conecte-se conosco


Nacional

França inicia operação para retirar chumbo de Notre-Dame

Publicado

source
Catedral de Notre-Dame arrow-options
Reprodução/The Washington Post

Catedral de Notre-Dame foi atingida por um incêndio em abril deste ano

A cidade de Paris, na França, inicia nesta terça-feira (13) uma operação de limpeza para retirar o chumbo presente na região da Catedral de Notre-Dame, que foi  devastada por um incêndio em abril passado.

De acordo com o ministério da Cultura do país, mais de 400 toneladas da substância que estavam na agulha e no teto do da Notre-Dame viraram fumaça. Após isso, as partículas caíram no chão da igreja e contaminaram a área.

A polícia parisiense cercou a famosa igreja com barreiras de proteção. A limpeza será realizada através de jatos de água de alta pressão e um detergente para facilitar a dispersão da substância. Em seguida, o produto será aspirado.

Leia também: Entenda a importância histórica da catedral de Notre-Dame, em Paris

No entanto, os trabalhos deverão levar um tempo. Somente para aplicar este detergente será necessário 24 horas. Já a retirada do produto poderá durar até cinco dias. Está previsto que o processo de limpeza da Notre-Dame só terminará em 23 de agosto.

Leia Também:  Menina de 6 anos chega morta em hospital no Rio e pai pede para ser preso

Por ser uma substância tóxica, a presença de chumbo na área da igreja deixou os parisienses em alerta. Segundo a Agência Nacional de Saúde, 18 dos 175 exames de sangue realizados ultrapassaram os limites aceitáveis de chumbo.

A substância entra no organismo por inalação ou ingestão.Uma vez no corpo, o chumbo pode prejudicar o funcionamento do sistema digestivo, afetar o sistema nervoso e até ocasionar problemas nos rins.

Leia também: Vídeos mostram destruição no interior da Catedral de Notre-Dame após incêndio

No dia 15 de abril de 2019, a Notre-Dame foi consumida pelas chamas e teve sua estrutura comprometida.

Fonte: IG Nacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Número de mortes por conta das chuvas em Minas Gerais chega a 30

Publicado

source
Maior parte das mortes ocorreram por deslizamentos de terra arrow-options
Telmo Ferreira/Agência O Globo

Maior parte das mortes ocorreram por deslizamentos de terra

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de Minas Gerais confirmaram no início da noite deste sábado (25) que já chega a 30 o número de mortes em decorrência das fortes chuvas em Belo Horizonte e na Região Metropolitana. A maior parte dos óbitos, afirmam os bombeiros, aconteceram em função de deslizamentos de terra.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, há mais 620 pessoas desalojadas, 911 desabrigadas e sete feridos. Os números devem continuar a ser atualizados.

O governador do estado, Romeu Zema (Novo) afirmou que “a situação está sob controle. Nós estamos trabalhando 24h por dia, mas como ainda há previsão de chuva e o solo já está encharcado, fica o alerta de que todos precisam colaborar”.

Zema também pediu que as pessoas acolham amigos e familiares que tenham sido afetados, mas garantiu que o Estado está acolhendo em abrigos aqueles que não tem para onde ir. 

A cidade de Belo Horizonte e a Região Metropolitana estão sofrendo as consequências das intensas chuvas que ocorrem na região desde a última quinta-feira (23). Já foram registradas ao menos 474 ocorrências desde o início dos temporais.

Leia Também:  ‘Paulo Guedes que define’, diz Bolsonaro sobre possível mudança no Coaf

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Nacional

Cerca de 9 mil pessoas estão desalojadas em Itaperuna por conta das chuvas

Publicado

source
Fortes chuvas castigam a cidade de Itaperuna arrow-options
reprodução / Twitter

Fortes chuvas castigam a cidade de Itaperuna

Cerca de 9 mil pessoas estão desalojadas na cidade de Itaperuna devido às fortes chuvas que assolam as regiões Norte e Noroeste do estado do Rio nos últimos dias. O número de desalojados corresponde a quase 10% da população local. Não há, no entanto, registro de pessoas desaparecidas ou feridas gravemente até o momento. Segundo a Defesa Civil da cidade, 11 famílias estão desabrigadas e estão recebendo o apoio da prefeitura.

Leia também: Mortes em decorrência das chuvas em Belo Horizonte e região chegam a 14

– O nível do Rio Muriaé subiu bastante na madrugada de sexta para sábado. Já está em quase 6 metros. Enviamos um alerta vermelho para a população na sexta-feira. É muita água. Nossa previsão é de que a água continue subindo até a noite de domingo. Todo o equipamento da prefeitura está à disposição no momento. Criamos um gabinete de crise na semana passada, já vinhamos monitorando e traçando metas. Preparamos as escolas para abrigar as pessoas, com assistente sociais e psicólogos – diz Franciney Luiz de França, secretário da Defesa Civil de Itaperuna.

Leia Também:  Deltan Dallagnol cogitou se candidatar a senador em 2018, revelam novos diálogos

A situação das chuvas também preocupa municípios vizinhos. Segundo a Rádio Itaperuna, a cidade de Bom Jesus de Itabapoana já contabiliza 22 famílias desabrigadas até o momento. Em Porciúncula, a Cedae teve de interromper temporariamente o funcionamento da estação de tratamento de água da cidade devido nível elevado de água do Rio Carangola. Os municípios de Italva, Laje do Muriaé, Natividade e Cardoso Moreira também estão afetados por conta das chuvas.

CHUVAS EM MINAS GERAIS

As chuvas em Minas Gerais já deixaram ao menos 14 mortos no estado. De acordo com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais, 16 pessoas estão desaparecidas. Ao todo, 2.590 pessoas estão desalojadas e 911 estão desabrigadas. Trinta e seis cidades foram afetadas em todo o estado.

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana