conecte-se conosco


Nacional

Garota que matou amiga acidentalmente guardava arma para pai; homem pagou fiança

Publicado


source
menina de cabelo liso e óculos
Redes sociais

Isabele foi atingida por tiro acidental

A menina de 14 anos que matou a melhor amiga com um tiro acidental na cidade de Cuiabá, no Mato Grosso , no último domingo (12) afirmou à polícia que estava guardando a arma no primeiro andar da casa onde morava a pedido do pai, um atirador esportivo que estaria analisando a arma para comprá-la.

O pai da garota, Marcelo Martins Cestari, de 46 anos, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo por não ter registro de duas das sete armas encontradas na casa dele. Ele pagou fiança de R$ 1 mil e foi liberado em seguida, mas a Justiça determinou que o valor da fiança, considerado como “irrisório”, subisse para R$ 290 mil.

Segundo a defesa do empresário, Marcelo não tinha o registro da pistola 380 que causou a morte de Isabele Guimarães Ramos porque ele estava testando a arma para tentar comprá-la do sogro.

Isabele foi atingida com um tiro acidental na cabeça dentro da casa da melhor amiga e morreu no banheiro da residência, antes da chegada do socorro. O corpo dela foi enterrado na cidade de Cuiabá nesta terça-feira (14), dois dias após o crime.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Vídeo mostra momento exato que tornado toca o solo em SC; veja

Publicado


source
Tornado atinge o solo
Reprodução

Tornado atinge o solo

A Defesa Civil confirmou que os municípios de Água Doce e Irineópolis, ambos em Santa Catarina, foram atingidos por dois tornados na última sexta-feira. 

Vídeos feitos por moradores locais mostram o exato momento em que o fenômeno toca o solo. Segundo informações, as imagens foram feitas na localidade do Rio Vermelho e as características presentes nas imagens configuram a formação de um tornado.





Vale ressaltar que a região Sul do país tem condições climáticas que favorecem a formação deste tipo de fenômeno.

Números premlimares da Defesa Civil apontam que 16 pessoas ficaram feridas, porém, não há registro de mortes. Além disso, outro 945 moradores estão desalojadas ou desabrigadas, e cerca de 4,2 mil foram diretamente afetados pelo fenômeno. Ao menos 40 imóveis públicos também sofreram danos.

Outras regiões de Santa Catarina também registraram fortes temporais. Em Tangará, a cerca de 50 quilômetros de Água Doce, a quantidade de chuva causou destruições, destelhamentos e fez com que caminhões ficassem tombados às margens da rodovia. 

Continue lendo

Nacional

Menina retirada da mãe por iniciação no candomblé tem guarda devolvida

Publicado


source
mulher de máscara
TV TEM / Reprodução

Caso apontado como intolerância religiosa foi registrado em Araçatuba

Uma decisão emitida pela Justiça de São Paulo na noite desta sexta-feira (14) devolveu à manicure Kate Ana Belintani a guarda da filha dela, que tinha sido  retirada após denúncia de supostos maus tratos em um centro de candomblé da cidade de Araçatuba, no interior do estado.

A filha de Kate, que não teve identidade revelada e tem 12 anos, ficou sob tutela da avó materna após denúncia anônima. A avó da garota é evangélica e teria feito uma denúncia ao Conselho Tutelar da cidade, alegando que a menina estava sofrendo maus tratos e abusos sexuais.

Após algumas denúncias, os conselheiros foram acompanhados de policiais ao terreiro Ilê Axé Egbá Araketu Odê Igbô, onde a adolescente estava com a mãe, que tentou explicar que elas não poderiam deixar o terreiro enquanto estivessem passando pelo ritual. Mesmo assim, elas foram levadas ao Instituto Médico Legal (IML), que não identificou hematomas ou lesões corporais.

Além do depoimento da adolescente, que afirmava participar do ritual por vontade própria, o juiz que emitiu o parecer favorável à mãe levou em consideração o exame de corpo de delito e a manifestação do Ministério Público contra a retirada da guarda da mãe.

A denúncia de intolerância religiosa, feita à revista Época no começo de agosto, ocorreu poucos dias após a retirada da garota da guarda da mãe. Na ocasião, ela estava dentro do terreiro há uma semana, tinha o cabelo raspado como parte de um ritual de 21 dias e nenhuma marca de agressão do corpo.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana