

Ainda nesta região, a poucos passos da igreja, fica a Rua Coberta. Cheia de restaurantes para os mais diversos gostos, a rua, como o próprio nome diz, é coberta por um teto curvo e transparente, sobre o qual há bastante vegetação. A depender da época do ano, porém, a rua não fica tão bonita, já que as plantas secam – é o caso do inverno. O mesmo acontece na Avenida das Hortênsias, que tem um visual lindo no verão, mas fica bastante apagada nos meses de frio.

Rua Coberta, em Gramado (RS), com a vegetação seca
Dimítria Coutinho/Portal iG

Rua Coberta, em Gramado (RS), com a vegetação seca

Seguindo pela Borges de Medeiros, em menos de 600 metros é possível chegar à Rua Torta. O ponto turístico é bastante visitado por seu visual instagramável. Turistas enchem o espaço tirando fotos na rua que lembra a famosa Lombard Street, em San Francisco, na Califórnia. Nos meses mais quentes, a Rua Torta também fica bastante florida, assim como a parceira gringa.

Rua Torta, em Gramado (RS), reúne turistas para fotos instagramáveis
Dimítria Coutinho/Portal iG

Rua Torta, em Gramado (RS), reúne turistas para fotos instagramáveis

Em frente à Rua Torta, fica a Praça das Etnias, onde é possível conhecer um pouco mais do trabalho dos produtores locais. Lá, ficam o Memorial Casa Italiana e um galpão onde artesãos da associação local vendem objetos que servem como ótimas lembrancinhas de Gramado.

Também na praça, fica a Casa do Colono, que vende doces, embutidos e outras comidas produzidas localmente. Ao lado, a Associação dos Fornos de Gramado vende pães, cucas, biscoitos e outros assados deliciosos. Tudo sai quentinho do forno à lenha e, diferentemente do restante da parte turística da cidade, os preços são baixos.

Casa do Colono, em Gramado (RS)
Dimítria Coutinho/Portal iG

Casa do Colono, em Gramado (RS)

O interessante de andar pelo centro de Gramado é não ter muito roteiro a seguir e aproveitar o passeio. A vista é sempre bonita, seja pelas construções ou pelas vegetações. Esses pontos citados acima, todos gratuitos, podem ser conhecidos em um período do dia, mas também dá para andar o dia todo e explorar mais a região – aproveitando, é claro, para provar chocolates, churrasco ou fondue, carros-chefe da culinária local. O que não faltam são opções de restaurantes que oferecem as mais diversas experiências gastronômicas – para quem quer gastar menos, vale a pena procurar opções em ruas um pouco mais afastadas das centrais.

Dos casais às famílias

Clima europeu, fonte do amor, fondue, vinho, passeios históricos. Tudo isso dá a impressão de que a cidade é voltada para o romantismo. E, de fato, essa foi a realidade por muitos anos. Nos últimos tempos, porém, o destino tem sido bastante frequentado por famílias.

Pensando nisso, os empresários locais estão criando cada vez mais experiências voltadas para crianças. Em Gramado, a regra dos comércios é se esforçar para se tornar, por si só, um ponto turístico. E muitos deles têm conseguido.

Na cidade e próximo a ela  há muitos parques e restaurantes temáticos pensando nos pequenos – e nas famílias como um todo. No Parque Snowland, dá para levar a criançada para ver neve; no Mini Mundo, adultos e crianças se divertem com um mundo em miniaturas realistas; e no Mundo de Chocolate, é possível ver construções, como a Torre Eiffel, feitas do doce. Em Canela, cidade vizinha, dá para ir ao Vale dos Dinossauros, ao Parque Terra Mágica Florybal e ao Alpen Park. Tudo isso sem contar a famosa Aldeia do Papai Noel, em Gramado, e as atrações especiais que acontecem durante o Natal Luz.

O investimento em parques temáticos tem crescido bastante na cidade, dividindo opiniões entre locais: há quem ache que isso é bom para a economia local, enquanto outros não são favoráveis ao ‘boom’ de crescimento que o município tem tido nos últimos anos.

Em outubro, por exemplo, Gramado terá a inauguração da Vila da Mônica. Além dos parques, a cidade também tem recebido muitos restaurantes temáticos voltados para as crianças. É o caso da pizzaria Hector, inspirada em Harry Potter e inaugurada em 2019, que já se tornou um ponto turístico. Já neste ano, chegou a Gramado o restaurante Alice e o Chapeleiro , que tem shows, comidas e ambientes relacionados à história de Alice no País das Maravilhas.

Tudo isso tem feito com que Gramado se torne cada vez mais um local para recepcionar os mais diversos públicos, seja com seu clima aconchegante e romântico ou com sua vasta gama de opções para curtir em família.

O interessante da cidade é que é possível adequar a viagem e os passeios ao perfil do viajante e ao tempo e dinheiro disponíveis. Se o roteiro escolhido for um final de semana em Gramado, com certeza o turista vai ter ótimos momentos e experiências gastronômicas, além de conhecer os principais pontos turísticos. Por outro lado, para quem quer passar uma semana ou mais por lá, não faltarão passeios e lugares para serem visitados.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Turismo

Passagens rodoviárias estão 77% mais baratas do que as aéreas

Publicado

A maior parte das pessoas que buscam por passagens para o festival vem de São Paulo, Belo Horizonte e Campinas
Lê Minh/Pexels

A maior parte das pessoas que buscam por passagens para o festival vem de São Paulo, Belo Horizonte e Campinas

Um levantamento realizado pela ClickBus aponta que as passagens rodoviárias de ida e volta para o período do Rock In Ri o – realizado em setembro de 2022 – podem custar até 77% mais barato em comparação às passagens aéreas. Os dados mostram que os trechos entre Rio de Janeiro e São Paulo são os que possuem maior diferença de valor. 

A empresa realizou alguns comparativos de valor. Do dia 2 ao dia 4 de setembro, por exemplo, as passagens rodoviárias de São Paulo para o Rio teriam custo médio de pouco mais de R$ 318, já a aérea pode chegar a mais de R$ 1300. No mesmo período, saindo de Campinas, a passagem de ônibus custaria uma média de pouco mais de R$ 311, e a aérea, R$ 1278.

Ainda de acordo com o levantamento, a busca por passagens para o Rio de Janeiro em setembro deste ano aumentou quase sete vezes com relação a agosto de 2022. Comparando com 2019, última edição do festival Rock In Rio, o aumento equivale a 93%. A plataforma separou as principais origens das pessoas que estão indo de ônibus para a cidade nas datas dos shows: 

  1. São Paulo
  2. Belo Horizonte
  3. Campinas
  4. Curitiba
  5. Brasília
  6. Santos
  7. Ribeirão Preto
  8. Guarulhos
  9. Juiz De Fora
  10. Santo André
  11. Osasco
  12. Búzios

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Turismo

Homem tenta abrir porta do avião durante voo e apavora passageiros

Publicado

Homem que tentou abrir porta de avião que saía do Chipre para o Reino Unido estava aparentemente bêbado.
Pexels

Homem que tentou abrir porta de avião que saía do Chipre para o Reino Unido estava aparentemente bêbado.

Um  passageiro aparentemente bêbado tentou abrir a porta de um avião durante um voo que saía do Chipre com direção ao  Reino Unido. O episódio ocorreu em uma viagem da companhia britânica Tui Airways na última terça-feira (16).

“Ele [o passageiro] estava tentando abrir as portas de saída de emergência para tentar sair do avião”, disse Melissa Brown, 32, ao Kennedy News, segundo o New York Post.

“Todo mundo começou a gritar: ‘Socorro, vamos morrer!’ Era como se ele quisesse matar todos nós. Foi absolutamente aterrorizante”, contou a mulher que estava de férias em Pafos, no Chipre, com seu parceiro e dois filhos, e voltava para casa em Manchester, na Inglaterra.

Ela relatou na entrevista que o homem andava constantemente para cima e para baixo nos corredores do avião e que de vez em quando se trancava no banheiro.

“Ele estava sendo perturbador e deixando as pessoas bastante agitadas e assustadas. Minha filha estava ficando muito agitada e angustiada porque podíamos dizer que ele estava embriagado, definitivamente porque ele estava se chacoalhando e fazendo coisas do tipo”, disse.

A mãe relatou ainda que uma comissária se aproximou dela e disse que eles estavam “tendo dificuldades” com o homem e que ele estava fazendo ameaças a eles.

“De repente, ele pulou no meio do avião, perto da saída de emergência, e começou a fazer sinais com as mãos, orando muito alto em um idioma diferente”, disse Melissa. Segundo ela, na tradução o homem dizia algo como: “Todo mundo precisa começar a orar. Vejo todos vocês no céu”.

Ela conta que diante da situação os passageiros começaram a gritar, agarrando seus filhos e correndo para a parte de trás da aeronave. Enquanto isso, um grupo de homens tentou dominar o perturbador. Dois policiais de folga que estavam presentes no voo conseguiram prender o homem em um assento até que o piloto pudesse ativar o pouso de emergência.

“O piloto fez uma descida muito rápida para um aeroporto na Croácia . Estávamos literalmente caindo do céu”, afirmou a mulher. “Foi realmente traumático”, lembra.

Segundo o New York Post, a companhia aérea declarou: “A saúde e a segurança de nossos clientes e tripulantes são sempre nossa maior prioridade e, devido a um passageiro perturbador, o voo foi forçado a desviar para Zagreb, na Croácia. O passageiro foi desembarcado, recebido pela Polícia e não viajará com Tui quando o voo partir. Adotamos uma abordagem de tolerância zero ao comportamento perturbador em nossos voos”.

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram  e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana