conecte-se conosco


Mato Grosso

Gefron efetua sete prisões em dois dias e recupera veículos

Publicado

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) efetuou sete prisões em dois dias, por contrabando e descaminho, evasão de divisas, mandado de prisão em aberto, e roubo e furto de veículos. As abordagens foram realizadas entre quarta-feira (11.12) e quinta-feira (12.12), e resultaram também na recuperação de dois automóveis.

Uma delas ocorreu na quinta-feira (12.12), às 14h, durante patrulhamento na zona rural de Cáceres (215 km a Oeste de Cuiabá). Os policiais avistaram um veículo Toyota Hilux de cor preta, placas QCI 3602, na rodovia MT-388, e fizeram a abordagem ao suspeito que o conduzia, A.R.S.G., de 37 anos de idade.

Pela checagem do chassi, verificou-se queixa de roubo/furto em Cuiabá, na data de 11 de dezembro de 2019. O boletim de ocorrência foi registrado e entregue à Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres, para as devidas providências legais. Com a recuperação do veículo, o Gefron estima prejuízo de R$ 179.854,00 ao crime, valor que foi restituído ao cidadão.

Também na quinta-feira (12.12), às 15h20, o Gefron abordou a condutora de um veículo Chevrolet/Ônix, de placas QPJ 3172, em nome da Localiza Rent A Car S.A., no Posto do Limão. A suspeita, N.P.J., de 24 anos de idade, informou que iria buscar a avó em um sítio próximo à Comunidade Limão, a pedido do tio, mas não sabia o nome e o local exatos da propriedade. Ela levava ainda a passageira D.C.P.S., de 21 anos.

Questionada sobre o contrato de locação do veículo, a condutora apresentou cópia de um contrato tendo como cliente J.B. A checagem constatou um Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado em Mogi das Cruzes (SP) de apropriação indébita. Após informa-la sobre o fato, ela confirmou que pegou o veículo de uma pessoa em Cáceres e receberia R$ 100,00 para levar o carro até a entrada de um assentamento.

Disse ainda que um rapaz de blusa branca iria pegar o carro, mas não soube informar o nome, e que posteriormente retornaria à Cáceres de ônibus, juntamente com a passageira. Diante dos fatos, as suspeitas foram encaminhadas para a Defron, em Cáceres, sem lesões corporais, para as providências que o caso requer. O prejuízo ao crime estimado foi de R$ 35.900,00 (restituído ao cidadão).

Outras naturezas

Outra prisão ocorreu em cumprimento de mandado em aberto contra F.A.S.C., de 30 anos de idade, na quarta-feira (11.12), durante serviço de fiscalização no Posto Limão, em Cáceres. Por volta das 10h, em operação conjunta entre Gefron, Batalhão de Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) e Forças Táticas dos 1° e 2° Comandos Regionais da Polícia Militar (PM-MT), policiais abordaram um veículo Fiat/Siena, placa NPF 7476, de cor cinza.

Após checagem foi constatado mandado de prisão em aberto, expedido em julho de 2018 pela comarca de Mirassol D’Oeste, contra o condutor, F.A.S.C. O suspeito foi conduzido até a Defron, em Cáceres.

Um pouco antes, às 9h50, também foram presas as suspeitas Z.M.E., de 36 anos de idade, e P.S.S., de 31 anos, por evasão de divisas, na BR-070, em Cáceres. Durante a Operação Vigia, policiais do Gefron, Rotam e Forças Táticas do 1º e 2º CR’s que realizavam o Estágio de Adaptação à Fronteira (EAFRON), no Posto do Limão (BR 070 KM 779), fizeram abordagem de um taxi boliviano de placas 2850 NSL tipo Toyota/IPISUN que trafegava sentido San Matias (Bolívia) – Cáceres.

Durante revista, foi encontrado em posse da passageira Z.M.E., de 36 anos de idade, o valor em dinheiro de R$ 19.990,00 e em posse da passageira P.S.S., de 31 anos, o valor de R$ 12.430,00, totalizando a quantia de R$ 32.410,00. Diante dos fatos, por não comprovarem a devida declaração de origem ao entrarem no Brasil, elas foram encaminhadas para a Inspetoria da Receita Federal em Cáceres, para as devidas providências.

Ainda na quarta-feira (11.12), às 6h30, a ação conjunta dos policiais do EAFRON resultou também na prisão de R.M.A.T., de 39 anos de idade. Ele foi abordado em um táxi boliviano, modelo Toyota Corolla de placas 872PSD, de cor branca ano 1986/86, com sete fardos grandes e um fardo pequeno de camisetas contrabandeadas da Bolívia. O suspeito declarou ser proprietário dos produtos apreendidos, e que seriam comercializados em território brasileiro. Diante dos fatos o suspeito, as mercadorias e o veículo foram conduzidos e entregues à Polícia Federal de Cáceres para providências que o caso requer.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Ícone da defesa da Amazônia, dos direitos humanos e dos povos indígenas, Casaldáglia morre os 92 anos

Publicado

O bispo emérito Dom Pedro Casaldáliga morreu na manhã deste sábado (08.ago.2020) aos 92 anos. Ele estava internado desde o fim de julho na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Batatais, em São Paulo, por problemas respiratórios.

Casaldáliga realizou o exame para detectar a infecção por covid-19, mas o resultado foi negativo. Ele sofria do mal de Parkinson e teve tuberculose no ano passado.

Nascido em 16 de fevereiro de 1928 em Balsanery, na comunidade de Catalúnia, na Espanha, chegou ao Brasil em 1968. Chamado de “padre do povo”,  tornou-se conhecido por seus posicionamentos políticos em defesa dos direitos humanos e da Amazônia.

Participou da Pastoral da Terra e atuou em defesa dos indígenas e trabalhadores agrários. Também foi personagem importante no enfrentamento à ditadura militar.

Foi 1 dos responsáveis pela criação da Cimi (Conselho Indigenista Missionário) na década de 1970. Atuou por anos na Prelazia de São Félix, no Xingu. Também atuou contra casos de trabalho escravo e em defesa da floresta amazônica.

Recentemente, assinou com outros 3 bispos e arcebispos uma carta com críticas ao presidente Jair Bolsonaro. O texto fala em “omissão, apatia e rechaço pelos mais pobres” no enfrentamento à pandemia de covid-19, além de “incapacidade e inabilidade para enfrentar a crise” instaurada no país.

Várias personalidades políticas prestaram condolências e homenagens nas redes sociais. Entre os que se manifestaram estão as deputadas Erika Kokay (PT-DF), Sâmia Bomfim (Psol-SP) e Benedita da Silva (PT-RJ) e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

O velório será realizado em 3 locais. Neste sábado, a partir das 15h, na capela do Claretiano em Batatais. No santuário dos Mártires em Ribeirão de Cascalheira, a partir de 10 de agosto e no Centro Comunitário Tia Irene em São Félix do Araguaia, onde o corpo será sepultado.

Continue lendo

Mato Grosso

Famílias carentes da Associação Boas Novas são atendidas com doações

Publicado


.

Cerca de 300 famílias carentes atendidas pela Associação de Promoção Humana e Social “Grupo Boas Novas”, do Residencial Ilza Therezinha Picoli Pagot, receberam doações de cestas básicas e cobertores nesta sexta-feira (07.08). 

A iniciativa faz parte da campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus” e do programa “Aconchego”, ações lideradas voluntariamente pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, e executadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Representando a titular da pasta, Rosamaria Carvalho, a secretária-adjunta de Cidadania da Setasc, Rosi Porcionato, foi responsável pelas distribuições dos mantimentos. Ela enfatizou a importância da ação social para as famílias em situação de vulnerabilidade, consideradas as mais atingidas pela pandemia.

“Estamos realizando doações para que não falte comida na mesa das famílias que passam adversidades. Buscamos ajuda e solidariedade de todos para garantir dignidade humana e segurança alimentar dessas pessoas”, pontuou.

De acordo com o presidente da Associação, Celso Marcos, a iniciativa contempla moradores dos bairros Jonas Pinheiro, Jamil Nadaf, Terra Prometida e Jardim Diamante. 

“O momento é extremamente delicado, principalmente, para os que trabalham de maneira informal, como é o caso dos que estão aqui. Agradeço ao governador, à primeira-dama e à Setasc, que são parceiros já de longa data e sempre estão prontos para nos ajudar”, afirmou.

A venezuelana Oscari Rodrigues, 22 anos, recebeu cesta básica e cobertor. Ela relatou que ficou desempregada com a chegada da pandemia e devido a isso tem passado dificuldades. “Agradeço pelo alimento. As coisas não estão fáceis. Essa cesta vai ajudar na alimentação da minha família”, disse.

A haitiana Alcine Vierginie, 35 anos, moradora do assentamento Terra Prometida, também comemorou no momento das entregas. “Há seis meses estou sem trabalhar. Agradeço muito por essa ajuda que vocês estão nos dando, é muito bem-vinda”.

Mais entregas

Os moradores do bairro São João Del Rei e do Novo Paraíso II, em Cuiabá, também foram beneficiados com 150 cestas básicas da campanha “Vem Ser Mais Solidário” e cobertores do programa “Aconchego”. As entregas foram realizadas pelo secretário-adjunto de Assuntos Comunitários da Setasc, Édio Martins, e o assessor especial da Setasc, Thiago Campelo.

O presidente do bairro São João Del Rei, Silvano Cruz, elogiou o compromisso do Estado com os moradores da região.  “O Governo sempre está atuando de uma forma especial com a nossa região, é a segunda vez que nos atende com doações. Agradeço muito por essa parceria”, manifestou.

Lucinda da Luz, 55 anos, uma das beneficiadas do bairro Novo Paraíso II, disse ser agraciada por receber a cesta e cobertor. “Essa ajuda que vocês trouxeram é muita boa. Nem sei como agradecer”, comentou.

A representante da “Casa de Oração para Todos os Povos” do bairro Novo Paraíso II, Geny Solange da Luz, e responsável pela articulação das entregas com o Governo, agradeceu as doações. “Aqui existe muita carência de alimento, principalmente neste momento. Agradeço a primeira-dama e a Setasc por essa vontade de ajudar quem realmente precisa”.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana