conecte-se conosco


Tecnologia

Fuja de golpes online na Black Friday: saiba como identificar um boleto falso

Publicado

 

 

source
black friday golpe boleto
Unsplash/Bench Accounting

Veja como proteger sua segurança online durante a Black Friday

A Black Friday deste ano, marcada para a próxima sexta-feira (27), deve ser a mais digital de todos os tempos . De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, as vendas online devem crescer 77% em relação ao evento do ano passado. E mais gente comprando na internet significa, também, mais gente vulnerável a cair em golpes online .

Boa parte desses golpes  acontece na forma de pagamento. Dos R$ 1,3 bilhão em compras online que a antifraude Konduto analisou durante a Black Friday de 2019, mais de R$ 31 milhões eram de origem fraudulenta.

E na hora de aplicar golpes desse tipo, o foco dos cibercriminosos costuma ser os boletos . Geralmente, os golpistas criam sites falsos e enviam boletos faudulentos para os clientes – se eles realizam o pagamento, o dinheiro é roubado.

Por que os boletos são perigosos?

Um dos motivos pelos quais os boletos são grandes alvos de fraude  é a impossibilidade de estorno, permitido pelo cartão de crédito , por exemplo. Além disso, para ter para ter a opção de pagamento em cartão, as lojas digitais passam por vários requisitos de segurança , o que aumenta a credibilidade – e, justamente por isso, as lojas falsas oferecem apenas o boleto como forma de concluir a suposta compra.

A primeira dica para evitar cair em golpes financeiros, portanto, é justamente essa: evitar lojas que tenham o boleto como única forma de pagamento, e sempre preferir usar o cartão.

“O boleto bancário é o segundo método de pagamento mais utilizado no Brasil e, diferente dos cartões de crédito, é uma alternativa que não permite estornos. Os consumidores devem evitar, ao máximo, lojistas que tenham a intenção de finalizar a compra em aplicativos de conversas, na tentativa de convencê-lo a realizar uma transferência bancária com um super desconto. Com a chegada do Pix é preciso redobrar a atenção, uma vez que o pagamento é instantâneo e o dinheiro não tem volta”, afirma Ralf Germer, CEO e cofundador da PagBrasil, fintech brasileira de processamento de pagamentos para e-commerce.

Como evitar cair no golpe do boleto falso

Se você optar por fazer compras em boleto nessa Black Friday , é preciso se atentar a algumas questões. Boletos fraudados podem ser nomeados para outra empresa diferente da que foi realizada a compra ou podem ter o valor alterado, fazendo o cliente pagar mais caro do que o preço do produto. Confira as dicas para identificar um boleto falso:

  • Confira se os dados (nome e CNPJ) do beneficiário do boleto são os mesmos da loja online ou processadora de pagamentos utilizada pelo e-commerce em questão;
  • Confira se os dados do pagador são os seus;
  • Olhe os últimos dígitos do código de barras do boleto, porque ele se refere ao valor do documento. Se sua compra foi de R$ 543,21, por exemplo, os últimos dígitos do boleto devem ser 54321 – se não forem, é melhor não realizar o pagamento;
  • Veja se o código de barras está nítido. “O consumidor deve se atentar ao código de barras: ele representa a sequência de números do próprio boleto. Caso este campo esteja danificado ou com algum indício de violação, o cliente é ‘obrigado’ a digitar a sequência numérica, que pode ter sido alterada”, alerta Tom Canabarro, CEO e cofundador da Konduto.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Facebook permite exportar seus posts para Google Docs e WordPress

Publicado


source

Tecnoblog

Facebook libera novo recurso
Unsplash/NeONBRAND

Facebook libera novo recurso



Você já podia baixar todos os posts que publicou no Facebook ; agora, a rede social permite transferir esse conteúdo diretamente para serviços de terceiros. É possível migrar as publicações para o Google Docs e para o WordPress graças a uma integração lançada nesta segunda-feira (19). Explicamos a seguir como esse backup funciona.

Você viu?

A exportação faz parte do DTP (Data Transfer Project), projeto lançado em 2018 com apoio do Facebook , Apple , Google , Microsoft e Twitter para facilitar a transferência de dados entre serviços online. Graças a essa iniciativa, você consegue baixar suas fotos e vídeos para o Google Fotos e Dropbox .

Agora, o Facebook também permite que você coloque seus posts e suas anotações no Google Docs. Não dá para escolher as publicações: é tudo ou nada. E você precisará conceder duas permissões ao Facebook em sua conta Google:

  • ver, editar, criar e excluir apenas os arquivos do Google Drive que você usa com este app;
  • ver, criar e editar todos os arquivos do Documentos Google a que você tem acesso.

Esse acesso parece um pouco amplo: o Facebook precisa mesmo ter acesso a todos os documentos de texto que estão na minha conta? Pelo menos, ele não poderá ver outros tipos de arquivo que você guarda no Google Drive.

Feito o backup, seus arquivos ficarão em uma nova pasta chamada “Transferred Docs [data e hora]”. Cada documento tem o nome “Facebook Post: [data e hora]”. Eu uso a rede social em português, mas os títulos ficaram em inglês mesmo.

A migração tenta ao máximo preservar links, imagens e vídeos presentes nos posts, mas não consegue lidar com alguns itens mais complexos, tal como GIFs animados (só mostra o primeiro quadro) e enquetes (só aparece a pergunta que você fez, não as opções nem os resultados).

Como fazer backup de posts do Facebook no Google

Em meu teste, o processo foi bem fácil. Estes são os passos que você deve seguir:

  1. visite o site facebook.com/dtp e confirme sua senha;
    • você também pode seguir o caminho Configurações e Privacidade > Configurações > Suas informações no Facebook > Transfira uma cópia das suas informações.
  2. na página Transfira uma cópia das suas informações , selecione a opção Posts ;
  3. na seção Escolha o destino , selecione a opção Google Docs e clique em Avançar ;
  4. na página que se abre, faça login com sua conta do Google ;
  5. o Facebook pedirá acesso para colocar os arquivos no seu Google Drive, então clique em Permitir ;
  6. aguarde alguns minutos enquanto seus posts são transferidos.

Continue lendo

Tecnologia

YouTube bane novo canal de Sara Winter por desrespeito às regras

Publicado


source
Sara Winter tem canal do YouTube excluído
Reprodução

Sara Winter tem canal do YouTube excluído

O YouTube baniu o novo canal da extremista Sara Winter , que estava de fora da plataforma desde o ano passado. Em agosto, os  perfis de diversas redes sociais de Sara foram excluídos depois dela divulgar os dados pessoais de uma criança de 10 anos que foi estuprada .

De acordo com a coluna de Guilherme Amado na Época, o novo perfil de Sara Winter no YouTube tinha uma capa com a frase “back to the game”, ou “de volta ao jogo” em tradução literal.

Agora, ao entrar no canal, o YouTube exibe uma mensagem dizendo que a conta “foi encerrada por violar as diretrizes da comunidade” da plataforma do Google .

De acordo com as próprias regras do YouTube , quando um canal é banido, seu dono não pode criar outro. “Caso seu canal tenha sido encerrado, você não poderá usar, ter ou criar nenhum outro canal ou conta do YouTube. Quando um canal é encerrado, o proprietário dele recebe um e-mail com o motivo dessa decisão”, informa a plataforma.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana