conecte-se conosco


Policial

GCCO prende suspeitos de quebrar vidraça de loja com carro e recupera objetos avaliados em R$ 7,8 mil

Publicado

A equipe da GCCO também conduziu uma mulher em cuja casa foram encontradas munições e parte dos materiais furtados [Foto – PJC]

Dois suspeitos foram presos em flagrante nesta quinta-feira (23), em Cuiabá, pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico, receptação e posse ilegal de munições. Nas residências onde foram detidos, os policiais civis apreenderam roupas e acessórios furtados de uma loja de motocicletas, além de outras peças masculinas possivelmente produtos de outro crime.

Além dos dois rapazes de 23 e 21 anos presos, a Polícia Civil deteve também uma mulher de 51 anos no bairro Lixeira, na Capital, em uma casa onde funcionaria um ponto de tráfico de drogas e onde estava parte dos produtos levados da concessionária de motos.

A equipe da GCCO iniciou as diligências após receber o registro da ocorrência de um furto a uma concessionária de motocicletas, localizada no bairro Bandeirantes, na madrugada do dia 22 de junho. Suspeitos usaram um carro para  arrombar o vidro do local e levaram três capacetes e duas jaquetas motociclísticas, materiais avaliados em mais de R$ 7,8 mil.

Em diligências, os investigadores localizaram no bairro Lixeira com dois suspeitos com um dos capacetes furtados. Na residência deles foram localizados outros produtos no interior da casa, como drogas, balanças e uma pistola com 11 munições, além de diversas peças de roupas masculinas todas etiquetadas e novas, possivelmente produto de crime.

Detidos, os dois suspeitos confessaram que em outra residência no mesmo bairro estavam os produtos furtados da concessionária na noite anterior. Ao chegar ao local, o suspeito havia fugido e a equipe foi atendida pela mulher que disse apenas locar um cômodo para o rapaz, omitindo em dizer que seria avó dele.

Em buscas no quarto, após autorização da moradora, os investigadores apreenderam munição de calibre 9mm, duas jaquetas e um capacete motociclísticos, todos do furto à furto concessionária da Yamaha. Na casa também havia uma balança de precisão e outros apetrechos utilizados para o tráfico de drogas, um simulacro de pistola e uniformes usados por prestadores de serviço da concessionária de energia.

Após a apreensão dos materiais, a dona da casa confirmou ser avó do suspeito e no quatro dela foram localizadas mais munições de calibre 9mm. Ela foi conduzida à GCOO, onde foi autuada em flagrante por posse ilegal de munições e terá fiança arbitrada.

Os dois suspeitos foram autuados por tráfico e associação para o tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de arma de fogo. Os procedimentos serão encaminhados às respectivas unidades policiais para sequência das investigações sobre tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Filho de comerciante é preso pela DHPP por matar morador de rua com tiro na região central de Cuiabá

Publicado

O autor do homicídio que vitimou o morador de rua Robson Nardine, no mês de junho deste ano, em Cuiabá, teve o mandado de prisão temporária cumprido pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (16), em ação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O suspeito foi identificado como filho de um comerciante da região e teve o mandado de prisão decretado pela Justiça por homicídio qualificado por motivo fútil.

O crime ocorreu por volta das 3 horas da madrugada de 26 de junho, na Avenida Tenente Coronel Duarte (Prainha. A vítima, que fazia uso de muletas, foi atingida por disparo de arma de fogo, ocasião em que caiu no canteiro da Avenida, não resistindo ao ferimento e morrendo no local.

Conforme as investigações da DHPP, conduzidas pelo delegado Hércules Batista Gonçalves, a vítima era um andarilho que ficava na região Centro-norte da Capital, constantemente dormindo nas portas de comércios. O suspeito, então, teria se incomodado com o fato da vítima dormir na porta da residência do seu pai, o que teria motivado o crime.

Após as investigações, foi representado por mandados de prisão temporária e de busca e apreensão domiciliar contra o suspeito, que foram deferidos pela Justiça e cumpridos na manhã desta terça-feira (16), pelos policiais da DHPP.

O suspeito foi conduzido à delegacia para as providências cabíveis e posteriormente será colocado à disposição da Justiça.

Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre mandados contra traficantes por movimentar R$ 1,3 bilhão em MT e outros 4 estados

Publicado

Ao todo, 212 pessoas são investigadas em esquema

G1 – A Polícia Civil faz uma operação nesta terça-feira (16) contra uma organização suspeita de movimentar R$ 1,3 bilhão com o tráfico de drogas. São cumpridos 36 mandados de busca e apreensão e apreensão em Goiás, Mato Grosso, Paraná, Minas Gerais e Distrito Federal. As investigações mostraram que o grupo, que é de Trindade (GO) e seria responsável por cerca de 40% das mortes em Goiás no último ano.

Ao todo, 212 pessoas são investigadas. A organização usaria 11 empresas de fachada e movimentou o valor bilionário desde 2014. Essas empresas estariam em nomes de familiares e pessoas da organização criminosa. “Essa operação visa desmantelar o grupo financeiro de uma organização que age dentro e fora dos presídios que movimentou nos últimos anos R$ 1,3 bilhão. Esperamos que nas próximas semanas a gente consiga elementos suficientes para outras fases da operação”, disse o delegado Douglas Pedrosa.

Além de documentos e aparelhos eletrônicos foram apreendidas armas e grande quantia de dinheiro.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana