conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo entrega 23 km da MT-020 na região de Água Fria com acesso a Manso

Publicado

Os setores do turismo e da piscicultura devem ganhar ainda mais impulso com a conclusão dos últimos 23 quilômetros da rodovia MT-020, no município de Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá), região do Distrito de Água Fria com acesso ao Lago do Manso. A obra foi entregue oficialmente na manhã desta segunda-feira (09.12) à população local pelo governador Mauro Mendes e os secretários de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, de Desenvolvimento Econômico, Cesar Miranda e o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.

A cerimônia simbólica aconteceu no km 21 da rodovia, no Trevo de Água Fria, no acesso à comunidade de João Carro, e reuniu autoridades locais, deputados estaduais e equipes técnicas da Sinfra e Sedec.

A MT-020, que agora passa a se chamar Mamede Abdala Roder, compreende um trecho total de 50 quilômetros. Nessa fase, foram finalizados 23 quilômetros, o restante já havia sido concluído em 2016. A obra atual está orçada R$ 16,70 milhões e os recursos são provenientes do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Turismo (Prodestur).

A retomada dos trabalhos pela Sinfra ocorreu no início de 2019, após mais de dois anos de espera desde a finalização do primeiro lote. O contrato integra o pacote de 114 ordens de serviços autorizadas pelo governador Mauro Mendes, em março deste ano. “A chegada do asfalto até a Água Fria é muito importante para população que vive aqui nessa localidade. Porém, ele cria também duas perspectivas econômicas significativas para Mato Grosso. A primeira delas é o desenvolvimento do turismo, por ser uma região muito bonita que está em Chapada dos Guimarães e no entorno do Lago do Manso. A segunda é o crescimento da piscicultura, com a regularização da produção da tilápia, que deve acontecer nos próximos meses. Essa é uma nova fonte de riqueza que vai atender a dezenas de pequenos até grandes empreendedores desse ramo, além da agricultura familiar”, pontuou o governador.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Cesar Miranda, explicou que justamente pelo potencial turístico de todo os arredores de Chapada dos Guimarães a pavimentação da MT-020 pôde contar com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), via Prodestur, que é um programa de estímulo ao turismo. “A Sedec, por meio da sua adjunta de Turismo, faz sua programação e apresenta os projetos ao banco. Com a formalização de um termo de cooperação as obras são executadas pela Sinfra, que é a secretaria com expertise e a capacidade de entregar uma obra com a qualidade da MT-020. Aliás, essa é uma obra que além de estimular o potencial turístico tem um cunho social muito grande por que é através dela é que a população consegue chegar ao Lago do Manso, onde estão muitas comunidades”, avaliou ele.

Segundo o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, a pavimentação da rodovia é um divisor para a região do distrito de Água Fria, que sempre em épocas de chuva enfrentava problemas de interrupção da estrada por falta de trafegabilidade. Agora, com a pavimentação concluída isso não ocorrerá mais. “Estamos notando que esse asfalto vai trazer um progresso muito grande para a localidade, tanto na área da piscicultura, quanto do turismo. Acredito que o desenvolvimento do setor turístico dará uma alavancada em toda essa região, uma vez que temos o Lago de Manso, e é uma maravilha”, pontuou o titular da Sinfra.

O deputado estadual Carlos Avalone, falando em nome dos parlamentares presentes na cerimônia, elogiou a qualidade da obra, a empresa executora (Destesa) e a equipe da Sinfra. “Com o desenvolvimento, essa região vai ‘explodir’ e essa obra é fundamental para isso”, acrescentou o parlamentar.

Paulo Roder, neto de Mamede Abdala Roder, homenageado com o nome da rodovia por ser um dos pioneiros apostarem na região de Chapada-Água Fria, disse que é uma honra para toda família ver a estrada levar o nome do avô. “Hoje governador me honra muito ter o prazer de estar aqui descerrando a placa com o nome desse senhor que saiu do outro lado do continente (atual Síria) e veio ousar, usando a sabedoria árabe, tentando trazer o desenvolvimento e cultura árabe aos mato-grossenses”, agradeceu Paulo Roder.  

Demanda antiga

O asfaltamento da via até o distrito de Água Fria, na região do Lago do Manso, é uma demanda antiga de moradores da localidade e tende a fomentar atividades como piscicultura, turismo, mercado imobiliário, além de fornecer melhor qualidade de vida as mais de 20 mil pessoas que vivem no entorno de Chapada dos Guimarães.

A prefeita do município, Thelma de Oliveira, esteve presente na entrega da rodovia e disse que o seu asfaltamento é a concretização de um sonho antigo da população. “Hoje com o governador Mauro Mendes aqui fazendo a entrega dessa rodovia se realiza um sonho de toda a comunidade. Nessa localidade temos produtores frutas, criadores de gado, agora temos a piscicultura. Então é toda uma região que vai se beneficiar de maneira enorme com a pavimentação da MT-020. Antigamente a gente levava de uma hora a uma hora e meia, em época de chuva para chegar a até Chapada. Agora, a gente leva 20 minutos”, atestou a prefeitura.

Estiveram presente na inauguração ainda o deputado estadual, Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, o deputado Wilson Santos e o ex-governador de Mato Grosso, Júlio Campos. Também acompanharam a comitiva o secretário adjunto de Obras Rodoviárias, da Sinfra, Nilton de Britto, o adjunto de Concessões e Logística, Huggo Waterson, bem como técnicos e engenheiros da pasta. Além do secretário adjunto de Turismo, Jefferson Moreno, o secretário adjunto de Indústria, Comércio e Empreendedorismo, Celso Banazeski, e outros técnicos da área que integram a Sedec.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Quatro municípios de MT estão com risco muito alto de contaminação de Covid-19

Publicado


.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (30.07) o Boletim Informativo n° 151 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 17) que apenas quatro municípios do Estado configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus: Sorriso, Barra do Garças, Paranatinga e Arenápolis. 

Ainda de acordo com informações contidas no boletim, 23 municípios estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus são: Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Cáceres, Várzea Grande, Primavera do Leste, Jaciara, Sapezal, Mirassol D’ Oeste, Campo Novo do Parecis, Querência, Tangará da Serra, São Jose dos Quatro Marcos, Nova Mutum, Sinop, Vera, Alto Taquari, Brasnorte, Castanheira, Apiacás, Araguaiana, Planalto da Serra e Ponte Branca.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT  disponíveis neste link.

O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Para saber mais informações clique AQUI

Veja a tabela de classificação de risco por município

 

 

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Procon-MT alerta consumidor para medidas de proteção à Covid-19 em período de compras

Publicado


.

Compras online, promoções e facilidades de pagamento e de entrega podem animar o consumidor a comprar presentes neste Dia dos Pais, comemorado em 9 de agosto. Mas com o atual cenário de pandemia, a principal orientação do Procon-MT – vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) – é a manutenção das práticas de segurança para a não disseminação do vírus, garantindo que a data seja comemorada sem perigo. 

Estudos ligados à Organização Mundial de Saúde (OMS)  apontam que agosto pode ser o pico da pandemia de Covid-19 no Brasil, por isso reforçar os cuidados é essencial. “Em tempos como este, o melhor presente de Dia dos Pais é a prevenção e a segurança de toda família. Estamos em um período fora do comum e, para sairmos dessa situação, precisamos do empenho de todos. Por isso, ao pensar no presente do seu pai, o consumidor deve considerar todo este contexto”, alerta o secretário adjunto do Procon-MT, Edmundo Taques. 

Com a proximidade da data comemorativa, é comum o aumento de fluxo no comércio de rua e também centros comerciais e shoppings centers, por isso as medidas básicas de proteção não podem ser esquecidas: distanciamento social, uso de máscaras faciais, higienização constante das mãos e limpeza correta de utensílios. O Procon-MT também separou outras orientações úteis, confira:

Ao receber a mercadoria

– Evite contato corporal com o entregador, como aperto de mão;

– Ao realizar pagamento em dinheiro, se possível, separe o valor exato da compra para evitar o manuseio de outras cédulas;

– Quando o pagamento for por cartão, prefira que só você tenha contato com ele e logo depois o higienize.

– Higienize as embalagens antes de abri-las, se possível lavando com água e sabão, ou borrifando álcool 70% ou solução de água sanitária e água.

Atenção nas compras

-No caso de cestas de café da manhã, verifique previamente o número de itens, marcas e complementos. Com tudo definido, peça por escrito o que foi combinado (data e horário de entrega, tipo de flores/cesta, valores e condições de pagamento);

– Produtos nacionais e importados devem conter as informações sobre a mercadoria em língua portuguesa: instruções de uso, características, registro no órgão competente, prazo de validade, composição, volume/quantidade, condições de armazenamento e identificação sobre o fabricante/importador;

– Na escolha de eletroeletrônicos, o Procon-MT alerta que os produtos devem vir acompanhados do manual de instruções em língua portuguesa e relação da rede autorizada de assistência técnica. Como algumas marcas ainda não ofertam o serviço em Mato Grosso, é importante verificar a existência de assistência técnica no Estado antes da compra.

Compras pela internet

– Verifique se constam no site o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), endereço físico e canais de troca e atendimento.  Ao efetuar a compra, imprima ou salve em seu computador a página do site com os dados e, antes de enviar os dados pessoais de seu cartão de crédito, observe se a conexão é segura;

– Atenção para a cobrança de frete, existência de outras taxas e prazo de entrega;

– No caso de compras pela internet, catálogos, em domicílio ou telemarketing, é possível desistir da aquisição em até sete (07) dias após a assinatura do contrato ou recebimento da mercadoria. O cancelamento deve ser solicitado por escrito. 

Nota Fiscal

– Não se esqueça de exigir o documento fiscal. Ele é que comprova a relação de consumo e será necessário para reclamar, caso haja algum problema com o produto;

– O prazo para reclamações é de 30 dias para produtos não duráveis (que se extinguem rapidamente com seu uso, como alimentos, por exemplo) e 90 dias para os bens duráveis (que tem consumo prolongado, como aparelhos celulares, geladeira, televisão).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana