conecte-se conosco


Entretenimento

Globo deve economizar cerca de R$ 120 milhões por ano com as demissões

Publicado


source

Nos últimos anos, a Globo vem anunciando o fim dos contratos de longo prazo com diversos artistas e jornalistas. Grandes nomes como Renato Aragão , Miguel Falabella, Stênio Garcia, Bruna Marquezine, Vera Fischer e muitos outros viram uma parceria de anos chegar ao fim. Segundo o colunista Ricardo Feltrin do UOL, isso tudo faz parte do plano “Uma Só Globo”, que deve render uma economia de milhões por ano à família Marinho. 

Renato Aragão e Bruna Marquezine
Reprodução/Instagram

Bruna Marquezine e Renato Aragão são alguns dos nomes que encerraram contrato com a Globo

O intuito da emissora seria cortar gastos, agilizar processos e se adaptar aos novos tempos. Ainda segundo Feltrin, o fim dos contratos já estava sendo planejado há algum tempo, mas, por causa da crise econômica atual, a situação foi agravada e tornou ainda mais necessário enxugar as despesas. 

De acordo com uma fonte de mercado ouvida por Feltrin, é possível estimar que a Globo vai economizar anualmente R$ 20 milhões com as demissões na área do jornalismo. Na parte da teledramaturgia, a economia vai ser ainda maior. A estimativa é de que anualmente serão R$ 100 milhões a menos com gastos de pessoal. 

O dinheiro que a Globo economiza com o fim dos contratos era para ser inicialmente destinado a investimentos com o Globoplay, novas produções para a TV e o streaming e também com a construção de novos estúdios. A empresa de comunicação já havia investido R$ 50 milhões em uma nova estrutura moderna e a expectativa era de que com os novos estúdios, a produção da emissora aumentasse em 50%. Após o final da crise, ainda são esperados novos investimentos na construção de estúdios de ponta.

Entre os artistas que foram demitidos recentemente da emissora estão Renato Aragão, Bruna Marquezine, Miguel Falabella, Vera Fischer, José Mayer, Pedro Cardoso, Aguinaldo Silva, Leandro Hassum e mais. Já no jornalismo, Glenda Kozlowski, Zeca Camargo , Mariana Ferrão, Evaristo Costa , Dony de Nuccio, Marcio Canuto, Mari Palma e outros.

Fonte: IG GENTE

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Felipe Neto recusa oferta de R$ 200 mil para sortear um carro

Publicado


source

O youtuber Felipe Neto contou no Twitter que recusou uma proposta para receber R$ 200 mil reais. O influencer, que criticou a piada transfóbica feita por Marília Mendonça , disse que ofereceram essa quantia para ele fazer um post no Instagram divulgando o sorteio de um carro. 

Felipe Neto
Divulgação/Instagram/Reprodução

Felipe Neto recusa R$ 200 mil

“Só queria que vocês soubessem a que patamar de valores isso já chegou. E absolutamente nada é feito. Se esse foi o cachê que me ofereceram, pensem no quanto eles estão faturando. Obviamente, neguei”, ele escreveu na rede social.

Ao contrário de Felipe Neto, muitos influenciadores estão trabalhando com sorteios nas redes sociais, como Thiago Salvático e Tiago Ramos , por exemplo. O esquema consiste em uma pessoa divulgar um sorteio de prêmios e, para as pessoas concorrerem, elas devem seguir uma série de outros perfis, que pagam para serem divulgados. 

Para que um sorteio seja realizado, ele dever ser devidamente registrado em órgãos responsáveis. Vale alertar que existem muitos golpes envolvendo essas práticas nas redes sociais e também promoções que não entregam o que prometeram, como a que a esposa de Pyong Lee se envolveu .


Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Demitido da CNN por comentário homofóbico, jornalista é contratado na Jovem Pan

Publicado


source

O jornalista Leandro Narloch foi contratado pela Jovem Pan após ser demitido da CNN Brasil por fazer um comentário homofóbico  no ar. No novo veículo de comunicação, já está confirmado que ele irá apresentar com o economista Samy Dana um programa de variedade que deve estrear na primeira quinzena de setembro.     

Leandro Narloch
Reprodução/CNN

Leandro Narloch


Além dessa atração, o ‘Notícias da TV’ divulgou que Leandro Narloch fará participações “Jornal da Manhã” e pode trabalhar junto com o jornalista Augusto Nunes. A contratação faz parte das novidades que a Jovem Pan vem preparando para setembro. A rádio tem investido no YouTube e na plataforma de streaming Panflix.

A demissão de Leandro da CNN Brasil aconteceu em julho depois dele dizer ao vivo no “Live CNN” que “gays têm uma chance muito maior de ter Aids” ao comentar a decisão Supremo Tribunal Federal que libera homossexuais para doarem sangue.

Após deixar a emissora, o jornalista participou do programa “Pânico”, da Jovem Pan, e disse que deveria ter tido a chance de explicar seu comentário. “Os diretores são bombeiros que ficam apagando incêndio o dia todo, essa minha crise foi só uma no meio de tantas outras. O problema foi  a pressão do movimento gay, da comunidade [LGBTQ+], e na televisão a empresa acaba cedendo a pressões, né?”, disse durante a atração.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana