conecte-se conosco


Esportes

Fluminense goleia Coritiba e encosta no G4

Publicado


Em noite de estreia de terceiro uniforme, o Fluminense espantou a má fase, goleou o Coritiba por 4 a 0, nesta segunda (28) no Maracanã, e encostou no G4 do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o Tricolor chegou a 17 pontos, na 7ª posição. O Coritiba permanece com 11 pontos, na 16ª colocação.

Fragilidade do Coritiba, Intensidade do Tricolor

O Fluminense começou a todo vapor e abriu o placar logo aos 7 minutos. Wellington Silva tocou para Michel Araújo. O camisa 15 acertou um foguete de perna esquerda, no ângulo do goleiro Wilson e fez um golaço. Foi o primeiro gol do uruguaio em partidas oficiais pelo Fluminense, justamente no dia de seu aniversário de 24 anos.

Aos 13 minutos, o Tricolor quase ampliou. Escanteio cobrado pela esquerda e Nino cabeceou, livre, à direita do gol do Coritiba. Quatro minutos depois, Wellington Silva arriscou de fora da área e obrigou Wilson a fazer boa defesa em dois tempos.

Depois da blitz tricolor, o Coritiba começou a assustar. Aos 29 minutos, Matheus Bueno chutou de perna esquerda no cantinho de Muriel, que espalmou para escanteio. A chance do empate veio aos 41 minutos. Robson recebeu cruzamento da esquerda e, na cara do gol, chutou para fora.

O Coritiba voltou melhor no segundo tempo e quase empatou aos 9 minutos, novamente com Robson. O camisa 30 arriscou de fora da área e a bola explodiu na trave esquerda de Muriel. No pior momento do Fluminense na partida, o Tricolor ampliou.

Igor Julião lançou Felippe Cardoso, que havia acabado de entrar no lugar de Fred. O atacante dominou, driblou Wilson e rolou para marcar o segundo. O Coritiba sentiu e o Fluminense aproveitou.

O terceiro gol saiu de bola parada, aos 26 minutos. Nenê cobrou falta da intermediária pela direita, Matheus Ferraz escorou para trás e Nino, sozinho na pequena área, completou para o gol. A equipe visitante quase diminuiu aos 33 minutos, novamente com Robson. Ele tentou de cobertura de fora da área e a bola bateu no travessão tricolor.

A resposta do Fluminense foi com mais um gol. Em contra-ataque puxado por Dodi, Natanael derrubou o volante dentro da área, cometeu pênalti, e recebeu cartão vermelho. Ganso foi para cobrança e fez o quarto, aos 41 minutos, para fechar a goleada.

Na próxima rodada, o Fluminense enfrenta o Botafogo, domingo (4) às 11h no Estádio Nilton Santos. O Coritiba recebe o São Paulo, no mesmo dia às 16h no Couto Pereira.

Veja a classificação atualizada da Série A do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Série D: Bangu mira reabilitação e Toledo busca primeira vitória

Publicado


Bangu-RJ e Toledo-PR se enfrentam neste sábado (24), às 15h (horário de Brasília), em Moça Bonita, no Rio de Janeiro, pela nona rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Os times buscam encerrar jejuns de vitórias, mas vivem realidades bem diferentes. Os cariocas não vencem há três partidas, mas estão na briga pela zona de classificação do grupo 7. Os paranaenses não ganharam nenhum jogo e ocupam a lanterna da chave. A partida será transmitida ao vivo pela TV Brasil.

Os times se reencontram 10 dias após empatarem por 1 a 1 no estádio 14 de Dezembro, em Toledo (PR), pela quinta rodada, debaixo de muita chuva. Os gols saíram na etapa final. Aos 15 minutos, o atacante Anderson Lessa abriu o marcador para o Bangu. Nos acréscimos, o lateral Lucas Sampaio fez contra, empatando para o Toledo.

O Alvirrubro ocupa a sexta posição do Grupo 7, com os mesmos 12 pontos de FC Cascavel-PR (quarto colocado e último time no G-4) e Portuguesa-RJ (quinto), mas fica atrás no saldo de gols. Os cariocas, que chegaram a liderar a chave, desceram na tabela após as derrotas (3 a 1 e 3 a 0) para a Ferroviária-SP. O técnico Eduardo Allax ainda não tem Caio Cezar. O atacante trata um estiramento sofrido na partida em Toledo que o tirou dos jogos contra a Ferrinha.

O treinador só deve bater o martelo sobre o time na manhã deste sábado. Se mantiver a formação, a escalação terá: Luciano; Eduardo Grasson, Lobão, Gabriel Gomes e Lucas Sampaio; Felipe Dias, Juliano e Vinícius Miller; Trindade, Felipinho e Anderson Lessa.

Em último lugar, o Toledo somou apenas um ponto em oito partidas, justamente o do empate com o Bangu. Para a disputa da Série D, o clube fez parceria com empresários da Bahia e apresentou o elenco com 29 atletas, sendo alguns da parceria, além do técnico Davi Lima. Após a goleada por 6 a 0 sofrida para o Mirassol-SP, ainda na terceira rodada, o treinador e nove jogadores deixaram a equipe.

O Porco passou a ser comandado por José Maria Barbosa, o Zé Maria, que assumiu o time interinamente na reta final do Campeonato Paranaense e evitou a queda à segunda divisão. Na ocasião, ele substituiu o ex-lateral Paulo Baier (com passagens como jogador por equipes como Palmeiras, Goiás, Criciúma e Athletico-PR). O grupo atual tem, principalmente, atletas jovens e formados no Toledo, além de reforços que chegaram com a Série D em andamento. Segundo o clube, no duelo anterior contra o Bangu foram utilizados oito jogadores da base.

O principal desfalque é Mariotto, autor de três dos seis gols da equipe na competição. O atacante de 24 anos, revelado pelo Fluminense, sofreu uma lesão de ligamento no início do mês e está fora da Série D. Se repetir a equipe derrotada pela Cabofriense-RJ, na última quarta-feira (21) por 2 a 0, Zé Maria mandará a campo: Diego; Murilo Batalha, Chiesa, Henrique e Carlinhos; Coutinho, Gabryel, Felipe Recife e Rômulo; Robinho e David.

Também no sábado há apenas outra partida iniciando às 15h. Em Ceará-Mirim (RN), no estádio Barrettão, o Globo-RN enfrenta o Floresta-CE pelo grupo 3. Os outros jogos do grupo 7 ocorrem no domingo. Às 15h, a Cabofriense recebe a Ferroviária em Cabo Frio (RJ). Às 16h, em Cascavel (PR), o time da casa mede forças com o Nacional de Rolândia-PR. Já às 19h, a Portuguesa visita o Mirassol, no interior paulista.

Confira a classificação da Série D do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Fórmula 1: Verstappen e Stroll batem em treino para GP de Portugal

Publicado


Max Verstappen e Lance Stroll colidiram durante um segundo treino tumultuado para o primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1 de Portugal em 24 anos. Na atividade realizada nesta sexta-feira (23), Valtteri Bottas ditou o ritmo da campeã Mercedes.

A tarde foi interrompida por duas bandeiras vermelhas, a primeira quando Pierre Gasly, da AlphaTauri, parou com o carro em chamas, e depois quando a Red Bull de Verstappen e a Racing Point de Stroll se chocaram.

Verstappen xingou bastante no rádio da equipe depois do impacto quando ele tentava seguir o traçado interno, chegando a insinuar que Stroll é cego.

“Fiquei muito surpreso que ele tenha virado para dentro enquanto eu me aproximava dele. Não sei para onde eu teria que ir”, disse o holandês, que se recusou a se desculpar por seu palavreado. “Foi muito desnecessário”.

O chefe da Racing Point, Otmar Szafnauer, discordou: “Posso garantir 100% que Max sabia que Lance estava lá (…). Mas Lance não sabia que Max estava lá. É muito simples para mim”.

Mesmo assim, Verstappen encerrou o dia como segundo mais veloz, atrás de Bottas. Lewis Hamilton, heptacampeão de F1 da Mercedes, cravou o segundo melhor tempo da manhã e o oitavo depois do almoço.

Lando Norris, da McLaren, ficou em terceiro à tarde, à frente de Charles Leclerc, da Ferrari.

Bottas foi o mais rápido nas atividades da manhã e da tarde, mantendo o hábito de liderar nas sextas-feiras, com um melhor tempo geral de 1min17s940 no circuito de Algarve.

Pela oitava corrida seguida, incluindo a de Nuerburgring, onde os treinos só começaram no sábado por causa do tempo ruim, o nome de Bottas liderou os cronômetros.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana