conecte-se conosco


Carros e Motos

Ford terá novo hatch compacto global para substituir o Fiesta, em 2022

Publicado


Ford Fiesta Active branco rodando na estrada
Divulgação

Ford Fiesta Active vendido atualmente na Europa deverá servir de inspiração para o novo compacto global da marca

Embora a Ford esteja deixando de apostar em hatches e sedãs, a marca não ficará com um compacto que fará as vezes do Fiesta, de acordo com o site americano Automotive News, que entrevistou o vice-presidente de gerenciamento da linha de produtos, Jim Baumbick.

 LEIA MAIS: Os números que explicam o que levou a Ford a fechar sua fábrica em São Paulo

De acordo com o que disse o executivo ao site americano, o novo compacto chegará em 2022, que vai ocupar o lugar que hoje é do Fiesta em alguns mercados, como o dos Estados Unidos. No Brasil, o modelo deixou de ser produzido depois da decisão da Ford de fechar a linha de montagem em São Bernardo do Campo (SP). 

O novo compacto será apenas um dos nove lançamentos globais que a Ford prepara até 2023. O carro será feito a partir de uma das cinco plataformas que a Ford tem atualmente. Dentro de três meses será apresentado do protótipo. O novo modelo ainda tão tem nome e não existe nenhuma ideia de como será.  

Ford entrará em uma nova era


Protótipo do Ford Bronco, prateado
Divulgação

Ford Bronco conceitual poderá servir de base para o novo SUV compacto que está previsto para chegar em 2020

Entretanto, o preço não poderá passar dos U$ 15 mil nos EUA e, para isso o carro terá que ser de concepção simples. Além disso, terá que ter aspecto de crossoover para ficar alinhado com os novos SUVs que a marca vem atualmente em seu portifólio. E ter quatro portas, condição importante para atender às famílias.

LEIA MAIS: Ford anuncia fechamento de fábrica em São Paulo e fim do Fiesta no Brasil

O resultado final deverá ficar parecido com o Fiesta Active da foto acima, vendido atualmente vendido na Europa. Mais informações sobre a novidade deverão ser reveladas ao longo do tempo, conforme for chegando a uma data mais próxima do lançamento.

Além do novo hatch global de baixo custo também faz parte do plano de lançamentos futuros da Ford no mundo uma picape menor que a Ranger, com estrutura monobloco, que deverá ser vendida no Brasil para entrar na briga com Fiat Toro, Renault Oroch, além de um novo modelo da GM e a VW Tarok. 

LEIA MAIS: Ford descontinuará Fiesta, Focus e Fusion nos Estados Unidos

Ainda na lista dos nove novo modelos da Ford que serão lançados dentro dos próximos quatro anos também  estará um novo SUV compacto, que está sendo cotado como o novo Bronco, que será vendido em dois tamanhos. 

Fonte: Automotive News

Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Ford planeja inaugurar serviço de carros autônomos em 2021

Publicado

source

Olhar Digital

ford arrow-options
Flávio SIlveira

Ford Ranger XLS

A Ford anunciou que pretende lançar um serviço comercial de carros autônomos nos Estados Unidos em 2021. Por enquanto, a montadora está realizando testes do que ela acredita ser um facilitador do acesso a transportes, mercadorias e empregos.

Leia também: Carregamento sem fio deve ser o futuro dos carros elétricos

O principal foco da companhia é priorizar a experiência do cliente para que os usuários se sintam confiantes para repetir as viagens “Não há atalhos quando se trata do lançamento de um serviço de veículos autônomos. Precisamos que as pessoas confiem o bastante na nossa tecnologia para entrar no veículo e, depois, amem a experiência o bastante para voltar”, explicou Jim Farley, presidente de Novos Negócios, Tecnologia e Estratégia da Ford .

Para garantir que o serviço tenha procura, será necessário atender às expectativas dos usuários quanto à limpeza, manutenção, recuperação e durabilidade dos veículos autônomos utilizados.

Para isso, a Ford contratou Scott Griffith, ex-CEO da Zipcar, empresa de compartilhamento de carros, para comandar sua divisão de veículos autônomos . “Scott está assumindo o papel crítico de liderar o desenvolvimento e a execução de nossa estratégia de entrada nesse mercado. Ele conhece os desafios de lançar um novo serviço de mobilidade com operações em larga escala, que envolvem uma mudança fundamental no comportamento do consumidor: a troca da propriedade do carro pelo seu compartilhamento”, acrescentou Farley.

Agora, durante o período de testes, o serviço funcionará apenas em algumas cidades estadunidenses, mas a intenção da montadora é expandir o segmento futuramente. “Operar em um número limitado de cidades nos permitirá definir o modelo de negócios, a experiência do cliente e ter uma compreensão ampla das parcerias necessárias para lançar um serviço totalmente novo. Vencida essa etapa inicial, o avanço nas próximas cidades será muito mais fácil”, afirmou Farley.

Via: TI Inside

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

Primeiro SUV elétrico da Audi chega ao Brasil em abril

Publicado

source
audi arrow-options
Divulgação

O E-tron será o primeiro veículo SUV da Audi à base de eletricidade

Olhar Digital

Com a onda dos carros elétricos chegando ao Brasil, a Audi anunciou, na última quinta-feira (20), que estreará seu segmento no país com o E-Tron, primeiro SUV da marca à base de eletricidade.

Leia também: Nissa terá novo SUV global abaixo do Kicks; veja o teaser

Além de divulgar que o e-tron está prestes a chegar ao país, a montadora alemã apresentou as informações técnicas e preços do veículo. Para começar, a autonomia do carro elétrico é bem alta e não deve deixar seus usuários na mão. Com uma carga completa, o SUV pode percorrer até 436 km.

Quanto à eletricidade, o e-tron pode receber cargas de até 80% em um intervalo de 30 minutos se estiver conectado a estações rápidas com potência de 150 kW. O usuário pode optar, também, por utilizar a Wallbox, sistema de carregamento incluso no preço do veículo, que possui 22 kW e demora quatro horas e meia para fornecer uma recarga completa.

O veículo, que já está em pré-venda por R$ 490 mil desde novembro de 2019, conta com emissão neutra de CO² em seus dois motores elétricos com potência de 300 kW, o equivalente a 408 cavalos e velocidade máxima de 200 km/h.

Seus retrovisores externos são, na verdade, câmeras. Chamados de retrovisores virtuais, os dispositivos permitem melhor visualização durante qualquer período do dia, se destacando, inclusive, em viagens noturnas.

Diferentemente das especificações, o preço não é dos mais atrativos: o modelo de entrada custa R$ 459.990. Para quem já tem um Audi, a boa notícia é que podem ser descontados até R$ 20 mil do valor integral como bônus pela valorização do usado.

E quanto à recarga do veículo? A Audi informou que investirá R$ 10 milhões para criar 200 estações pelo país até 2022. 

Leia também: Audi Q3 retorna totalmente renovado para enfrentar os rivais

O modelo será vendido em 14 concessionárias do país, dentre elas: nas cidades de Barueri (SP), Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Londrina (PR), Florianópolis, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Vitória, além de três apenas na capital paulista. Segundo a assessoria, as lojas estarão preparadas com atendimento de técnicos especializados em venda e manutenção.   

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana