conecte-se conosco


Mato Grosso

Governador: “Nenhum Estado Brasileiro tem o volume de obras e investimentos que MT está fazendo”

Publicado


O governador Mauro Mendes assinou nesta quinta-feira (18.02) ordens de serviço, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra), para a execução de mais de 700 quilômetros de asfalto novo e construção de 40 pontes, com investimentos na ordem de R$ 606 milhões, e apresentou projetos de obras de infraestrutura, de R$ 14 milhões, que beneficiarão mais de 70 municípios em todas as regiões do Estado.

“Éramos um patinho feio e viramos um príncipe entre os Estados Brasileiros, em dois anos. O que estamos mostrando aqui é um pedaço do que estamos fazendo, pois muitas outras ordens de serviço assinamos esse ano e ainda assinaremos. Nenhum Estado Brasileiro tem essa quantidade de obras e investimentos que estamos fazendo. Até o final do ano teremos 1,5 mil quilômetros de obras de infraestrutura em execução, fora o que já terminamos e que ainda começaremos”, afirmou o governador.

A solenidade de assinatura contou com a presença de prefeitos de mais de 50 municípios e de parlamentares das bancadas federal e estadual. O chefe do Executivo mato-grossense fez questão de agradecer o trabalho feito por todos para que as entregas fossem possíveis.

“Graças a Deus, ao apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, e dos deputados estaduais, federais e senadores, do trabalho da Sinfra e da parceria com os prefeitos, já temos obras e investimentos que é quase impossível de numerar. Só para dar como exemplo: na Saúde, teremos cinco grandes hospitais. Os Hospitais Central e Julio Muller, que já retomamos as obras. E outros três regionais no interior, em Juína, na região do Araguaia e no sudoeste do Estado, que estão sendo construídos até o final do ano”, destacou Mauro Mendes.

“Nenhum Estado está construindo quatro mil vagas no Sistema Penitenciário. Entregamos 1.008 vagas, em Várzea Grande; 436, na PCE; e já autorizei mais 872 vagas na PCE. Em Peixoto de Azevedo estamos terminando um presídio, que estava há oito anos com obra paralisada. Faremos ampliação em Rondonópolis e estamos terminando o Socioeducativo. São exemplos de que o que estamos fazendo hoje é muito sério”, completou ele.

As obras fazem parte do programa Mais MT, que vai investir R$ 9,5 bilhões em todas as regiões do Estado. De acordo com Mauro Mendes, esses investimentos vão proporcionar a geração de 52 mil empregos.

“Os investimentos vão alimentar a economia do Estado e quando cresce a economia, cresce a arrecadação e podemos fazer novos investimentos. Algumas dessas regiões que vão receber essas obras, em dois anos estarão completamente transformadas positivamente em suas atividades econômicas e geração de emprego e renda”, pontuou.

O governador ainda fez questão de frisar a importância da parceria com os municípios e pediu que os prefeitos agilizassem projetos tanto para novas pavimentações, quanto para a construção de pontes.

“Estudem o Mais MT e tragam boas ideias, iniciativas e projetos que podem ser trabalhados em conjunto. Temos a previsão de 3,1 mil quilômetros de projetos entre os que estão sendo analisados pela Sinfra e que serão licitados até o segundo semestre. Não vamos fazer tudo em dois anos, mas os projetos são importantes para viabilizar os recursos e aí, sim, executar as obras” finalizou Mauro Mendes.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Hematologista do MT Saúde alerta que trombose é uma doença silenciosa, grave e que pode ser fatal

Publicado


Silenciosa, repentina e grave. A trombose é uma doença causada pela formação de coágulo sanguíneo em uma veia, principalmente nos membros inferiores. Se não houver uma ação rápida, pode ser fatal. O alerta é da hematologista Paloma Borges, credenciada ao Mato Grosso Saúde pela Clínica Vida e Oncolog, por ocasião do Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose, celebrado neste dia 16 de setembro.

A trombose é a formação de coágulos potencialmente mortais na artéria ou veia. Uma vez formado, um coágulo pode retardar ou bloquear o fluxo sanguíneo normal, e até se soltar e seguir para algum órgão. Isso pode resultar em lesão significativa, incluindo ataque cardíaco, derrame, tromboembolismo venoso (TEV) e embolia pulmonar.

A especialista esclarece que a trombose pode estar associada a um fator de risco adquirido como cirurgias, imobilização e internação prolongada e acomete mais frequentemente pessoas portadoras de certas condições, como o uso de anticoncepcionais ou tratamento hormonal, tabagismo, presença de varizes, pacientes com insuficiência cardíaca, viagens aéreas longas, tumores malignos, obesidade ou a história prévia de trombose venosa.

“Fatores hereditários também estão envolvidos, mas somente devem ser investigados em pacientes com história familiar ou com trombose em idade abaixo de 50 anos e sem fatores de risco adquiridos”, observa a médica.

Sintomas

A trombose nas pernas acarreta dor, vermelhidão e inchaço, com sensação de desconforto na panturrilha. Na embolia pulmonar o paciente queixa de muita dor no peito, principalmente quando respira e falta de ar. Locais mais raros, como cérebro, intestino, rim, olho também podem ser atingidos e os sintomas são variáveis.

Tratamento

O tratamento é feito com substâncias que inibem a formação ou  que destroem os coágulos. A duração do tratamento varia de 3 a 6 meses ou por tempo mais prolongado, conforme a apresentação clínica da doença e características do paciente. 

Nos últimos anos houve uma grande evolução no tratamento da TVP com medicamentos que permitem ao paciente se tratar na própria residência, ressaltando-se que é importante ter sempre um acompanhamento médico mesmo nessa situação. 

Prevenção

Pequenos cuidados podem prevenir a trombose, tanto pós-cirurgia como no cotidiano. Por isso, é fundamental manter-se em movimento e, se possível, fazer atividades físicas rotineiramente. Além de ingerir bastante líquido.

As principais formas de prevenir a trombose são a prática de exercícios físicos regularmente, evitar o consumo de álcool e tabagismo e manter uma dieta equilibrada.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Campo Verde sedia disputas estaduais de handebol dos Jogos Escolares Mato-grossenses

Publicado


Chegou a vez das disputas de handebol nos Jogos Escolares Mato-grossenses. De 16 a 19 de setembro, estudantes de 12 a 14 anos de escolas públicas e privadas de Mato Grosso competem na etapa estadual sediada em Campo Verde, município a 130 km de Cuiabá. 

A abertura oficial do evento será nesta quinta-feira (16.09), às 18h, no Ginásio Isaias Romancini, sem a presença de público. Por causa das restrições para evitar contaminações por covid-19, haverá uma breve solenidade com entrada somente das duas equipes que farão a primeira partida da competição. O evento terá transmissão online por meio do Instagram da Secretaria de Cultura, Lazer e Esportes de Campo Verde (@smclecampoverde).

Além da limitação de pessoas presentes durante a abertura e em todos os jogos, outras medidas de biossegurança são obrigatórias, como testagem dos envolvidos, uso de máscara e de recipientes próprios para alimentação e bebida. O cronograma da competição também propicia uma sistemática de controle, com alojamentos separados por equipe e registro e arquivo dos dados de contato de todos os participantes.  

Realizada pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) em parceria com a Prefeitura de Campo Verde, a fase estadual de handebol contará com equipes escolares de Campo Verde, Ipiranga do Norte, Primavera do Leste, Santo Antônio de Leverger e Sorriso. As partidas serão disputadas no Ginásio Isaias Romancini e na Escola Monteiro Lobato.

As equipes campeãs da competição, uma masculina e outra feminina, representam Mato Grosso na etapa nacional, que será realizada no Rio de Janeiro (RJ), em novembro. Com o novo formato instituído nacionalmente, a etapa estadual dos Jogos Escolares Mato-Grossenses é a única classificatória para os Jogos Escolares Brasileiros.

A partir deste ano, os Jogos Escolares Mato-grossenses abrangem apenas os estudantes de 12 a 14 anos, de ambos os gêneros. Na semana anterior, a cidade de Sorriso sediou as disputas estaduais de futsal. E de 23 a 26 de setembro, Nova Mutum recebe os jogos de basquete e voleibol. Os alunos da faixa etária de 15 a 17 anos disputam os Jogos Estudantis de Seleções Mato-Grossenses, que terão início em outubro.

Serviço

Abertura Jogos Escolares Mato-Grossenses – Handebol

Quando: quinta-feira (16.09), às 18h

Local: Ginásio Isaias Romancini – Campo Verde/MT

Transmissão online: Instagram @smclecampoverde

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana