conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo de MT asfalta 420 Km de rodovias em parcerias com prefeituras

Publicado

 

.

Um total de 420 quilômetros de rodovias em Mato Grosso serão asfaltadas pelo Governo do Estado em parceria com 12 prefeituras, como resultado de um novo modo de trabalhar do Poder Público que valoriza e prioriza as cooperações junto aos municípios para obras de infraestrutura.

Da extensão prevista, 139 quilômetros já estão com obras em andamento, nas cidades de Porto dos Gaúchos, Ipiranga do Norte, Itanhangá e Aripuanã. Outros 223 quilômetros terão as obras iniciadas ainda neste ano. Já 57,50 quilômetros deverão ser asfaltados em razão de proposta de parceria de cooperação ainda em análise. Os investimentos para a execução dessas  obras  são de aproximadamente R$ 348 milhões de recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab).

Firmadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) diretamente com as prefeituras, as cooperações garantem a execução de obras de qualidade, com menores custos e possibilitam a realização de melhorias de infraestrutura em mais de regiões de Mato Grosso.

“Na condição de vice-governador e com toda a equipe da Sinfra tivemos a oportunidade de, nestes um ano e 9 meses, atuar firmemente para ajudar na construção e recuperação das rodovias de Mato Grosso. Conseguimos, eu e o governador Mauro, retomar mais de 100 obras.  Nós estamos consertando o Estado de Mato Grosso. Contrariamos alguns interesses. Tomamos medidas difíceis. Mas é preciso entender que essas medidas precisam ser tomadas e estamos vendo agora os resultados, com as entregas e a volta da capacidade de investimento do Estado”, disse o vice-governador Otaviano Pivetta, importante articulador para que as parcerias fossem concretizadas.

Governo de Mato Grosso asfalta 420 Km de rodovias em parcerias com prefeituras

Até o momento já foram formalizadas 11 cooperações com as prefeituras de São Félix do Araguaia, Canabrava do Norte, Santo Afonso, Tangará da Serra, Porto dos Gaúchos, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Aripuanã, Sorriso, São José do Rio Claro e Nova Maringá para obras de pavimentação. Está previsto ainda a cooperação com a prefeitura de Paranaíta, cuja proposta está em análise.

Além dos municípios com as obras em andamento, as demais cidades com cooperações formalizadas já estão com processos em curso para dar início às pavimentações.  Pela cooperação a Sinfra é que realiza a licitação das obras, excluindo alguns serviços que serão executados diretamente pelas prefeituras, dentro do limite territorial de cada uma.

Já as prefeituras ficam responsáveis pela execução de serviços como terraplanagem, recomposição ambiental e sinalização das vias, por exemplo. Neste modelo de cooperação não há transferência de recursos aos municípios.

Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, esse novo método de executar obras, adotado nesta administração do Governo do Estado, tem sido vantajoso para o Estado, pois está sendo possível avançar com as obras a um custo mais justo.

Isso porque as licitações realizadas têm apresentado uma média de 25% de redução nos valores das obras, em razão de que os municípios são responsáveis pela licitação de alguns itens, que seriam de responsabilidade da Sinfra caso não houvesse a cooperação.

Obras na MT-129  em Porto dos Gaúchos

Obras em andamento

Dos 139 quilômetros que já estão com obras em andamento, são realizadas as obras em 64,13 quilômetros na rodovia MT-220, no trecho que vai do entroncamento da BR-163 até o entroncamento da MT-170, em Porto dos Gaúchos.  Em Itanhangá é realizado o asfaltamento dos 11,29 quilômetros da rodovia MT-242, do município até Ipiranga do Norte.

Já na cidade vizinha, Ipiranga do Norte, está em execução o asfalto em 22,14 quilômetros na rodovia MT-010, do trecho do entroncamento da MT-484 até o entroncamento da MT-242.  Com a conclusão das obras, os municípios de Porto de Gaúchos, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Lucas do Rio Verde e Sorriso estarão todos interligados por vias asfaltadas.

Em Aripuanã é realizado o asfaltamento de 41,69 quilômetros da MT-208, no trecho que vai da sede da cidade de Aripuanã até Passagem do Loreto, no entroncamento da MT-418. Essa obra é a primeira ligação asfáltica do município e vai facilitar o acesso às cidades de Colniza e Juruena e a região Noroeste do Estado.

Obras a iniciar

Já entre as obras que foram formalizadas e deverão iniciar ainda neste ano está a pavimentação de 34,4 quilômetros da MT-485, conhecida como Estrada do Morocó, localizada na divisa entre os municípios de Sorriso e Santa Rita do Trivelato. Também será realizado o asfaltamento de 81 quilômetros das rodovias MT-492 e MT-249 para interligar as cidades de Nova Maringá e São José do Rio Claro por vias pavimentadas.

Obras em Ipiranga do Norte já estão em estágio bem avançado

Será iniciada ainda a pavimentação de 69 quilômetros da MT-109, do trecho que vai do entroncamento da MT-322/BR-080 até o entroncamento da MT-412, em São Felix do Araguaia. Além dessas obras, serão asfaltados 37,61 quilômetros da MT-240, do trecho que vai do entroncamento da MT-240/MT-358, em Tangará da Serra, até o fim da pavimentação urbana do município de Santo Afonso.

Parcerias a formalizar

Além das obras já citadas, está previsto a execução da pavimentação 57,50 quilômetros da MT-206, em Paranaíta. A proposta de cooperação já está em análise pela Sinfra e deve ser formalizada nas próximas semanas.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Ciman atende 24.715 ocorrências no combate aos incêndios florestais em Mato Grosso

Publicado


O Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman) realizou 24.715 atendimentos no período entre os dias 1º de julho (data do início do período proibitivo de queimadas) e 27 de outubro. Dentre as ocorrências atendidas pelas diversas agências que compõe o CIman, se destacam 1.325 incêncios em propriedades rurais, 1.293 rondas ostensivas rurais e 337 orientações.

De acordo com dados do Centro, foram registrados 12.447 focos de calor no Pantanal, 19.271 na Amazônia e 13.292 no Cerrado. Os números mostram que 7,4% dos focos de calor foram registrados nas 108 Unidades de Conservação presentes no Estado, enquanto 73,9% dos focos incidiram em propriedades rurais.

O Ciman está presente nos sete Comandos Regionais do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso por meio das salas descentralizadas. O Centro Integrado permanece ativo e realizando o monitoramento e mapeamento das áreas comprometidas, para traças as melhores estratégias.

Para o coordenador-geral do Ciman, tenente-coronel BM Dércio Santos da Silva, “apesar do aumento da umidade relativa do ar, a diminuição das temperaturas e a consequente diminuição do focos de calor em todo território matogrossense, a ordem expressa do governador do estado é manter o geomonitoramento e condições operacionais de resposta. E que devido a estratégia de descentralização de gestão, aliadas a capacitação técnica, prontidão de equipes temporárias de resposta e integração, foram determinantes para o desenvolvimento do sistema de proteção e preservação do meio ambiente”. 

O período proibitivo no Estado de Mato Grosso em 2020 foi antecipado pelo Governo do Estado, devido a fatores climáticos. O Ciman-MT, instituído em 21 de julho pôde integrar as diversas agências afins no enfrentamento aos incêndios florestais, sob a coordenação do Corpo de Bombeiros.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Vítima de golpe procura PM e entrega R$ 1 mil em notas falsas

Publicado


Policiais militares do 14º BPM de Primavera do Leste (a 231 km de Cuiabá) apreenderam nesta quarta-feira (28.10), dez notas de R$ 100 falsificadas.

A vítima, um homem, disse aos agentes que vendeu um aparelho celular no valor de R$ 1.650,00. O comprador teria efetuado o pagamento de R$ 350 em forma de débito e R$ 1,3 mil em dinheiro. Desse dinheiro, ele teria usado R$ 1 mil no pagamento junto a uma conhecida.

Quando essa pessoa realizou o depósito do dinheiro em uma agência bancária foi informada que as notas seriam falsas. Devido a situação, a primeira vítima procurou os policiais para fazer a entrega do dinheiro falso e registrar a ocorrência.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana