conecte-se conosco


Policial

Força-tarefa prende três que tentavam arrombar banco na Capital

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma tentativa de furto mediante quebra de parede foi frustrada na noite desta segunda-feira (08), pela força-tarefa composta pela Polícia Judiciária, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (Saap) e Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Seop/MJSP). 

Três suspeitos foram presos em flagrante na ação que envolveu policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Polícia Federal e Gerência de Operações Especiais (Goe), após monitoramento da força-tarefa, que identificou que os criminosos planejavam furtar a agência do Banco do Brasil da Avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá.

Foram presos: Bruno Figueiredo de Carvalho, 19 anos, que foi baleado na ação e encontra-se hospitalizado no Pronto Socorro Municipal de Cuiabá; e Geovanni Mesquita Jesus e Adriano Atislan da Silva, ambos são maiores de idade. Todos os três tem passagens criminais, sendo Giovanni por tentativa de furto de uma agência do banco do Brasil, em Cuiabá, pela qual havia sido preso em 2018.

Leia Também:  Fiscalização de trânsito aborda 50 veículos em Juína e prende cinco motoristas embriagados

Os três serão autuados em flagrante por tentativa de furto triplamente qualificado e associação criminosa.

 

No domingo, por volta das 21h30, os policiais identificaram que criminosos estavam escondidos dentro de uma restaurante, ao lado do Banco do Brasil, na Carmindo de Campos, fazendo um buraco na parede para ter acesso ao dinheiro dos caixas eletrônicos e cofre da agência. Os suspeitos usavam várias ferramentas (furadeiras, discos de corte, martelos) e outros equipamentos para abrir a parede, mas foram interceptados pelos policiais que cercaram toda a quadra da agência.

Oito equipes fizeram o cerco na área e no momento que os criminosos tentavam fugir,  pulado os muros das casas, dois deles foram flagrados em cima do telhado de um imóvel. Um estava com um simulacro de arma nas mãos e foi atingindo com um disparo na perna e outro se rendeu aos policiais.

O terceiro criminoso foi preso na frente do banco. Ele fazia  a vigilância do local e com um telefone passava o tempo todo conversando com os comparsas nos fundos do restaurante.  

Leia Também:  Polícia Civil cumpre 63 mandados contra duas organizações atuantes em jogos de azar em MT

O delegado adjunto da GCCO, Frederico Murta, informou que os dois criminosos que estavam dentro do estabelecimento já tinham conseguido quebrar boa parte do concreto da parede dupla do banco, quando interceptados pelas equipes policiais. A parede dava direto à área dos caixas eletrônicos do banco, a qual não tiveram acesso.

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Cinco pessoas são presas suspeitas de envolvimento com jogo do ‘bicho’; grupo teria movimentado R$ 156 mil

Publicado

Foram presos três homens e duas mulheres que responderão por contravenção penal e outros crimes [F – PJC]

Três homens e duas mulheres, integrantes de uma associação atuante na prática de jogos de azar, foram presos pela Polícia Judiciária Civil no município de Colíder (650 km ao Norte de Cuiabá), durante operação “Loterias” deflagrada na terça-feira (15), visando desarticular pontos de venda de jogo do bicho na cidade.

Além das prisões, a operação resultou na apreensão de cerca de R$ 3,7 mil em dinheiro, e de diversos materiais utilizados para contravenção penal. Segundo as investigações, nos últimos meses a quadrilha movimentou ilegalmente mais de R$ 156 mil.

J.S.R., 66, L.X.M.P., 21, V.V.S., 32, e as mulheres, D.S.C., 36, e K.C.S.,28, responderão por crimes de falsificação, corrupção, adulteração de produtos destinados para fins terapêuticos, além da contravenção penal de jogo do bicho.

A operação “Loterias” foi realizada após várias denúncias sobre a prática de jogos de azar, tipo jogo do bicho, ocorrendo na região. Durante diligências iniciadas há cerca de cinco meses, os investigadores conseguiram identificar os envolvidos.

Leia Também:  Polícia Civil prende trio que manteve família refém em roubo a residência

Segundo apurado, a suspeita K.C.S.,28 atuava como gerente do jogo do bicho em Colíder, responsável pela distribuição das maquininhas e pela arrecadação dos valores proveniente da venda de bilhetes.

A segunda investigada, D.S.C., 36, utilizava do guichê de venda de passagens de uma empresa particular no terminal Rodoviário de Colíder para vender os bilhetes do jogo de azar. As duas foram detidas pelos policiais civis no guichê onde D.S.C. ficava.

Os outros três indivíduos seriam responsáveis pela vendas dos bilhetes do jogo do bicho, em diferentes pontos da cidade. O trio foi abordado cada um em seu respectivo endereço de atuação.

Foram apreendidos com os suspeitos: estimulantes sexuais de origem paraguaia e venda proibida no Brasil, aproximadamente R$ 3,7 mil em notas trocadas, vários extratos bancários, oito máquinas de jogo, diversas tabelas de bichos com valores e numeração dos animais, impressoras, notebooks, entre outros materiais.

Conduzidos à Delegacia de Colíder, os cinco foram ouvidos pelo delegado Ruy Guilherme Peral da Silva, ocasião em que colaboraram com as investigações. Na delegacia foi verificado através das máquinas apreendidas, que o grupo contraventor movimentou nos últimos cinco meses mais de R$ 156 mil.

Leia Também:  Fiscalização de trânsito aborda 50 veículos em Juína e prende cinco motoristas embriagados

Conforme o delegado, as investigações continuam com objetivo de identificar outros possíveis envolvidos, bem como verificar as possibilidades da existência de outros crimes, como lavagem de dinheiro.

Continue lendo

Policial

PRF ministra palestra sobre segurança e prevenção de acidentes no SENAI

Publicado

Os temas como uso do celular, ultrapassagens indevidas e o consumo de bebidas alcoólica também foram debatidos.

A Polícia Rodoviária Federal em Rondonópolis realizou nessa terça-feira (15), uma palestra aos alunos e colaboradores do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). O evento teve como tema Direção Defensiva e cuidados no trânsito, sendo abordados as questões relativas a segurança e prevenção de acidentes.

Estiveram presentes no evento 130 pessoas, que participaram do debate fazendo questionamentos, tirando dúvidas sobre as leis de trânsito, fazendo com o que o evento se tornasse produtivo e gratificante ao palestrante e aos organizadores.

“Essas ações visam uma cultura de paz e segurança no trânsito” disse o palestrante PRF Glauber Vargas.

Nucom PRF MT

Fonte: PRF MT
Leia Também:  Operação integrada apreende 6 armas de fogo em deflagrada em Nova Monte Verde
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana