conecte-se conosco


Policial

Governador e primeira-dama discutem ações de enfrentamento à violência contra a mulher

Publicado


Reunião ocorreu com a deputada federal Rosa Neide e diversas representantes de entidades e órgãos que atuam em defesa dos direitos da mulher

Evelyn Ribeiro | Secom-MT

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes se reuniram com a deputada federal Rosa Neide e representantes de diversas entidades e órgãos públicos que atuam na defesa dos direitos das mulheres. A reunião foi realizada nesta sexta-feira (22.01), no Palácio Paiaguás, e discutiu ações que possam contribuir no enfrentamento à violência contra a mulher em Mato Grosso. 

Entre as medidas propostas estão a realização de campanhas publicitárias e de conscientização, que possam encorajar as mulheres a denunciarem, e trabalhar junto ao público masculino o ciclo da violência e todas as consequências. Também foram apresentadas sugestões quanto ao reforço da patrulha Maria da Penha, capacitação de todos os profissionais que atuam nas delegacias e na linha de frente do atendimento ao casos, bem como os jovens e adolescentes nas escolas.

“A violência doméstica é um tema extremamente sensível e precisamos cada vez mais dedicar atenção a ele. Denunciar, colocar luz neste problema é o primeiro passo para enfrentar e resolver. Iremos desenvolver campanhas de conscientização, de educação, utilizando vários mecanismos para que nós possamos alertar aos homens do risco que eles correm e que este é um ato de covardia”, ressaltou o governador Mauro Mendes.

A defesa dos direitos das mulheres têm sido uma das prioridades da primeira-dama Virginia Mendes. O combate à violência doméstica e sexual em Mato Grosso foi uma de suas principais bandeiras assumidas. Além da inauguração da Delegacia da Mulher 24 horas, a primeira-dama também lidera ações e campanhas de conscientização sobre os direitos das mulheres dentro dos órgãos públicos.

“Com certeza unidos somos mais fortes e iremos mais longe. Essa reunião é uma convergência de todos que buscam efetivamente trabalhar para reduzirmos esses índices tão alarmantes de violência contra a mulher em Mato Grosso. Inauguramos a Delegacia da Mulher 24 horas, foi um grande passo, mas precisamos avançar e continuar atuando com foco especial na prevenção e na mudança cultural e este será o próximo passo”, frisou a primeira-dama Virginia Mendes.

De acordo com a deputada federal Rosa Neide o combate é um eixo que deve ser trabalhado desde à infância e em todos os ambientes de convivência. 

“Reunimos aqui uma representação muito forte de pessoas que lutam para que a gente diminua a violência doméstica no Estado. Neste período de pandemia os índices subiram e nós precisamos que a mulher seja respeitada dentro e fora de casa, e por todos que fazem parte do convívio, seja marido, filho, irmãos, pais, etc. O governador fez encaminhamentos, discutiu projetos e isso é muito importante”, pontuou a deputada federal Rosa Neide.

Também participaram da reunião o juiz da 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar, Jamilson Haddad, a presidente do Conselho Estadual da Mulher, procuradora Glaucia Amaral, a delegada Delegacia da Mulher de Várzea Grande, Mariel Antonini Dias, o delegado-adjunto da Polícia Judiciária Civil, Gianmarco Paccola, a defensora pública, Tânia Matos, a promotora de Defesa da Mulher, Elisamara Sigles Portela, a 1ª Tenente PM da Patrulha Maria da Penha, Denyse Alves, o secretário-adjunto de Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Assistência Social (Setasc), Kennedy Dias, a presidente da Comissão de Direito da Mulher da OAB-MT, Clarissa Lopes, a presidente da OAB subseção de Várzea Grande, Flávia Moretti, a coordenadora regional do Compliance Women Commitee e vice-presidente da Comissão de Compliance da OAB-MT, Luciana Serafim, e a coordenadora de Direito da BPW Várzea Grande, Ariana Paim.

 

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil prende autor de furtos em comércios recupera objetos em Juína

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois furtos ocorridos durante a madrugada em estabelecimentos comerciais do município de Juína (735 km a nordeste de Cuiabá) foram rapidamente esclarecidos pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (05.03), com a prisão do autore dos crimes e recuperação dos objetos subtraídos cerca de uma hora após ser comunicada fatos.

O primeiro furto ocorreu no cartório do 1º Oficio da cidade, onde o criminoso arrombou a fechadura e subtraiu três folhas de cheques de clientes. Em seguido, o suspeito invadiu uma loja de cosméticos no bairro Módulo 05, de onde furtou vários objetos como esmaltes, perfumes e dinheiro.

A Polícia Civil foi comunicada dos fatos por volta das 09 horas iniciando imediatamente as diligências para identificar e prender o autor do crime. Em análise das câmeras de segurança dos estabelecimentos, os policiais conseguiram identificar o autor dos furtos, que foi preso logo em seguida.

Segundo o delegado de Juína, Marco Bortolotto Remuzzi, o suspeito é portador de tornozeleira eletrônica, com passagens criminais anteriores, sendo também identificado como autor de outro furto, ocorrido na semana passada em mais um estabelecimento comercial da cidade.

“Foi um trabalho ágil e eficiente por parte da equipe de policiais, que identificaram o suspeito e o prenderam em um curto espaço de tempo em posse dos cheques e cosméticos subtraídos. O suspeito é conhecido da Polícia e foi autuado em flagrante pelo crime de furto qualificado e por descumprimento do decreto estadual do artigo 268 do Código Penal”, disse o delegado.

Após os procedimentos de praxe, o suspeito foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória na cidade de Juína.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil de MT localiza mulher desaparecida no estado do Ceará em Nova Mutum

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma mulher que estava desaparecida no estado do Ceará desde dezembro de 2020 foi localizada pela Polícia Civil de Mato Grosso, na quinta-feira (04.03), em ação realizada pelo Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) com apoio da Delegacia de Nova Mutum (254 km ao norte de Cuiabá).

A mulher de 28 anos foi localizada em uma casa no município de Nova Mutum, onde disse estar vivendo por vontade própria. Ela estava desaparecida desde o dia 16 de dezembro, quando saiu da residência da sua mãe na cidade de Itaitinga (CE) para resolver um problema no banco e não retornou mais para casa.

Na ocasião, a vítima emprestou o cartão de crédito do padrasto para supostamente comprar uma sandália. Estranhando o fato da filha não retornar para casa, a mãe tentou entrar em contato por telefone, porém o aparelho somente dava sinal de desligado.

Diante dos fatos, a mãe entrou em contato com a operadora do cartão que informou sobre uma compra em uma empresa de passagens aéreas realizada no mesmo dia do desaparecimento da vítima.

Com informações de que a desaparecida teria vindo para o estado de Mato Grosso, a Polícia Civil do Ceará, através da 12ª Delegacia de Homicídios do estado entrou em contato, com a equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas da DHPP para dar apoio na localização da vítima.

O cartaz de desaparecimento da vítima foi registrado no banco de dados de pessoas desaparecidas de Mato Grosso e divulgado no site e rede social do Núcleo de Desaparecidos que passou a receber denúncias de que a mulher estava vivendo em um sítio na zona rural de Nova Mutum.

As informações foram passadas para a equipe da Polícia Civil do município, que diligenciou até o distrito Rachão, onde supostamente a vítima estava morando, porém não conseguiram localizá-la. Em continuidade as diligências, a mulher foi localizada em uma casa no bairro Jardim Europa, no município.

Questionada, ela disse que estava bem e que estava na cidade por vontade própria. Os policiais orientaram que ela procurasse a família para dar informações sobre o seu paradeiro.

Depois de verificada as boas condições de saúde e ausência de risco para a procurada, os policiais do Núcleo de Desaparecidos comunicaram a Polícia Civil do Ceará sobre a localização da procurada.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana