conecte-se conosco


Policial

GCCO prende em Cuiabá quatro criminosos que se passavam por policiais civis para praticarem extorsão

Publicado

Quadrilha foi presa após um advogado vítima de extorsão ter denunciado o caso à polícia

Quatro integrantes de uma associação criminosa que se passavam por policiais civis para a prática de crimes foram presos em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de terça-feira (9), em trabalho realizado pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Entre os presos estão, Halker Cristian Rodrigues Sampaio, Yuri Ramirez Porto e Silva, Erlon Fávio de Campos Júnior e Kairo Rodrigues Pereira, autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa armada, posse de munição e posse de arma artesanal, além de posse de drogas para consumo pessoal.

As investigações iniciaram após a GCCO receber denúncia de que no dia 5 de setembro um grupo armado que se identificava como policiais civis da própria Gerência, rendeu um advogado, mantendo-o privado de sua liberdade e realizando extorsão. Passada a ocasião da ação criminosa, o grupo manteve as ameaças e cobranças via mensagens e ligações durante o final de semana e na segunda-feira, quando a vítima procurou a GCCO.

Leia Também:  Polícia Civil prende casal de primos com 88 tabletes de maconha em Rondonópolis

Com a informação de que as ligações para a vítima eram realizadas de um hotel da Capital, os policiais da GCCO foram até o estabelecimento, onde conseguiram identificar o suspeito Halker, que se hospedou no hotel desde o dia 6 e deixou a local sem efetivar o pagamento dos consumos realizados. Enquanto os policiais estavam no hotel, Yuri, chegou a estabelecimento a procura de Halker.

Questionado, Yuri acabou revelando o seu envolvimento com o grupo, e o local em que Halker estaria, outro hotel, no bairro Araés. Em continuidade as diligências, os policiais seguiram até o local, onde encontraram Halker junto com os demais suspeitos Erlon e Kairo. Com eles, foi apreendido um simulacro de pistola, munições de calibre.38, além de uma porção de maconha,

Diante das evidências, os quatro suspeitos foram conduzidos a GCCO, onde Halker e Yuri foram reconhecidos como os autores da extorsão praticada contra o advogado. Interrogado, Yuri disse ser vigilante e informou aos policiais que possui armas de fogo na residência, sendo duas armas registradas, uma pistola calibre .380 e um revólver calibre 38.

Leia Também:  Mulher é encontrada morta dentro de quarto em hotel de VG; namorado é suspeito

Na residência do suspeito, os policiais localizaram uma arma de fogo artesanal, calibre 20 e munições do mesmo calibre, além de colete balístico e algemas.

Segundo a delegada, Juliana Chiquito Palhares, os levantamentos realizados pela equipe do GCCO indicam que a associação criminosa já atuou em outros crimes e que cabia ao suspeito Yuri, o fornecimento das armas para as ações do grupo. “Eles se passavam por policiais civis, e Halker já registrou dois boletins de ocorrência em que se passou por policial, registrando o extravio da sua carteira funcional e do porte de arma de fogo”, disse.

Os conduzidos foram autuados por associação criminosa armada e crimes da Lei n.º 10.826/2003 (posse da munição  posse da arma artesanal), além da posse de droga para consumo.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil esclarece roubo de veículo com prisão de três envolvidos no crime

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Três homens envolvidos no roubo de um veículo foram presos em flagrant4e pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (08.11), durante diligências ininterruptas da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA).

A ação resultou na apreensão de dois veículos (um deles roubado e o outros que dava apoio a ação dos criminosos) e de uma arma de fogo utilizada no crime.

Após serem detidos, os suspeitos, Kauan Valério de Almeida, Henrique Felipe Leite da Silva, Junior Jerônimo Martins, indicaram onde estava o veículo roubado que gerou a investigação, assim como a arma de fogo utilizada no crime e foram autuados em flagrante pelo crime de roubo majorado.

As diligências iniciaram na quinta-feira (07), logo após a vítima ter seu veículo Toyota Etios e pertences pessoais roubados. Durante os trabalhos, os policiais receberam informações que levaram até a residência do suspeito Kauan, no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá, ao perceber o cerco policial, o suspeito pulou o muro da casa e fugiu para uma região de mata fechada.

Leia Também:  Dois homens são presos em aeroporto com barras de ouro avaliadas em R$ 7 milhões

Em continuidade as diligências, os policiais permaneceram monitorando a região e ao amanhecer solicitaram apoio de outra equipe, uma vez que descobriram que os suspeitos receberam apoio de um veículo Volkswagem Gol, vermelho, e que estavam na região do Barreiro Branco (bairro vizinho).

Na região, os investigadores da DERRFVA localizaram os suspeitos, que ao perceber a presença dos policiais, desceram do veículo e tentaram fugir a pé, porém foram detidos. Questionados sobre o roubo, os suspeitos confessaram o crime e indicaram uma região de mata, onde estavam escondidos o veículo e os pertences pessoais da vítima.

Os criminosos também informaram a localização da arma de fogo utilizada no assalto, a qual foi apreendida. Diante das evidências, os suspeitos foram conduzidos a DERRFVA, onde após interrogados, foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado.

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

NOTA DE FALECIMENTO

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil comunica o falecimento, no domingo (10.11), da senhora Mirian Claudia de Paula, mãe da servidora Rayane de Paula Costa, lotada na Coordenadoria de Gestão de Pessoas.

O velório da mãe da servidora terá início as 22h30, até na segunda-feira (11.11), às 16 horas, na Capela Jardins – sala Ortência, em Cuiabá. 

 

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Grupo acusado de tráfico de drogas é preso em São J. dos Quatro Marcos
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana