conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo conclui pagamento da folha de junho nesta sexta-feira

Publicado

O Governo do Estado conclui nesta sexta-feira (19.07), o pagamento dos servidores estaduais ativos, inativos e aposentados, relativas ao mês de junho, para quem ganha acima de R$ 7,5 mil. O restante da folha de pagamento a ser depositado soma R$ 61.863 milhões.

Nesta quinta-feira (18.07), as ordens de pagamentos foram encaminhadas ao Banco do Brasil. Todos os servidores vão receber seus salários nesta sexta-feira. Tanto os que têm conta no Banco do Brasil, quanto aqueles que fizeram portabilidade para outras instituições financeiras.

No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5.500,00, quitando 79,05% da folha. A segunda parcela do salário foi paga no sábado, dia 13, quando foram depositados até R$ 2 mil na conta dos servidores, fechando 86,91% da folha, num total R$ 37,158 milhões. 

A folha total de pagamento do mês de junho soma R$ 472.731.466,04.

Fonte: GOV MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Decreto cria novos Brasões e Estandarte do Corpo de Bombeiros Militar

Publicado

Nesta quinta-feira (13/02), foi publicado no Diário Oficial o Decreto que cria o Brasão Histórico, o Brasão d’Armas e o Estandarte do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT). De acordo com o Decreto “Brasões e o Estandarte são aqueles que “mais enfaticamente representam a identidade visual de uma Corporação Militar, pela sua própria natureza e conteúdo cívico histórico, preservando as tradições institucionais”.

O Brasão d’Armas anteriormente usado pela corporação foi estabelecido pro decreto em abril de 1997, quase três anos após sua emancipação em 1994, por meio de uma Lei Complementar. Ele será utilizado nos uniformes militares, viaturas, bandeiras e quartéis.

Os brasões possuem uma simbologia heráldica que narra a história do CBM no Brasil e em Mato Grosso. O esmalte vermelho significa a fortaleza, desprendimento, magnanimidade, fidelidade, generosidade, audácia, honra e vitória, já o verde significa esperança, constância, respeito, força, intrepidez, cortesia, solicitude, cuidado, amizade, fé e bons serviços prestados e o preto significa prudência, astúcia, discrição, honestidade e rigor. O metal ouro significa luz, poder, nobreza, excelência, sabedoria e autoridade e o prata significa pureza, integridade, obediência e firmeza.

A simbologia heráldica do brasão d’Armas apresenta o tradicional escudo português com sua ponta arredondada, pela direta ligação histórica entre Portugal e Brasil, o elmo de ouro assentado sobre o topo do escudo com sua viseira aberta e forrado de vermelho, denotando a ligação de nobreza com o patrono dos Corpos de Bombeiros do Brasil, o Imperador Dom Pedro II. Também faz parte do brasão o timbre e o listel. O escudo possui cinco cargas móveis representadas pela Esfera Armilar, o Obelisco e Marco do Centro Geodésico da América do Sul, o leão que simboliza a força, a coragem e a nobreza dos bombeiros militares, a Constelação de Cão Maior e o Escudete.

Um outro Decreto publicado na mesma data institui também a Ordem do Mérito Bombeiro Militar do Estado de Mato Grosso “Imperador Dom Pedro II”, e dá outras providências.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Corrida do Bope leva 4.500 atletas às ruas para prática esportiva e de solidariedade

Publicado

A Corrida do Bope (Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar), cuja 5ª edição aconteceu na manhã deste domingo (16.02), já é a segunda maior corrida de rua do Estado e levou 4.500 atletas às ruas de Cuiabá para uma atividade que vai além da prática esportiva.

Participar desse evento é também um ato de solidariedade, já que a maior parte dos recursos arrecadados vai para o projeto social ‘Judô Bope’, que atende gratuitamente mais de 200 crianças e adultos em uma academia montada nas instalações do batalhão.

A corrida reuniu pessoas que amam correr e que participaram de todas as edições, como dona Maria do Carmo Ferreira, que aos 81 anos esbanja disposição e vitalidade. E também iniciantes, que correram pela primeira vez, como as amigas Andreia Arruda (42) e Adriana Franças (42).

Andreia é mãe de aluno do projeto ‘Judô Bope’, o estudante Inácio Silva, de 14 anos. Tanto ela, como a amiga Adriana, não tem o hábito de correr, porém se empenharam ao ponto de trainarem duas vezes o percurso de fariam, o de 5km. “Gostei demais, a organização estava perfeita, o percurso bom, bem abastecido com água, além de recebermos muito incentivo ao longo do trajeto”, analisa Andreia Arruda.

Já Oziel de Santana é desses atletas amadores apaixonados por corridas, mas que não pratica com o objetivo de vencer, de subir no pódio e superar o próprio tempo. É do tipo que treina e se doa para que outras pessoas possam cruzar a linha de chegada e se sentirem vitoriosas.

Oziel correu como guia da servidora pública Carla Bussiki, portadora de ataxia cerebelar (doença causada por uma perda da função do cerebelo que leva comprometimento de funções motoras e outras limitações). É a segunda vez que os dois correm junto pelo Bope. Por 5km, ele empurrou Carla em uma cadeira de três rodas própria para competições.

Para Carla Bussiki, ter um guia é uma possibilidade de fazer o que mais gosta, interagir com as pessoas, ter convívio social. Em agradecimento, ela sorri e diz o quanto está feliz por Oziel de Santana ter lhe proporcionado tantos momentos de alegria. “Isso é o bastante”, diz o guia.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, avalia a Corrida do Bope como exemplo de organização e interação com a sociedade. “Os organizadores estão de parabéns. E nós, da Polícia Militar, temos que agradecer aos colaboradores e patrocinadores que entenderam a proposta e importância social desse evento”, disse.

Assis avalia que a corrida, assim como outras realizadas pela PMMT e suas unidades da capital e interior já se tornaram tradicionais, ganharam a simpatia e o apoio da população e entraram para circuito de corridas de Mato Grosso. “A Polícia Militar tem de estar próxima da comunidade, as corridas são uma forma de interação e de nos aproximar cada dia mais da população”, completa.

Outros eventos

A próxima corrida da PMMT é a ‘4Bravo Rustic Run’, do 4º Batalhão de Várzea Grande. É de obstáculos, com percurso de 5k, e acontecerá na região do bairro Chapéu do Sol nos dias 21 e 22 de março (infantil e adulto, respectivamente). As inscrições estão abertas e a taxa para participar é R$ 85. As inscrições devem ser feitas no site: http://www.morro-mt.com.br.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana