conecte-se conosco


Política MT

Mauro prevê queda de 30% na arrecadação e não descarta atraso na folha de pagamento dos servidores

Publicado


Cenário pessimista apresentado por Mauro Mendes é em decorrência da pandemia de coronavírus [F- Christiano Antonucci]

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou na manhã desta terça-feira (24) que não descarta a possibilidade de haver atraso no salário dos servidores públicos devido à pandemia da Covid-19 (novo coronavírus). Conforme o democrata, a arrecadação estadual deve ficar em torno de 30% nos próximos meses em consequência da doença que já atingiu seis pessoas em Mato Grosso, além de mais de 200 casos suspeitos.

“Claro que não gostaria que isso [atraso nos salários] acontecesse. Mas há uma possibilidade de a arrecadação cair de 20% a 30% no próximo mês. Como vamos fazer se entrar 20% ou 30% menos de dinheiro? Tomara que não aconteça. Mas essa é a previsão”, disse em entrevista à TV Centro América.

“Olha a quantidade de carro que tá andando na rua. Se vai andar menos carro, vai entrar menos dinheiro do ICMS do combustível; se as empresas param, há menos energia elétrica, e isso significa novamente menos ICMS desse setor. Sem dinheiro, como é que a gente paga em dia?”, questionou ao citar a provável queda na arrecadação do ICMS sobre os combustíveis.

Ele lembrou que o Estado vem tomado medidas para enfrentar a pandemia de coronavírus e ressaltou  a necessidade de que os servidores continuem desempenhando suas atividades, ainda que com jornada reduzida e em escala de revezamento, porém lembrou que nem todos os servidores podem desempenhar suas funções a partir de suas residências, como é o caso dos fiscais de tributos.

“É um risco, mas precisamos trabalhar. Afinal, quem vai cuidar da folha de pagamento? E se não tivermos os fiscais para acompanharem a arrecadação do estado? O momento é crítico, mas precisamos desempenhar nossas funções. Se não tiver dinheiro, como a gente paga? Minha vontade é pagar todo mundo. É liberar todo mundo de pagar ICMS. Agora, como vou pagar os salários se não entrar receita no Estado?”, questionou.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

No dia do seu aniversário, secretário de Finanças de Poconé morre após contrair a covid-19

Publicado

Internado desde a quarta-feira segunda feira passada (24), o secretário municipal de Finanças de Poconé, na Baixada Cuiabana, Acy Nunes Siqueira, morreu vítima da Covid-19 na madrugada neste sábado (27), exatamente no dia em que completaria 70 anos.

Poconé fica a 104 km de Cuiabá. O secretário estava com sintomas graves da covid e havia sido internado em um hospital particular da cidade.
Acy era um paciente de risco, com comorbidade em  por diabetes e fazia hemodiálise, em vista a problemas renais.

Acy era servidor público estadual aposentado e vinha exercendo o cargo de secretário municipal de Finanças de Poconé desde o início da atual gestão, em janeiro de 2017.

Continue lendo

Política MT

Na Avenida das Torres, Bope invade casa, prende grupo, apreende armas de grosso calibre e evita resgate de presos

Publicado

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar prenderam na tarde desta sexta-feira (26), dois adultos (22 e 26 anos) e apreenderam dois adolescentes de 16 e 17 anos com um grande arsenal bélico que supostamente seria utilizado na tentativa de resgate de presos e outras práticas criminosas.

A ação ocorreu em uma casa do residencial Salvador Costa Marques, localizado a margem da Avenida Professora Edna Affi (Avenida das Torres), em Cuiabá. O Bope recebeu informações sobre a presença de suspeitos, possivelmente integrantes de organização criminosa, reunidos em uma residência desse bairro, planejando crimes.

Ao fazer rondas no local os policiais avistaram alguns homens que saíram correndo de uma casa e entraram em outra. Na “moradia” onde eles estavam, o Bope encontrou um fuzil (calibre 5,56), duas submetralhadoras semiautomáticas, uma delas com silenciador de ruídos, além de duas pistolas (uma calibre .40 e outra 380), uma carabina (.357), uma espingarda calibre 12 e mais de 150 munições dos respectivos calibres das armas.

BOPE/PMMT

Os quatro suspeitos foram presos na casa e proximidades do local onde buscavam refúgio e de onde tentavam fugir. Nessa ação as equipes do Bope contaram com o apoio de um helicóptero do Ciopaer e policiais do 24º Batalhão de Polícia Militar.

Além do apoio no ponto onde ocorreram as prisões e apreensões, o helicóptero fez rondas na região na tentativa de localizar veículos e outros possíveis envolvidos que poderiam estar apoiando a ação dos suspeitos presos, porém não ocorreram mais prisões ou apreensões.

De acordo com o comandante do Bope, tenente-coronel Ronaldo Roque da Silva, um dos presos admitiu que os armamentos seriam empregados em um plano de resgate de presos de um presídio da região de Cuiabá. Roque observa que as armas apreendidas são de calibre e uso restrito das forças de segurança pública, todas com grande poder de letalidade.

A checagem dos suspeitos apontou que dois deles já têm passagens criminais por roubo (artigo 157) e receptação. Os suspeitos e o material apreendido foram entregues na Central de Flagrantes no Cisc Verdão. As investigações agora prosseguem com Polícia Judiciária Civil (PJC).

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana