conecte-se conosco


Mato Grosso

Governador vai encaminhar à AL projeto de lei para autorizar pagamento de plantonistas afastados por Covid

Publicado


.

O governador Mauro Mendes determinou a elaboração de um projeto de lei, nesta quarta-feira (08.07), no qual propõe que os profissionais contratados da Saúde que contraírem a covid-19 possam receber do Estado os valores dos plantões durante o período de recuperação.

O projeto deve ser encaminhado para a Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (09.07).

Mendes justificou que os profissionais da Saúde contratados para as unidades hospitalares do Estado recebem por plantão e não possuem vínculo empregatício, sendo chamados conforme a disponibilidade deles e necessidade do hospital.

“Se porventura esse profissional for contaminado, não seria justo ir pra casa, ficar 14 dias de recuperação e não receber nada como ocorre hoje”, registrou.

De acordo com o governador, o Estado está sensível a esta situação e o projeto de lei é uma medida que visa dar segurança para que estes profissionais possam atuar sabendo que terão respaldo financeiro caso venham a precisar.

“Esse projeto de lei que enviaremos à Assembleia prevê que ele possa receber do Estado o mesmo número de plantão que fez nos ultimos 14 dias. Ou seja, se nos últimos 14 dias antes de contrair a covid, ele fez 6 plantões, o Estado paga outros 6 plantões nos 14 dias em que ele estiver afastado”, explicou.

Valorização dos profissionais

Outra medida do Governo do Estado para tornar mais atrativa a contratação de profissionais da Saúde foi o pagamento de um percentual por assiduidade, que é acrescido no valor dos plantões. 

O Estado também tem dado ampla publicidade ao edital para contratação de mais de 500 profissionais de Saúde. 

Porém, ainda há uma grande dificuldade de contratação em razão da falta de mão de obra disponível no mercado, e esse é um dos principais desafios para o enfrentamento do coronavírus em todo o Brasil. Somente em Mato Grosso, mais de 60 profissionais essenciais para a manutenção de UTIs estão afastados.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Sábado (08): Mato Grosso registra 63.336 casos e 2.125 óbitos por Covid-19

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (08.08), 63.336 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 2.125 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 24 mortes nas últimas 24 horas. 

Foram registradas 988 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 63.336 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 20.273 estão em monitoramento e 40.938 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 294 internações em UTIs públicas e 301 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 78,44% para UTIs adulto e em 34,05% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (13.574), Várzea Grande (5.009), Rondonópolis (3.766), Lucas do Rio Verde (3.255), Sorriso (3.025), Tangará da Serra (2.729), Sinop (2.339), Primavera do Leste (2.063), Nova Mutum (1.613) e Campo Novo do Parecis (1.224). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

O documento ainda aponta que um total de 57.253 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 3.217 amostras em análise laboratorial. 

Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h. Para acessar o Painel Interativo da Covid-19 em Mato Grosso, clique aqui.

Cenário nacional

Neste sábado (08), o Governo Federal confirmou 3.012.412 casos da Covid-19 no Brasil e 100.477 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 99.572 óbitos e 2.962.442 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Com 988 novas confirmações e 24 mortes nas últimas 24 h, MT passa dos 63 mil casos de infecção pela covid-19

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (08), 63.336 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 2.125 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 24 mortes nas últimas 24 horas.

Foram registradas 988 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 63.336 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 20.273 estão em monitoramento e 40.938 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 294 internações em UTIs públicas e 301 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 78,44% para UTIs adulto e em 34,05% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (13.574), Várzea Grande (5.009), Rondonópolis (3.766), Lucas do Rio Verde (3.255), Sorriso (3.025), Tangará da Serra (2.729), Sinop (2.339), Primavera do Leste (2.063), Nova Mutum (1.613) e Campo Novo do Parecis (1.224).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria.

O documento ainda aponta que um total de 57.253 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 3.217 amostras em análise laboratorial.

Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h. Para acessar o Painel Interativo da Covid-19 em Mato Grosso, clique aqui.

Cenário nacional

Neste sábado (08), o Governo Federal confirmou 3.012.412 casos da Covid-19 no Brasil e 100.477 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 99.572 óbitos e 2.962.442 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana