conecte-se conosco


Esportes

Futebol na França volta no dia 24 de julho com PSG em campo

Publicado


.

A Federação Francesa de Futebol (FFF) e a Liga Profissional da França (LFP)  anunciaram nesta sexta-feira (26) o novo calendário para a temporada 2020-2021. Contudo, ainda há duas partidas do calendário atual que precisam ser disputadas: a final da Copa da França e a final da Copa da Liga Francesa.

Durante reunião virtual, as duas entidades esportivas decidiram que o futebol no país retorna no dia 24 de julho, com a final da Copa da França,  entre Paris Saint Germain (PSG) e Saint-Etienne, no Estade de France. Já a final da Copa da Liga Francesa, entre PSG e Lyon, está programada para 31 de julho, também no Stade de France, às 15h45min (horário de Brasília).

Os dois confrontos poderão receber torcedores. O governo francês autorizou a participação de um público máximo de cinco mil pessoas em grandes eventos, estádios e óperas. A liberação vale a partir de 11 de julho, com encerramento no dia 1 de setembro. Contudo, há a possibilidade de relaxamento para a segunda metade de agosto.

De acordo com o jornal francês L’Equipe, o presidente da FFF, Noël Le Graët, pretende liberar 30% da capacidade do Stade de France, cerca de 24 mil torcedores, mas ele revelou que não “teria uma crise” se esse contingente não fosse possível.

Lembrando que a Ligue 1, primeira divisão do Campeonato Francês, decidiu finalizar a temporada  de 2019-2020 durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19), declarando o então líder PSG como campeão. A próxima temporada da Ligue 1 está marcada para começar no dia 23 de agosto, com a última rodada disputada em 23 de maio de 2021. Já a Ligue 2, segunda divisão da França, começa no dia 20 de agosto de 2020 e termina no dia 15 de maio de 2021.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

CBF adia CSA x Cuiabá na Série B. Alagoanos têm 20 casos de covid-19

Publicado


.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou o adiamento do jogo entre CSA e Cuiabá, que seria disputado no sábado (15), em Maceió, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time alagoano está com 20 jogadores contaminados pelo novo coronavírus (covid-19). Nesta quinta-feira (13), o Azulão confirmou mais dois casos positivos.

Esta é a segunda partida consecutiva do CSA que é adiada pela CBF. O duelo previamente agendado para a última quarta-feira (12), contra a Chapecoense, em Chapecó (SC), também foi postergado em razão dos casos de covid-19 no elenco alagoano. A entidade informou que, “oportunamente”, informará as novas datas para os duelos.

Dias antes da estreia na Série B, o Azulão teve nove jogadores diagnosticados com o vírus. Eles foram isolados e não entraram em campo diante do Guarani, no sábado (8). Apesar dos desfalques, a equipe alagoana venceu por 1 a 0. No domingo (9), o elenco foi submetido a novos testes, que detectaram mais nove infectados.

Série C

A terceira divisão nacional também teve um jogo postergado devido ao novo coronavírus. Com 14 casos confirmados no elenco, o Imperatriz teve o duelo contra a Jacuipense, em casa, adiado pela CBF. O clube do interior maranhense tem 19 atletas inscritos na competição. Ou seja, apenas cinco deles não estão infectados.

O Imperatriz ainda não pôde entrar em campo na Série C deste ano. A estreia na competição, que seria no domingo passado, contra o Treze, em Campina Grande (PB), foi suspensa. O clube, na ocasião, tinha 12 atletas contaminados. Os dois confrontos ainda serão remarcados pela CBF.

Nesta quinta, o time do Maranhão também anunciou a saída do técnico Paulinho Kobayashi. “Após conversa com a diretoria, o mesmo [Kobayashi] decidiu que não continuaria. O clube agradece ao extremo profissionalismo do técnico durante o tempo que esteve no comando do Cavalo”, declarou a agremiação, em nota oficial.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Leipzig vence Atlético e chega à semifinal da Liga pela primeira vez

Publicado


.

O RB Leipzig, da Alemanha, se classificou, nesta quinta-feira (13), pela primeira vez na história para as semifinais da Liga dos Campeões da Europa ao conquistar uma improvável vitória de 2 a 1 sobre o experiente Atlético de Madri, em partida realizada em Lisboa.

O meio-campista norte-americano Tyler Adams marcou o gol da vitória aos 43 minutos do segundo tempo, em um chute de fora da área que desviou no zagueiro Stefan Savic, do Atlético, e não deu chances ao goleiro Jan Oblak.

A equipe alemã havia aberto o placar no início da etapa final, com uma cabeçada do atacante espanhol Dani Olmo, mas, o até então desanimado Atlético, ganhou um sopro de ânimo quando o jovem português João Félix (maior contratação da história da equipe) entrou em campo, sofrendo e convertendo um pênalti aos 19 minutos.

O Atlético, vice-campeão da Liga dos Campeões nos anos de 2014 e 2016, parecia mais propenso a marcar o segundo gol, já que continuou pressionando no ataque.

No entanto, um contra-ataque pegou o time espanhol desprevenido e resultou no gol de Adams, que garantiu a vaga do Leipzig na semifinal, na qual enfrentará o PSG do atacante brasileiro Neymar.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana