conecte-se conosco


Cuiabá

Formas de empreendedorismo são ensinadas no Programa Qualifica Cuiabá 300

Publicado

José ferreira

No curso de confeiteiro, ofertado pela Prefeitura de Cuiabá, por meio do Qualifica Cuiabá 300, além de apreenderem a fazer deliciosas receitas de bolos, doces e biscoitos, as alunas estão descobrindo as ferramentas certas do empreendedorismo. Muito mais que produzir, elas desenvolvem a capacidade de criar evitando o desperdício para obter maior lucratividade.

Prova disso é a aluna Daniele de Araújo Lopes. Apesar da pouca idade, a jovem de 20 anos, casada e com uma filha de 4 anos, buscou o curso oferecido pelo programa para conseguir a renda que precisa para reformar a sua casa. Ela conta que apenas com o salário do marido é mais difícil realizar a obra.

“Além de aprender uma profissão, que é muito bom para a gente que tem filho pequeno e não pode trabalhar fora, com essa qualificação vou conseguir o valor que preciso. Com seis meses de trabalho, produzindo bolos e biscoitos, vou juntar os R$ 900 mensais que preciso para pagar a parcela. Estou muito empolgada e cheia de expectativas”, contou ela.

Leia Também:  1ª dama reconhece contribuição de famílias tradicionais nas festividades dos 300 anos

A professora Arlete Gotzsch confirmou a fala da aluna. Segundo ela, o Qualifica 300, que é ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), em parceria com o Município, é o caminho certo para quem quer ser um bom empreendedor, se destacar no mercado de trabalho e ganhar o seu próprio dinheiro.

Uma das receitas produzidas foi o bolo de limão com mousse e de fubá com recheio de goiabada. O gasto com produtos para produção foi de pouco mais de R$ 10. Para venda, o valor cobrado pode ser de até R$ 25,00. “Ensinamos e damos todas as dicas. Basta ter apenas força de vontade e querer o melhor para si e para família”, garantiu a professora.

O curso de confeiteiro é realizado no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do bairro Pedra 90, com cerca de 50 participantes nos três turnos, manhã, tarde e noite.  

QUALIFICA

Essa é a 2ª edição do Programa Qualifica 300, idealizado pela primeira-dama Márcia Pinheiro e coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh). As atividades são todas realizadas em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Leia Também:  Toninho de Souza entrega honraria dos 300 anos

Os cursos oferecidos foram divididos em três etapas, sendo que a primeira encerrou as atividades no dia 13 de setembro e essa segunda, que está em andamento, irá terminar no dia 18 de novembro.

3ª ETAPA

As inscrições para a 3ª etapa do Qualifica Cuiabá 300 já estão abertas. Os interessados devem comparecer nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da Prefeitura de Cuiabá. O início das aulas está previsto para o dia 20 de janeiro e término em 17 de março de 2020. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Nova linha de ônibus é implantada para atendimento da demanda do HMC

Publicado

Luiz Alves

A prefeitura de Cuiabá criou a linha de ônibus 251 para atender a demanda de transporte coletivo do Hospital Municipal de Cuiabá – Dr. Leony Palma de Carvalho, que teve sua sexta e última etapa inaugurada nesta segunda-feira (18).

A medida, adotada pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), possibilitará uma maior agilidade no percurso que sai da Estação Alencastro, no centro de Cuiabá, direto para o hospital.

De acordo com a Semob a previsão é de que a nova linha atenda, a partir desta quarta-feira (20), cerca de 2 mil passageiros por dia. “Para a localidade já existia a linha 380, recentemente inaugurada, que liga a região do CPA, Jardim Vitória, Rodovia Emanuel Pinheiro sem passar pelo centro, ao HMC. Outra que já fazia a rota é a 250, que também saí da Estação Alencastro, passa pela unidade hospitalar e finaliza a viagem no Terminal da Antártica”, comenta o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

Segundo o diretor da Pasta, Nicolau Budib, ainda continua em análise o incremento de novas linhas para atendimento da demanda da região. Caso haja maior necessidade, o aumento na circulação ou a colocação de mais ônibus será adotado pelo Município.

Leia Também:  SUGESTÃO DE PAUTA – Sexta ponte de concreto é entregue no Aguaçu

“Agora, com o HMC funcionando em sua totalidade, sabemos que o fluxo será bem maior. Por isso, de imediato já colocamos essas linhas à disposição da população. É claro que este é um primeiro passo dentro de nosso planejamento de mobilidade e continuamos observando o desempenho. Nossa intensão é sempre garantir ao usuário a maior celeridade e conforto possível durante a viagem e, nesse sentido, também instalamos um ponto de embarque e desembarque dentro do hospital”, explica o diretor. 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Continue lendo

Cuiabá

Segunda etapa da vacinação contra sarampo começou nesta segunda (18)

Publicado

Davi Valle

Começou nesta segunda-feira (18) a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Nesta fase o público-alvo é de adultos não vacinados de 20 a 29 anos. Para eles serão aplicadas as doses da vacina Duplo Viral, que protege contra o Sarampo e a Rubéola. Esta segunda etapa será realizada até o dia 29 de novembro, e no sábado (30) acontecerá o “Dia D”.

Segundo a Responsável Técnica (RT) de Imunização da Secretaria de Saúde de Cuiabá, Sandra Horn, o público alvo foi definido com base no calendário nacional de vacinação e ainda levando em conta as idades pontuadas pelos boletins epidemiológicos como mais suscetíveis a desenvolverem a forma grave da doença, podendo inclusive levar à morte. “Além da idade prevista no calendário nacional de vacinação, o Ministério da Saúde considerou as idades que, segundo as notificações da vigilância epidemiológica, apresentaram maior incidência em desenvolver casos mais graves onde a possibilidade de óbitos é de 0,80 por 100.000 habitantes. Por esta razão, embora Mato Grosso não possua nenhum caso confirmado de Sarampo, a Capital segue a orientação do MS, com disponibilização das doses em todas as salas vacinais (exceto as que estão em reforma)”, explica a RT. 

Leia Também:  SUGESTÃO DE PAUTA – Sexta ponte de concreto é entregue no Aguaçu

Sandra ressalta que a campanha de vacinação para as crianças ainda está valendo. “A intensificação da vacina contra sarampo para crianças de seis meses a menores de cinco anos que não receberam nenhuma dose ainda continua. Para esta faixa etária é destinada a vacina Tríplice Viral, que além do Sarampo, protege contra a Caxumba e a Rubéola. Estaremos com toda a equipe das unidades básicas de saúde de prontidão para atendermos com muita humanização e, sobretudo, tirarmos dúvidas a respeito dessa grave doença que depois de erradicada, voltou a ter notificações”, ressalta.

*SARAMPO*

Já considerado erradicado no Brasil desde 2016, este ano, o Sarampo voltou a ser notificado devido à baixa cobertura vacinal. É uma doença altamente contagiosa causada pelo vírus do sarampo (Measles morbillivirus). Os sinais e sintomas iniciais geralmente incluem febre, muitas vezes superior a 40 ºC, tosse, corrimento nasal e olhos inflamados. Dois ou três dias depois do início dos sintomas formam-se no interior da boca pequenos pontos brancos, denominados sinais de Koplik. Entre três a cinco dias depois do início dos sintomas aparece uma mancha vermelha e plana que geralmente tem início na face e daí se espalha para o resto do corpo.

Leia Também:  Prefeito e Caixa Econômica entregam 360 casas do Residencial Nico Baracat I

Os sintomas começam a se manifestar entre dez e doze dias depois do contágio e duram entre sete a dez dias. Em cerca de 30% dos casos ocorrem complicações, as quais podem incluir, entre outras, diarreia, cegueira, inflamação do cérebro e pneumonia.

O sarampo é transmitido facilmente por via aérea através da tosse e espirros de uma pessoa infectada. Pode também ser transmitida pelo contato com a saliva ou secreções nasais. Nove em cada dez pessoas que não estão imunizadas e partilham um espaço com uma pessoa infectada contraem a doença. As pessoas infectadas podem infectar outras pessoas desde quatro dias antes até quatro dias depois do aparecimento da mancha vermelha. As pessoas geralmente só contraem a doença uma única vez na vida. A confirmação do vírus em casos suspeitos por meio de exames é importante para a saúde pública.

A vacina contra o sarampo é eficaz na prevenção da doença, diminuindo em 75% o número de mortes.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana