conecte-se conosco


Mato Grosso

Governador anuncia que manterá os 10 leitos de UTI abertos no Hospital Regional de Água Boa

Publicado


.

O governador Mauro Mendes confirmou que o Estado manterá de forma definitiva os 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) montados no Hospital Regional de Água Boa, para atender pacientes que contraíram a Covid-19. O anúncio foi feito após a vistoria de obras na Escola Técnica Estadual (ETE) no município e durante reunião com lideranças no Sindicato Rural. No Regional, são atendidos moradores de todo o Vale do Araguaia.

“Nós vamos trabalhar. Assumo o compromisso de melhorar a estrutura, equipamentos, assim como a manutenção das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), porque hoje é este um dos hospitais regionais com a maior eficiência e custo benefício ao cidadão”, afirmou Mendes.

O incremento foi possível pela parceria entre gestão estadual e o consórcio intermunicipal responsável por gerir a unidade de saúde. A equipe do consórcio executou um plano de ação para a ampliação da unidade e o Governo, além de fornecer equipamentos, também manterá o funcionamento dos leitos – estimado em R$ 2.000 por dia.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) enviou os seguintes equipamentos para montagem da Unidade de Terapia Intensiva (UTI): (5) ventiladores pulmonares, (2) de transporte, (10) camas convencionais, (20) camas elétricas, (2) macas de transporte e (10) mesas de cabeceiras.

Escola Técnica Estadual

Para a execução das obras da Escola Técnica Estadual (ETE) de Água Boa, o Governo de Mato Grosso liberou recursos na ordem de R$ 2,5 milhões. A previsão é de que obra seja entregue em 2021.

“Essa Escola Técnica começou em 2011.  Foram várias paralisações que ocorreram por falta de pagamento aos empreiteiros e por diversos outros motivos. Nós retomamos a obra e não temos dúvidas que além de ofertar qualificação profissional, trará perspectiva de crescimento para a região do Araguaia e Água Boa”, disse o governador Mauro Mendes.

A obra foi iniciada e paralisada várias vezes, sendo retomada em definitivo pela atual gestão. Já foram investidos cerca de R$ 10 milhões e no total a obra custará aproximadamente R$ 12,5 milhões.

A unidade contará com 12 salas de aulas, 11 laboratórios, biblioteca, refeitório, ginásio coberto para esportes, além de um laboratório especial, um auditório com capacidade para 150 pessoas, além de um teatro de arena. No total a escola terá 5.577 metros quadrados e atenderá pelo menos 1,4 mil alunos.

O Estado possui ao todo nove ETEs no Estado, nas cidades de Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta, Barra do Garças, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Poxoréu, Tangará da Serra e Cuiabá, que atualmente funciona na Escola de Saúde Pública do Estado.

Além de Água Boa, os municípios de Cuiabá, Cáceres e Primavera do Leste, também estão com unidades em fase de conclusão das obras. Atualmente a Seciteci atende cerca de 4.200 alunos, com cursos técnicos de Formação Inicial e Continuada (FIC). Após a entrega destas quatro unidades, a capacidade de atendimento deve dobrar.

Os municípios de Matupá, Sorriso, Campo Verde e Juara também contarão com escolas técnicas. Ao todo, serão 16 ETE’s para atender a população mato-grossense. Acompanharam a vistoria os secretários estaduais Marcelo Oliveira (Infraestrutura e Logística), Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão), Emerson Hideki (Controladoria-geral), e os deputados estaduais Dr. Eugênio Paiva e Ondanir Bortolini (Nininho).

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Estado realiza testagem em massa de recuperandos de Cuiabá e Várzea Grande

Publicado


A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária, está promovendo a testagem em massa para diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19) em recuperandos e servidores das unidades penais de Cuiabá e de Várzea Grande. 

No último sábado (17.10), cerca de 130 reeducandas da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May fizeram o teste rápido, na unidade penal. A aplicação foi feita pelos profissionais da saúde que atuam no Centro de Triagem de Covid-19, que está funcionando na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Já os 25 presos do Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) já foram testados no dia 7 de setembro. Os demais reeducandos da Penitenciária Central do Estado (PCE), Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), em Cuiabá, e do Complexo Penitenciário Ahmenon Lemon Dantas e Cadeia Pública do Capão Grande, em Várzea Grande, serão testados nos próximos dias.

De acordo com o último Boletim Epidemiológico do Sistema Penitenciário de Mato Grosso, atualizado na última sexta-feira (16.10), há 32 casos ativos de Covid-19 em todas as 48 unidades penitenciárias. Este dado leva em consideração não só o número de pessoas privadas de liberdade, mas também de servidores que atuam nas unidades.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Todos os 141 municípios de Mato Grosso permanecem com risco baixo de contaminação da Covid-19

Publicado


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta segunda-feira (19.10) o Boletim Informativo n°225 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 11) que todos os 141 municípios do Estado configuram na classificação com risco baixo para o novo coronavírus.

Veja a seguir a tabela de classificação de risco por município.

 

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana