conecte-se conosco


Internacional

Governo do Equador restringe circulação de pessoas

Publicado

O presidente do Equador, Lenín Moreno, assinou decreto restringindo a livre circulação de pessoas em pontos estratégicos. Assinada também pelos ministros María Paula Romo, de Governo, e Oswaldo Jarrín, da Defesa, a medida vai vigorar por 30 dias, das 20h às 5h.

Maria Paula explicou que o decreto oficializa a transferência da sede do governo de Quito para Guayaquil e define a restrição de circulação nas áreas delimitadas pelas Forças Armadas.

Um dos objetivos da medida é fortalecer o controle em órgãos como a Controloria-Geral do Estado, a Assembleia Nacional, a Corte Nacional e o Conselho de Participação Cidadã.

“Isso é para evitar problemas como os provocados por vândalos na Controladoria. Estamos diferenciando atos de vandalismo e manifestações por diferenças políticas”, afirmou Maria Paula.

Oswaldo Jarrín, ministro de Defensa, disse que o decreto estabelece regulações especiais que protegem diversos órgão vitais para o país, como aeroportos, pontos de abastecimento de água e refinarias.

*Com informações da Agência pública de Notícias de Equador (Andes)

Edição: Graça Adjuto

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

Trump diz que irá ‘regular ou fechar’ mídias sociais

Publicado


source
Donald Trump
Shealah Craighead/Official White House

Twitter recomendou que usuários checassem postagens de Trump sobre as eleições presidenciais.

Depois de ter duas postagens no Twitter marcadas como ‘duvidosas’, o presidente dos Estados Unidos , Donald Trump, disse, nesta quarta-feira (27), que irá regular ou fechar as mídias sociais, que, segundo o mandatário, “silenciam totalmente as vozes conservadoras”.

Leia também: Morte de homem negro por policiais nos EUA gera protestos

Através de seu perfil no Twitter, Trump afirmou que não irá deixar as plataformas de mídias sociais silenciarem os conservadores, dizendo que, em 2016, tal tentativa já havia acontecido. Confira o tuíte do mandatário:


“Os republicanos sentem que as plataformas de mídia social silenciam totalmente as vozes conservadoras. Vamos regular fortemente, ou fechá-las, antes que possamos permitir que isso aconteça. Vimos o que eles tentaram fazer e falharam em 2016. Não podemos deixar uma versão mais sofisticada disso”, afirmou Trump.

Além disso, o presidente acusou o próprio Twitter de tentar influenciar as eleições presidenciais de 2020 e atacou a rede social. “O Twitter está sufocando completamente a liberdade de expressão, e eu, como presidente, não vou permitir que isso ocorra!”, afirmou Trump, que também chamou os veículos de imprensa de ” fake news “.

Posts ‘duvidosos’

Na última terça-feira (26), Trump teve duas postagens marcadas como duvidosas. Na marcação, o Twitter alertava para a presença de informações possivelmente falsas e recomendou que os usuários checassem o conteúdo da postagem.

Leia também: Itália: província de Trapani é a 1ª a decretar término da pandemia de Covid-19 

Nas publicações, Trump sugeriu que existem fraudes no envio das cédulas eleitorais aos cidadãos americanos e disse que “caixas de correio serão roubadas, as cédulas serão falsificadas e até impressas ilegalmente e assinadas de forma fraudulenta”. 

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Máscaras transparentes podem ser solução para surdos na pandemia; entenda

Publicado


source
mulher loura usa máscara em que o campo da boca é transparente
Reprodução

A francesa Kelly Morellon desenvolveu um modelo de máscara transparente


Diante da pandemia , grupos estão reivindicando que as máscaras faciais convencionais não são ideais para serem usadas em larga escala. No entanto, a solução, afirmam, seria a criação de máscaras em que a região da boca seja transparente.

Leia também: Covid-19: Brasil adota uso de máscaras como política de saúde pública

As máscaras são apetrechos de proteção de toda população na era do novo coronavírus . Mesmo que seja importante para evitar a propagação da Covid-19 , o equipamento de proteção pode prejudicar outro fator importante na sociedade: a comunicação entre as pessoas.

Em alguns países, iniciativas estão tentando fabricar as máscaras transparentes ou chamando atenção às controvérsias das máscaras que abafam a fala e escondem as palavras.

Pessoas que têm deficiência auditiva são algumas das mais prejudicadas, já que não conseguem fazer a leitura labial, que auxilia no entendimento de uma frase. A máscara de proteção convencional cobre a boca, o que impede que os movimentos das palavras sendo formadas sejam identificados e compreendidos.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 466 milhões de pessoas em todo mundo possuem algum tipo de deficiência auditiva. Logo, o uso das máscaras convencionais isolaria esse grupo.

Entre as organizações que estão tentando reivindicar o uso das máscaras transparentes está a francesa Main dans la Main, cuja fundadora, Kelly Morellon, criou um design de máscaras que cobrem o nariz, mas deixam o campo da boca visível.

Leia também: Álcool em gel, máscaras e distanciamento: regras para igrejas reabrirem no Rio

Para a BBC, Kelly afirmou que as máscaras transparentes podem ajudar também pessoas autistas , crianças pequenas que podem se assustar facilmente ou pessoas que possuem dificuldades de aprendizado. “De qualquer forma, uma máscara transparente permite que você veja os sorrisos um do outro, e nesse momento triste isso não poderia ser mais importante”, afirmou.

Uso hospitalar

Máscaras como as criadas pela Main dans la Main não são tão resistentes quanto as usadas em ambientes hospitalares. O modelo transparente não está sendo produzido em larga escala, mas uma empresa dos Estados Unidos conseguiu autorização para isso na pandemia .

Ao menos quinhentas das máscaras produzidas no país norte-americano estão sendo utilizadas pela equipe de um hospital localizado em Boston, o Brigham and Women’s. Elas estão sendo disponibilizadas quando o paciente em atendimento tiver alguma deficiência auditiva, tanto pelos médicos como por intérpretes de Libras.

No Reino Unido, uma média pediátrica surda, Fizz Izagaren, afirmou à BBC que as máscaras transparentes precisam ser “norma para todos os ambientes de saúde”. No momento, um design está sendo produzido por ela para que o NHS, sistema público de saúde do país, possa implementar.

Leia também: Costureiras da periferia de São Paulo terão renda com produção de máscaras

“À medida que as máscaras se tornam mais difundidas na comunidade, fica cada vez mais difícil. Estou preocupada que o público fique cada vez mais frustrado e haverá mais discriminação em relação à comunidade de surdos”, informou Fizz.

A pediatra afirmou ainda que outros profissionais que lidam com público, como professores e taxistas, podem se beneficiar da máscara transparente e, assim, facilitar a comunicação diante da pandemia — e depois dela.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana