conecte-se conosco


Política MT

Gestores de Campo Verde estão preocupados com obras paralisadas para atender área da educação

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Um dos setores que o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) prioriza em sua gestão é a área da educação. Em reunião na Câmara Municipal de Campo Verde (MT), realizada na segunda-feira (25), tomou conhecimento sobre as obras de uma escola estadual e técnica que estão com o processo construtivo inacabado. Os membros da gestão legislativa municipal que estiveram presentes foram Solivan Costa Fonseca (PP), Cícero Alves dos Santos (PSB), Gessy Mateus Ventura (PT), João Narciso Gomes (PSD), Kleberson Almeida (PSDB), Neison Costa Lima (PT) e Francisco Silvio Pereira Cruz (DEM).

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, Sulivan Fonseca, o município está carente em alguns aspectos específicos voltados para o setor educacional. Um deles é a obra de uma escola estadual denominada de Jardim América que terá uma capacidade para atender aproximadamente mil estudantes do ensino fundamental e médio e só recebeu em média 500 mil do Governo do Estado do Mato Grosso, sendo que a obra está orçada em 5 milhões e 500 mil reais e, em contrapartida, a prefeitura repassou o valor de R$ 160 mil.

Esta obra está paralisada há cerca de quatro anos, sendo necessária que a Secretaria de Educação por meio da Secretaria de Planejamento de Mato Grosso realize o repasse financeiro para dar andamento à construção, explica o vereador João Narciso Gomes – conhecido por João Fique Frio. “Não tem onde colocar os alunos. Tem alunos estudando em contêineres. Campo Verde é um dos municípios que mais paga impostos no estado”, enfatiza.

“Você vê uma escola que era para estar bem adiantada, praticamente pronta e não tem previsão de terminar essa obra. A gente tem que juntar força com o município e com os outros deputados e a bancada federal. Vamos levar sim, essa demanda urgente! Para que reinicie essa obra o quanto antes para que o município de Campo Verde possa ser beneficiado com mais uma escola”, frisa Delegado Claudinei.

Outra questão levantada pelos vereadores durante o encontro com o parlamentar foi a implantação da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec) que vai favorecer a qualificação técnica para a população local, sendo que a obra está paralisada desde 2018. “Estamos em um momento de globalização, não podemos perder tempo. Nós como cidade pólo, temos a necessidade que seja concluída”, preocupa o vereador Fique Frio.

APAE

O deputado estadual conheceu de perto toda a estrutura e o trabalho desenvolvido pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Campo Verde que conta com 30 profissionais envolvidos para atender 106 alunos portadores de necessidades especiais.

O parlamentar se dispôs a apoiar a entidade quanto ao projeto que está em andamento na Secretaria de Estado de Assistência Social (SETAS – MT), relacionado à lei complementar de número 527/2014 que destina 10% da arrecadação do Fundo de Erradicação da Pobreza às entidades que cuidam da educação especial. De acordo com a diretora da entidade, Rosilene Lopes, foi feito um projeto, em 2017, para a aquisição de materiais para cozinha, refeitório, sala de aula, pintura, artesanato, pedagogia e desporto. Logo foi encaminhado para a SETAS que aprovou a solicitação, mas o recurso financeiro não foi repassado. Ela acredita que com o passar dos anos, seja necessária a atualização dos orçamentos que foram apresentados no documento.

Decreto

Com decreto de estado de calamidade financeira que foi assinado pelo Governo do Estado de Mato Grosso, em janeiro deste ano, só será garantida o repasse financeiro após a finalização do prazo estabelecido de 180 dias que poderá ser prorrogado por mesmo período. Essa medida foi aplicada para amenizar as dívidas obtidas pela administração anterior e, assim, equilibrar as contas do estado.

Maiores informações: Samantha dos Anjos (65) 99639.9715 / Marcelo Lucas (65) 99999.0425 (Assessoria de Imprensa)

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Ministra da Agricultura participa de lançamento da safra de soja e inauguração de indústria de etanol de milho em MT

Publicado

Teresa Cristina estará em MT nesta quinta-feira [Foto – Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil]

Nesta quinta-feira (28), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina cumpre agenda em Sorriso, a 400 km de Cuiabá. A ministra participa de entrevista, inauguração e lançamento de plantio. A primeira agenda é uma entrevista à uma rádio da cidade, às 8h. Em seguida, a ministra participa da inauguração de uma indústria produtora de etanol de milho, que fica no km 768 da BR-163.

Por fim, a ministra participa do lançamento do plantio da safra de verão. O evento está marcado para acontecer às 11h, no Parque Tecnológico de Sorriso, localizado no Anel Viário da cidade.

Chamada de “A Capital Nacional do Agronegócio”, Sorriso, escolhida para o lançamento da safra, é uma das cidades carro-chefe da produção de grãos em Mato Grosso. No município se produz commodities como soja, milho e algodão. Ao todo, 600 mil hectares compõem a área produtiva.

A soja é considerada um dos produtos mais importantes na economia mundial. Em 2020, conforme dados da Embrapa, o Brasil alcançou o ranking de maior produtor de soja do mundo, com mais de 130 milhões de toneladas. Em Mato Grosso, a participação desse grão na economia é ainda maior, sendo uma das principais forças motrizes do desenvolvimento do Centro-Oeste. O Estado é o maior produtor de soja do país, com cerca de 35 milhões de toneladas por safra.

Situação da carne

A suspensão da carne bovina para China pode causar prejuízo de R$ 500 milhões à indústria pecuaristas de Mato Grosso, segundo o Instituto Mato-Grossense da Carne (Imac). O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) determinou a suspensão, em setembro deste ano, após o registro de dois casos atípicos de encefalopatia espongiforme bovina (EEB), popularmente conhecida como ‘vaca louca’, em Mato Grosso e em Minas Gerais.

O prejuízo diário decorrente da suspensão das vendas de carne bovina para China é de US$ 4,4 milhões (R$ 24,9 milhões na cotação atual).

Segundo o Imac, caso a produção não seja destinada a outros mercados, o impacto gerado no mês de outubro, considerando o ritmo das exportações em 2021, indica uma perda de faturamento com as exportações de até US$ 88 milhões (quase R$ 500 milhões na cotação atual) somente para Mato Grosso.

 

Continue lendo

Política MT

Polícia Federal deflagra segunda fase de operação contra fraudes na Saúde e prende ex-secretário de Cuiabá

Publicado

Célio Rodrigues teve mandado de prisão cumprido esta manhã por agentes da Polícia Federal [Foto – Davi Valle]

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (28), a segunda fase da “Operação Curare”, denominada “Cupincha” e prendeu o ex-secretário de Saúde de Cuiabá e ex-diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública , Célio Rodrigues.  Além de Mato Grosso, são cumpridos mandados no Paraná. Cupincha é o indivíduo com quem se tem amizade, companheirismo; camarada.

Célio já havia sido alvo da primeira fase da operação ocorrida no dia 30 de julho. Em mandado de busca e apreensão na casa dele, a PF  apreendeu mais de R$ 30 mil . Além dele, o secretário interino da Secretaria de Gestão, Alexandre Beloto, foi afastado de suas funções públicas por determinação da Justiça.

Curare

O nome da operação policial, “Curare”, remete a substâncias tóxicas que produzem asfixia pela ação paralisante do sistema respiratório, cuja origem é associada ao conhecimento tradicional indígena. Na medicina, fármacos curarizantes são empregados em unidades de terapia intensiva, auxiliando o procedimento de intubação.

A Polícia Federal apurou que houve prejuízo de mais de R$ 100 milhões aos cofres da Prefeitura de Cuiabá devido pagamentos fraudulentos entre os anos de 2019 a 2021.

Mais informações em instantes

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana