conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo destina R$ 2,6 milhões para projetos turísticos de vários municípios de Mato Grosso

Publicado

O Governo de Mato Grosso irá destinar R$ 2,6 milhões para 37 municípios, contemplando todas as regiões turísticas do Estado, por meio de recursos do Fundo Estadual de Desenvolvimento do Turismo (Funtur), gerido pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento do Turismo (Cedtur). O aporte financeiro será investido em ações de infraestrutura, qualificação profissional, promoção, divulgação e realização de eventos geradores de fluxo turístico, entre outras ações.

A definição dos recursos foi feita após estudo apresentado ao Conselho do Turismo e aprovado em reunião, o que permitiu o repasse para aplicação nos municípios turísticos.

“A iniciativa surgiu por determinação do governador Mauro Mendes, para dar apoio aos municípios para retomarem as atividades o mais rápido possível, resultando na geração de emprego e renda para o setor, que foi tão prejudicado pela pandemia de covid-19”, esclarece o secretário Adjunto de Turismo, Jefferson Moreno.

Os valores para realização de projetos vão ser disponibilizados conforme a categoria ocupada pelo município junto ao Ministério do Turismo. Na categoria A, o valor máximo é de R$ 100 mil e para as categorias B,C,D e E, o máximo é de R$ 60 mil. Esse montante também será utilizado na produção de feiras gastronômicas voltadas ao turismo, festivais de pesca, coleta de dados e sinalização turística.

Ao todo poderão ser atendidos até 37 municípios, em 11 áreas e 16 objetos de apoio.

“Essa é uma grande iniciativa do Governo do Estado, a criação de um fundo de recursos do trade para fomentar o turismo regional, ampliar o ambiente de negócios e incentivar a geração de empregos nos municípios”, ressalta o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda.

Os municípios listados com interesse em requerer o aporte terão até o dia 15 de maio para inserir os dados nas plataformas Sigcon e Sigadoc. Após esse prazo, a Seadtur fará o levantamento de quantos municípios conseguiram se beneficiar do recurso, e qual o saldo remanescente para abrir para mais municípios.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mato Grosso

Governador firma convênio para asfaltar o 1º Distrito Industrial de Rondonópolis

Publicado

O governador Mauro Mendes assinou convênio com o prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio, para fazer o asfalto e drenagem de todo o 1º Distrito Industrial da cidade.

A assinatura ocorreu na manhã desta sexta-feira (01.07), e contou com a presença do deputado estadual Max Russi, do secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, e do secretário de Governo de Rondonópolis, Paulo José.

“Acabamos de acertar mais uma parceria para asfaltar, melhorar e fazer a drenagem do Distrito Industrial antigo, do 1º Distrito Industrial, que está com uma infraestrutura muito ruim. Serão investidos R$ 68 milhões: o Governo do Estado vai entrar com R$ 50 milhões, a Prefeitura com R$ 18 milhões”, relatou o governador.

Também ficou acertada a parceria para a construção de casas populares a famílias carentes, que não possuem condições sequer de pagar uma prestação.

“Vamos repassar recursos para comprar material de construção, e a Prefeitura vai entrar com terreno, com mão de obra. E outra parceria importante é a entrega de lâmpadas de LED para a Prefeitura, que também está comprando lâmpadas, e assim poderemos ter Rondonópolis 100% com LED”, afirmou Mauro Mendes.

O prefeito José do Pátio lembrou que o Governo de Mato Grosso já tem feito outras parcerias em prol de melhorar a infraestrutura de Rondonópolis, a exemplo do convênio de R$ 63 milhões para o asfalto novo no Distrito Vetorasso, obra que já está em andamento e que também possui recursos do de emendas do senador Carlos Fávaro.

“Recentemente o governador inaugurou a W-11, com a ponte, dando um novo acesso à cidade de Rondonópolis. Também fizemos a parceria do Distrito Vetorasso e agora vem a parceria do Distrito de Rondonópolis. São várias parcerias e Rondonópolis precisa disso. Essa atitude do governador contribui para esse momento delicado da cidade. Precisamos de infraestrutura e o governador está ajudando com investimentos”, ressaltou.

Pátio também registrou que Governo de Mato Grosso tem ajudado Rondonópolis na área social. Já foram entregues mais de 12 mil cestas básicas, 9.400 cobertores e 4.010 famílias estão sendo assistidas pelo cartão Ser Família Emergencial.

“Não posso deixar de falar das parcerias sociais. A Dona Virginia está sempre em Rondonópolis nos ajudando com a minha esposa, a Dona Neuma”, finalizou.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Governo de MT doa a povos indígenas balsa que faz travessia do Xingu

Publicado

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (01.07) o termo de doação da Balsa Estradeiro I e do Rebocador Estradeiro II para a Associação da Balsa dos Povos Indígenas do Xingu. 

Com isso, a partir de agora a responsabilidade pela manutenção dos barcos, que fazem a travessia do Rio Xingu na MT-322, será dos indígenas, que já são responsáveis por operar as embarcações.

Em ato na Aldeia Piaruçu, o cacique Megaron agradeceu o Governo do Estado pela doação. “Eu quero falar aqui que nós estamos felizes e contentes com a doação da balsa. Queremos agradecer ao governador Mauro Mendes, como outras pessoas que nos ajudaram também”.

Em fevereiro deste ano, o Governo do Estado entregou as balsas reformadas aos povos indígenas. No total, o Estado investiu R$ 1,2 milhão no conserto. Foram realizados serviços de reparo nas estruturas da balsa, nas rampas de acesso, recuperação do abrigo de passageiros, instalação de portões e revisão de toda a parte mecânica do rebocador, além da limpeza e pintura da balsa.

Os equipamentos haviam sido apreendidos pela Marinha do Brasil em abril de 2021, atendendo uma decisão judicial que apontava falta de segurança. A balsa é a única alternativa para atravessar o Rio Xingu em Mato Grosso.

Desta forma, seu funcionamento é essencial para o escoamento da produção agrícola da região, para o comércio e para a integração entre o norte mato-grossense e a região do Norte Araguaia. Além disso, o serviço tem grande relevância para os povos indígenas que vivem no Parque do Xingu, e que são responsáveis pela operação da balsa.

A Balsa Estradeiro I tem 39 metros de comprimento e capacidade para transportar 169 toneladas de carga, 48 passageiros e dois tripulantes.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana