conecte-se conosco


Sem categoria

Governo de MT distribuiu 99,5% das doses; veja quanto cada município aplicou

Publicado

O Governo de Mato Grosso recebeu até esta quarta-feira (07), do Ministério da Saúde, 561.210 mil doses das vacinas contra Covid-19 e já disponibilizou aos 141 municípios do Estado 558.742, ou seja, 99,5% do total recebido.

Após a distribuição de forma célere aos 14 Escritórios Regionais de Saúde, espalhados por todo o Estado, cabe a cada município fazer a retirada do imunizante, organizar o agendamento e a aplicação da vacina nos grupos prioritários.

Das 558.742 mil doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 290.882 (52%), sendo 218.514, como primeira dose; e 72.368, como segunda dose.

Os municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Aripuanã (88%), General Carneiro (83%), Alto Boa Vista (77%), Ribeirãozinho (77%), Juína (76%), Sorriso (73%), Jaciara (72%), Santo Afonso (72%), Luciara (70%) e Campos de Júlio (69%).

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo n° 395 ou no Painel de Distribuição de Vacinas Contra Covid-19.

Devido à população indígena, os municípios podem registrar as doses aplicadas nas aldeias localizadas em territórios vizinhos. Por essa razão, alguns municípios podem ultrapassar o limite de 100% de doses aplicadas.

Sobre a distribuição

Na força-tarefa de vacinação, cabe ao Governo do Estado fazer a logística de distribuição, que é definida pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT), composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição é feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e o Ministério da Defesa. Em alguns casos onde há necessidade, o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) disponibiliza sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

É importante ressaltar que o Governo Federal define o total de doses que cada estado recebe. Essa definição ocorre de acordo com a quantidade de pessoas que pertencem aos grupos prioritários e não pela quantidade absoluta da população. Ou seja, estados com o maior número de idosos e profissionais de saúde recebem mais vacinas nesse primeiro momento.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

`MDB não fechou chapa para 2022 e boatos são opiniões isoladas de Juarez Costa`, diz dirigente emedebista

Publicado

Historicamente, o MDB discute com a base seus caminhos

O MDB não tem, ainda, um rascunho do que poderá ser o panorama em 2022, disse uma fonte do partido avaliando as especulações publicadas neste fim de semana sobre a composição de chapas para o ano que vem.

A mesma fonte ligada ao MDB informou à nossa reportagem que não existe dentro do partido o entendimento de que o deputado Emanuelzinho Pinheiro (PTB) estaria sendo sondado para compor uma “chapa dos sonhos” à Câmara federal nas eleições do ano que vem.

_E um jovem, com suas qualidades, mas n'ao se debateu esse tema ainda, afirmou ele, lembrando que, historicamente, o MDB define suas iniciativas e postura compartilhamento os caminhos com suas bases`, disse.

“Trata-se da opinião pessoal do deputado Juarez Costa, manifestada recentemente numa entrevista, talvez por força da amizade entre ambos. O MDB de Mato Grosso sempre foi um time forte, e não vive de sonhos, vive a realidade!”, disse a fonte.

Procuramos ouvir o presidente do MDB, deputado Carlos Bezerra, mas a assessoria informou apenas que a formação de chapas, tanto para concorrer a deputado federal como estadual, em 2022, é um assunto que só será debatido pela executiva do partido no próximo ano.

 

Continue lendo

Sem categoria

Servidores da Saúde aderem a programa de cadastramento para vacinação

Publicado

Servidores efetivos lotados na Secretaria Municipal de Saúde (SMS) têm até o dia 15 de junho para realizarem o recadastramento dos dados no site https://www.recadastramentosmge.cuiaba.mt.gov.br. O prazo foi prorrogado pela terceira vez pela Secretaria de Gestão, que alerta que não haverá mais prorrogações. O prazo original era até 30 de abril. A atualização anual dos dados cadastrais é de caráter obrigatório.

Conforme o artigo 6º do Decreto nº 8.328, o servidor público efetivo em exercício que, sem justificativa, deixar de fazer o recadastramento no prazo estabelecido terá suspenso o pagamento de seus vencimentos, sem prejuízo de outras medidas eventualmente cabíveis.

A Secretaria de Gestão alerta ainda que o recadastramento pendente de correção também será considerado como não realizado, com respaldo do decreto citado acima.

Ao acessar o sistema, o funcionário deverá ter em mãos documentos pessoais, como comprovante de endereço, certificados de cursos e documentos dos dependentes.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana