conecte-se conosco


Política MT

Governador confirma repasse de R$ 25 milhões para nova ETA e anuncia novos viadutos em Várzea Grande

Publicado

Anuncio foi feito na noite de quinta-feira durante solenidade em que recebeu a Medalha Couto Magalhães [Foto – Christiano Antonucci]

O governador Mauro Mendes (DEM), ao ser condecorado com a Medalha Couto Magalhães, em Várzea Grande, citou as dezenas de ações já entregues e em andamento que o Governo de Mato Grosso realiza em prol do município.

A honraria foi entregue na noite da última quinta-feira (23.09), pela Câmara Municipal de Várzea Grande. A medalha traz o nome do fundador de Várzea Grande e é entregue para pessoas que tenham contribuído de forma significativa para o desenvolvimento da cidade.

“O reconhecimento vem ao encontro de um sentimento muito caro e precioso, que é a gratidão. Muito mais do que um reconhecimento do que já fizemos, é uma expectativa do que ainda podemos fazer por Várzea Grande. Depois de consertamos o Estado, conseguimos retomar a maioria das obras paralisadas e iniciar outras. Nós temos compromissos assumidos com Várzea Grande e vamos honrar todos eles”, afirmou.

Mauro Mendes citou que, desde o início da gestão, o Governo do Estado tem trabalhado pelo desenvolvimento da cidade industrial, e já foram entregues muitas ações estruturantes, a exemplo da ampliação do Hospital Metropolitano; a duplicação da Avenida Filinto Muller; asfalto novo em 13 km da MT-351; ponte sobre o Ribeirão do Cocais; entrega do Residencial Santa Bárbara; nova Penitenciária de Jovens e Adultos; entrega da Escola Arlete Maria; entre outras.

Também estão em andamento, conforme o governador, novos projetos para a melhoria da infraestrutura e também para a resolução do problema de falta de água.

“Para a construção da ETA [Estação de Tratamento de Água] na região nova da cidade, no bairro Chapéu do Sol, estamos repassando R$ 25 milhões. Temos a avenida que vai ligar o Parque do Lago até a Avenida Leôncio, naquela duplicação, que vai ligar a Ponte do Atalaia, e aí vamos precisar de uma avenida dupla, que vai criar fluidez no trânsito. Também vamos fazer duas interferências com viadutos, estamos esperando apenas o estudo que está sendo feito sobre o melhor local, o melhor tráfego para melhorar o trânsito, o ir e vir. E ainda vamos repassar R$ 30 milhões para asfaltar bairros aqui em Várzea Grande, junto com a Prefeitura”, adiantou.

Outro grande projeto citado pelo governador foi a obra do BRT, que já está entrando em fase de edital de licitação. No município, o BRT será vantajoso por amplia a possibilidade de novas rotas, além de ser não-poluente pelo uso de baterias recarregáveis e ter tarifa ao usuário estimada em R$ 3, ou seja, R$ 2 mais barato do que o VLT.

“Vão ser aproximadamente R$ 600 milhões de investimentos para construir esse modal, que agora vai ter muito mais funcionalidade aqui em Várzea Grande. Pelo VLT o trajeto ia até o aeroporto e depois dava marcha ré, que não tem função nenhuma. O passageiro que pagou por uma passagem aérea vai ficar arrastando mala para pegar um VLT e depois arrastar mala de novo para chegar no hotel? Não vai. Aquilo não foi pensado para a cidade, todo mundo sabe no que pensaram, que foi um dos grandes crimes de corrupção cometidos em Mato Grosso”, finalizou.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Cuiabá cria comissão para analisar cargos comissionados e vai exonerar casos suspeitos de nepotismo

Publicado

A medida faz parte do TAC firmado com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso [Foto – Davi Valle]

A Prefeitura de Cuiabá criou uma comissão que será responsável por apurar situações de configurem a pratica de nepotismo no âmbito da Administração Pública Municipal. A medida é regulamentada pela Portaria nº 015/2021, editada pelo prefeito Emanuel Pinheiro, e faz parte do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE-MT), no dia 30 de novembro.

Segundo a portaria publicada na edição da Gazeta Municipal de segunda-feira (6), o grupo irá atuar por 90 dias, prazo estabelecido no TAC. Nesse período, cabe a comissão analisar todos os cargos comissionados e contratos temporários e encaminhar um parecer conclusivo ao chefe do Executivo. Caso seja identificada alguma situação de nepotismo, o gestor deve promover o desligamento do servidor.

Além disso, o cidadão também pode ter uma efetiva participação dentro desse trabalho, já que tem a sua disposição o endereço eletrônico [email protected] para o compartilhamento de denúncias de supostas ocorrências dessa natureza. A comissão é formada por representantes das secretarias municipais de Gestão e Governo, além da Procuradoria Geral do Município (PGM) e Controladoria Geral do Município (CGM).

“É mais uma etapa que estamos cumprindo nesse trabalho que vai nos ajudar a continuar avançando no nosso planejamento de zelo aos recursos públicos. Cada um desses órgãos irá designar um representante capacitado para fazer essa análise e nos fornecer um relatório, para que as devidas providências sejam tomadas. É claro que também continuamos contando com todo o apoio do MPE”, explica Emanuel.

PAECERIA COM O MPE

No dia 30 de novembro, a Prefeitura de Cuiabá e o Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE-MT) celebraram o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) visando intensificar o combate a possíveis casos de nepotismo dentro da Administração Pública Municipal. O documento elaborado em parceria foi assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro e pela promotora de Justiça, Lindinalva Correia Rodrigues.

Conforme o acordo formalizado ente as duas instituições, após um prazo de 100 dias, contados a partir da assinatura, o Município deve encaminhar ao MPE cópia dos atos de exoneração dos servidores que se enquadraram na prática de nepotismo. Vale destacar que a formalização do TAC faz parte do trabalho continuo realizado pela gestão Emanuel Pinheiro, com o objetivo fortalecer as ferramentas de controle que permitam a proteção aos cofres públicos. 

Continue lendo

Política MT

Nova Xavantina é contemplada com obras de pavimentação asfáltica

Publicado


Foto: VÂNIA NEVES / ASSESSORIA DE GABINETE

Nova Xavantina recebeu na segunda-feira (6), a autorização para o convênio do Estado no valor de R$ 2 milhões para a pavimentação de ruas e avenidas da cidade. De acordo com o prefeito João Bang, os encaminhamentos foram feitos pelo deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, que buscou apoio junto ao deputado federal Neri Geller (PP).

 “Nossa cidade vai ficar mais bonita com esse recurso que chega em boa hora. De maneira especial, agradeço ao deputado Nininho, que sempre nos atende com agilidade, o deputado Neri que destinou parte do recurso, e ao nosso governador Mauro Mendes que tem olhado pelo nosso município com atenção devida, e não é só com Nova Xavantina, é com todos os municípios”, disse o prefeito.

 O deputado Nininho ressaltou a importância do município fazer o dever de casa. “Comemoramos cada conquista com os municípios, e aqueles que fazem o dever de casa têm mais chance de ter êxito nas demandas, a exemplo das certidões, isso é mínimo. O prefeito João Bang está fazendo o dever de casa, e os benefícios chegarão cada vez mais”, pontuou.

 “Nosso agradecimento ao deputado Neri Geller que não tem medido esforços para nos ajudar, lembrar também o compromisso do senador Carlos Fávaro que tem sempre nos apoiado, o governador Mauro Mendes e toda sua equipe. É bom demais trabalhar e saber que os projetos  sairão do papel”, completou o parlamentar.

“É uma parceria que tem dado resultado. Fico feliz por mais esse convênio assinado. São ações concretas”, avaliou o deputado federal Neri Geller, que destinou 50% dos recursos do convênio, por meio de emenda parlamentar.

 O prefeito de Nova Xavantina, João Bang, afirmou que esse dinheiro vai ser muito bem aplicado e que asfalto é sinônimo de saúde. “Tenho que dizer a todo xavantinense que esse é o nosso trabalho, esse é o nosso dever, correr atrás e buscar recursos para dar melhorias para o nosso cidadão”.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana