conecte-se conosco


Economia

Governo quer zerar tributação da folha para todos os CLTs e criar novo imposto

Publicado


source

Brasil Econômico

Ricardo Barros
Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Segundo o deputado federal Ricardo Barros, essa é uma das bases da proposta de reforma tributária que o governo discute com o Congresso

O governo quer  zerar tributação da folha para todos os CLTs. É o que afirma o líder do governo na Câmara, o deputado federal Ricardo Barros (Progressistas). Nessa proposta, todos os setores da economia teriam a contribuição sobre o salário reduzida, e não apenas os 17 que mais empregam – regra atual.

Barros falou sobre a reforma tributária nesta quinta-feira (24) em entrevista à Rádio Bandeirantes. Segundo o deputado, a desoneração da folha de pagamentos para todos os setores é uma das bases da proposta de reforma tributária que o Planalto discute com o Congresso.

O deputado federal afirmou que texto ainda está em construção e será discutido com lideranças no Congresso. Os debates fazem parte de um pacote de propostas econômicas maior, que também pode abarcar também o  novo Bolsa Família, que deve se chamar “Renda Cidadã”.

Isenção no Imposto de Renda

O deputado federal líder do governo também disse que parte da proposta é sobre isenção no  Imposto de Renda. A ideia é que quem tem carteira assinada e ganha até R$ 3 mil por mês ficaria isento do IR. Para o governo, isso será um estímulo à geração de empregos, afirmou Ricardo Barros.

“Nós queremos que os 38 milhões de brasileiros, que se apresentaram para receber o auxílio emergencial e não tem carteira assinada, possam chegar ao emprego formal. Desonerar o salário mínimo de todos que têm carteira assinada é um objetivo. Queremos também aumentar o limite de isenção de R$ 1,9 mil para R$ 3 mil de quem paga imposto de renda. Então quem ganhar até R$ 3 mil não vai pagar imposto de renda “, explicou Barros na entrevista.

Nova CPMF?

O governo não quer que o veto à prorrogação da atual desoneração da folha para os 17 setores seja derrubado. Mas a conta dessa ampla desoneração, como o Planalto está chamando, chegaria a R$ 100 bilhões por ano. Barros disse que um novo imposto pode resolver o problema, proposta que o  Ministério da Economia de Paulo Guedes defende há muito tempo.

A ideia é entendida como uma  nova CPMF, rejeitada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

“Para que nós possamos abrir mão de R$ 100 bilhões que são arrecadados hoje sobre os brasileiros que estão na folha de pagamento por carteira assinada nós precisamos arrecadar de outro lugar. A proposta que o governo está falando é esse imposto de transações financeiras, transações digitais, é tributar o universo de transações que não está pagando impostos no país”, disse Barros.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

VOEPASS estreia seu hangar em Manaus

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Guilherme Dotto

VOEPASS estreia seu hangar em Manaus

No começo do mês de outubro, a VOEPASS inaugurou seu novo hangar no aeroporto Eduardo Gomes em Manaus.

Localizado ao lado do hangar da Rico Táxi Aéreo, o hangar adquirido pertencia à Mill Táxi Aéreo.

Com o novo hangar, as operações que eram feitas na Manaus Aerotáxi passam a ser realizadas no novo local.

Foto: Márcio Souto @amazon_chopper

A VOEPASS possui 3 aeronaves ATR voando em seu HUB na região Norte do país. 2 ATR 42-500 PR-PDP e PR-PDS, e também o ATR 72-500 de matrícula PR-MPW.

Recentemente, o Contato Radar divulgou um Flight Report de como é voar no PR-PDS na Amazônia. ( Clique aqui e confira )

O post VOEPASS estreia seu hangar em Manaus apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Economia

Lufthansa Cargo anuncia planos para 35 voos semanais entre Europa e Ásia

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Guilherme Dotto

Lufthansa Cargo anuncia planos para 35 voos semanais entre Europa e Ásia

A Lufthansa Cargo divulgou um cronograma de inverno para suas operações entre Europa e Ásia. A divisão cargueira da companhia alemã anunciou planos de realizar 35 voos regulares de carga a partir de 25 de outubro de 2020.

Em pronunciamento realizado quarta-feira (21), a companhia aérea anunciou a expansão e continuação de seus serviços ao redor do mundo.

Da mesma forma que em seus voos comerciais, a divisão cargueira aposta nas conexões entre Europa e Ásia, partindo de seu principal HUB, Frankfurt Am Main (FRA).

A Lufthansa confirmou que seus voos terãoconcentração na metrópole chinesa de Xangai (PVG), na capital sul-coreana Seul (ICN), na capital do Japão, Tóquio (NRT) e no Aeroporto Internacional de Hong Kong (HKG).

Conforme confirmado à imprensa, haverão voos para Pequim (PEK), Chengdu (CTU), Mumbai (BOM), Hyderabad (HYD), Chennai (MAA) e Bangalore (BLR).

Igualmente, a empresa voará para Osaka (KIX), Bangkok (BKK), Ho Chi Minh City (SGN) e Tashkent (TAS), no Uzbequistão.

Para mais notícias sobre aviação acesse o Contato Radar ( CLIQUE AQUI ).

O post Lufthansa Cargo anuncia planos para 35 voos semanais entre Europa e Ásia apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana