conecte-se conosco


Tecnologia

Galaxy S20 FE 5G chega ao Brasil com Snapdragon 865 e câmera tripla

Publicado

source
Galaxy S20 FE 5G chega ao Brasil
Divulgação/Samsung – 12.05.2022

Galaxy S20 FE 5G chega ao Brasil

A Samsung começou a vender o Galaxy S20 FE 5G no Brasil. Anunciado nesta quinta-feira (12), a variante com suporte às redes 5G desembarca no comércio nacional com o processador Qualcomm Snapdragon 865. Os consumidores ainda contam com a câmera tripla de 12 megapixels e a tela de 120 Hz na ficha técnica avançada.

O modelo desembarca no país cerca de dois anos desde o lançamento da edição com 4G. A diferença entre as versões fica pelo suporte ao 5G, recurso que já está disponível até nos celulares intermediários da marca. De resto, temos um celular similar à edição com o chip da Qualcomm, que chegou ao Brasil em 2021.

Edição com 5G manteve a câmera tripla de 12 MP

O smartphone chama a atenção por ser uma opção menos robusta da linha Galaxy S20. Isto significa que o consumidor ainda garante uma ficha técnica avançada com memória RAM de 6 GB, armazenamento de 128 GB e a bateria de 4.500 mAh. Alguns recursos, por outro lado, são mais simples para reduzir o preço do celular.

É o caso do conjunto fotográfico triplo. O Galaxy S20 FE 4G e 5G contam com a câmera principal de 12 megapixels acompanhada por outro componente com a mesma resolução e lente ultrawide. O agrupamento fica completo com o sensor de 8 megapixels com lente teleobjetiva para tirar fotos com zoom.

Celular possui tela plana de até 120 Hz

O modelo com 5G também manteve a tela de 6,5 polegadas com resolução Full HD+. Segundo a Samsung, “a taxa de atualização do display se ajusta entre 48 e 120 Hz, com base no conteúdo que você está visualizando”. Além disso, o painel possui um furo posicionado ao centro para abrigar a câmera frontal de 32 megapixels.

O lançamento ainda traz o leitor de digitais sob a tela e certificação IP68. A Samsung, no entanto, não informou com qual versão do Android o celular chegará aos consumidores. Vale lembrar que o Galaxy S20 FE 4G com Exynos e Snapdragon já recebeu a atualização para o Android 12 com a interface One UI 4.1.

Qual é o preço do Galaxy S20 FE 5G no Brasil?

O preço sugerido do Galaxy S20 FE 5G no Brasil é de R$ 3.999. O consumidor poderá encontrar o smartphone nas seguintes opções de cores: azul-marinho, branco, laranja, violeta, verde e vermelho.

A Samsung também preparou uma promoção a quem adquirir o smartphone nos próximos dias. “Aqueles que comprarem um Galaxy S20 FE 5G de 12 a 29 de maio receberão um gaming voucher de R$ 200 para utilizar em jogos na Galaxy Store. O resgate é feito automaticamente na loja após a ativação do smartphone e login na Samsung Account”, anunciaram.

Também é importante destacar que a Samsung lançou o Galaxy S21 FE 5G no Brasil em janeiro. O modelo segue o mesmo design da edição convencional e agrega as seguintes especificações: o chip Exynos 2100, 6 GB de RAM e 128 GB de espaço. O smartphone desembarcou no comércio nacional com o preço sugerido de R$ 4.499. E não custa lembrar: atualmente, você já pode encontrar o Galaxy S21 FE 5G no varejo com preços bem mais acessíveis.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Como transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music

Publicado

Veja como transferir as playlists
Tecnoblog

Veja como transferir as playlists

Migrar para outro serviço de streaming não precisa ser tão trabalhoso quanto se pensa. Com ajuda de alguns sites e aplicativos, você pode fazer isso sem ter que criar todas as suas listas de novo. Veja a seguir como transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music sem muito esforço.

Antes de começar, é válido destacar que em qualquer um dos serviços usados para a migração, as músicas de uma plataforma podem não fazer parte do catálogo da outra. Neste caso, estas faixas serão ignoradas e não serão listadas no novo streaming.

Não é possível realizar a migração de playlists entre serviços de streaming de forma nativa, mas com a ajuda de alguns sites, como o TuneMyMusic, você conseguirá fazer de maneira fácil a mudança de plataforma, sem a necessidade de criar manualmente todas as suas listas de novo. Veja como usar:

  1. Acesse o site TuneMyMusic e crie uma conta: Faça seu registro ao clicar no botão de login, no canto superior direito;

  2. Na tela inicial, clique em “vamos começar”;

  3. Selecione a plataforma de origem de suas listas: Aqui, você escolhe a plataforma que usa atualmente, no nosso caso, o Spotify;

  4. Será necessário fazer o login;

  5. Selecione a forma de escolher a playlist: É possível abrir e selecionar diretamente ou copiar a URL da playlist;

  6. Escolha quais músicas serão migradas: Você pode escolher a playlist inteira ou apenas algumas faixas;

  7. Selecione a plataforma de destino: Escolha o serviço para o qual você irá migrar, neste caso, o Amazon Music;

  8. Também será necessário confirmar o login na nova plataforma;

  9. Clique em começar: As músicas serão transferidas e o tempo do processo depende da quantidade de músicas selecionadas.

O plano gratuito permite que você transfira 500 músicas por vez. No plano Premium, que custa US$ 2 por mês no pagamento anual, é possível fazer toda a transferência de uma vez. De qualquer forma, é uma bela ajuda não precisar criar e configurar todas as listas manualmente.

Soundiiz

O Soundiiz é um site com plano gratuito para transferir suas playlists do Spotify para o Amazon Music, assim como no Tune My Music. Neste caso, a modalidade free permite que seja migrada uma lista por vez. Após fazer o login no Spotify através do site, basta selecionar uma para começar e escolher a plataforma de destino. Repita o processo para todas as suas playlists. Este serviço ainda conta com aplicativo para Android.

SongShift

O SongShift é um aplicativo para iOS que permite a migração de playlists do Spotify para o Amazon Music entre outros serviços de streaming. Para usar, basta fazer o login no serviço de origem, escolher aquela que deseja converter (assim como nos casos anteriores, o plano gratuito permite uma lista por vez), fazer o login na plataforma de destino e iniciar a transferência.

Como revogar as permissões de acesso na sua conta

Se você desistiu da ideia de transferir playlists do Spotify para o Amazon Music ou simplesmente não quer mais manter os serviços conectados, há como revogar o acesso.

Para o Tune My Music, ao entrar na sua conta, clique no canto superior direito, e então selecione “Configurações de conta”. Basta escolher os serviços conectados e clicar em “Desconectar”. Para os aplicativos, é necessário cancelar as permissões na área de permissão do aplicativo dentro do sistema operacional.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Tecnologia

Como transferir suas playlists do Spotify para o YouTube Music

Publicado

Veja como transferir suas músicas
Tecnoblog

Veja como transferir suas músicas

Se você está migrando para outro serviço de streaming e não quer ter todo aquele trabalho de criar ou configurar suas músicas preferidas novamente, não se preocupe! É possível transferir suas playlists do Spotify para o Youtube Music com a ajuda de alguns sites e apps.

Infelizmente, não há um processo nativo que permita a migração de playlists entre serviços de streaming, mas com a ajuda de alguns sites, como o TuneMyMusic, você conseguirá fazer de maneira fácil a mudança de plataforma, pois não será preciso realizar toda a configuração e montagem das listas novamente. Veja como usar:

  1. Acesse o site TuneMyMusic e crie uma conta: Faça seu registro ao clicar no botão de login, no canto superior direito;

  2. Na tela inicial, clique em “vamos começar”;

  3. Selecione a plataforma de origem de suas listas: Aqui, você escolhe a plataforma que usa atualmente, no nosso caso, o Spotify;

  4. Será necessário fazer o login;

  5. Selecione a forma de escolher a playlist: É possível abrir e selecionar diretamente ou copiar a URL da playlist;

  6. Escolha quais músicas serão migradas: Você pode escolher a playlist inteira ou apenas algumas faixas;

  7. Selecione a plataforma de destino: Escolha o serviço para o qual você irá migrar, neste caso, o YouTube Music;

  8. Também será necessário confirmar o login na nova plataforma;

  9. Clique em começar: As músicas serão transferidas e o tempo do processo depende da quantidade de músicas selecionadas.

Importante ressaltar que no plano gratuito há o limite de 500 músicas por sincronização. No plano Premium, que custa US$ 2 por mês no pagamento anual, é possível fazer toda a transferência de uma vez. De qualquer forma, é mais fácil migrar algumas playlists de cada vez ao invés de precisar configurar manualmente cada lista sua, não é mesmo?

Soundiiz

O Soundiiz é um site com plano gratuito para transferir suas playlists do Spotify para o YouTube, assim como no Tune My Music. Neste caso, a modalidade free permite que seja migrada uma lista por vez. Após fazer o login no Spotify através do site, basta selecionar uma para começar e escolher a plataforma de destino. Repita o processo para todas as suas playlists. Este serviço ainda conta com aplicativo para Android.

SongShift

O SongShift é um aplicativo para iOS que permite a migração de playlists do Spotify para YouTube entre outros serviços de streaming. Para usar, basta fazer o login no serviço de origem, escolher a playlist (assim como nos casos anteriores, o plano gratuito permite uma lista por vez), fazer o login na plataforma de destino e iniciar a transferência.

É válido destacar que em qualquer um dos serviços usados para a migração, as músicas de uma plataforma podem não fazer parte do catálogo da outra. Neste caso, estas faixas serão ignoradas e não serão listadas no novo streaming.

Como revogar as permissões de acesso na sua conta

Se você desistiu da ideia de transferir playlists do Spotify para o Youtube Music ou simplesmente não quer mais manter os serviços conectados, há como revogar o acesso.

Para o Tune My Music, ao entrar na sua conta, clique no canto superior direito, e então selecione “Configurações de conta”. Basta escolher os serviços conectados e clicar em “Desconectar”. Para os aplicativos, é necessário cancelar as permissões na área de permissão do aplicativo dentro do sistema operacional.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana