conecte-se conosco


Geral

Fiscalização flagra bares e restaurantes abertos após as 21 horas e clientes sem máscara em Cuiabá

Publicado

Os flagrantes ocorreram na Praça Popular, avenida Beira Rio e bairro Jardim Imperial

Equipe de fiscalização da Secretaria de Ordem Pública realizou ação planejada em bares e restaurantes da capital na noite desta sexta-feira (31). De caráter preventivo e orientativo, a ação dos fiscais foi acompanhada por efetivo da Secretaria de Mobilidade Urbano e a Polícia Militar. As equipes percorreram regiões de grande movimentação de pessoas, como Praça Popular, Avenida Beira Rio e Jardim Imperial.

A ação conjunta teve início por volta das 20h na Praça Popular, local em que aglomerações foram constatadas após decreto Estadual que liberou atividades econômicas não essenciais. Ao chegar ao local, equipe da Polícia Militar com cerca de 20 oficiais realizou abordagem de pessoas que circulavam sem máscara para orientar a necessidade do cumprimento da medida de segurança. Ao mesmo tempo em que fiscais da Semob atuaram na verificação da regularidade dos veículos e motoristas.

Próximo ao horário de finalização das atividades em decorrência do toque de recolher, a equipe da Secretaria de Ordem Pública orientou os empresários a comunicarem seus clientes do início do procedimento de fechamento de seus estabelecimentos.

“Infelizmente, o que a gente observou foi que a população que frequenta estes lugares não está cumprindo as medidas de biossegurança. E conversando com os comerciantes percebemos o receio deles quanto a cobrança de postura adequada aos clientes e mesmo de impor horário de encerramento das atividades e acabar perdendo o cliente. Para eles é fundamental o apoio da fiscalização na conscientização da população.”, comentou Rafael Mestre, fiscal da Sorp que coordenou a ação.

Além da Praça Popular, as equipes também atuaram na região da Avenida Beira Rio, local com grande concentração de bares. Como já passava das 21h, os comerciantes foram orientados a fechar os estabelecimentos e não houve resistência. Na Avenida Jaques Brunini, por volta de 21h45, ainda havia vários bares abertos com aglomerações de pessoas e música ao vivo. A Polícia Militar da base local já se encontrava no local quando da chegada da equipe de fiscalização. Naquele região, 4 bares foram autuados por descumprirem o horário permitido para funcionamento. Já no Jardim Imperial, a atuação foi direcionada as pessoas que consumiam bebidas no canteiro central da avenida principal do bairro, com orientação da Polícia Militar.

 

publicidade
1 comentário

1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Cuiabá abre processo seletivo com mais de 1,9 mil vagas e salários até R$ 3,5 mil

Publicado

As inscrições poderão ser feitas do dia 4 até 20 de dezembro

A Prefeitura de Cuiabá publicou o edital de processo seletivo simplificado para contratação temporária de prestação de serviços por tempo determinado e formação de cadastro de reserva com a disponibilização de 1.924 vagas para o ano letivo de 2021. O prazo de inscrição para os interessados vai de 4 a 20 de dezembro, somente pelo site do realizador do processo seletivo, o Instituto Selecon, no endereço www. selecon.org.br.

As vagas disponíveis e o cadastro reserva são para funções de níveis médio e superior, com remuneração de até R$ 3.567,59. As vagas de nível médio são para auxiliar de serviços gerais (ASG), condutor de veículos, instrutor de libras, intérprete de libras, técnica em nutrição escolar (TNE/Merendeira) e técnico em desenvolvimento infantil (TDI). Já as vagas de nível superior são para as funções de professor do ensino fundamental, professor com especialização em educação especial, bacharel em direito, fonoaudiólogo e psicólogo.

Calendário

A secretária interina de Educação de Cuiabá, Edilene de Souza Machado, ressalta que os interessados em participar do certame devem ler com atenção o edital e ficarem atentos aos prazos divulgados.

Ela lembrou ainda que as inscrições serão efetivadas com o pagamento de boleto bancário, emitido ao final do processo de inscrição, no valor de R$ 35 para as funções de nível médio técnico e nível médio, e de R$ 40 para as de nível superior e superior com especialização.

O candidato poderá solicitar isenção do valor da taxa de inscrição (dias 2 e 3/12), nas situações previstas no edital. A solicitação deve ser feita no momento da inscrição, e com o envio da documentação comprobatória via upload. Podem solicitar a isenção quem estiver desempregado ou receber até um salário mínimo ou for doador de sangue e/ou doador de medula óssea. O candidato poderá realizar uma única inscrição em um único cargo disponibilizado no edital.

Para tirar dúvidas ou obter mais informações, o Instituto Selecon prestará atendimento através dos seguintes canais:

Central telefônica (para informações e esclarecimentos):

Serviço de Atendimento ao Candidato (SAC): 0800 799 9905 – (65) 3653-0131 – (65) 3642-7184, (21) 25329638, (21) 2215-2131, (21) 2722-1698, (21) 2036-0563 e (21) 2036-0564, somente em dias úteis, das 9h às 17h.

 

Continue lendo

Geral

24 pessoas são vítimas de latrocínio em MT nos primeiros 10 meses deste ano

Publicado

No entanto, houve redução de 37% no número de latrocínios em comparação com o mesmo período de 2019

Mato Grosso registrou reduções nos principais índices criminais no período de janeiro a outubro deste ano. O levantamento é da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Superintendência do Observatório de Segurança, vinculada à Adjunta de Inteligência. As maiores reduções foram nos crimes de roubo seguido de morte (-37%); roubo, quando há violência ou ameaça (-31%); e furto (-30%).

O levantamento leva em conta os registros de Boletim de Ocorrências (BO) registrados nos 141 municípios do estado e é medido em relação aos primeiros 10 meses de 2020, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Neste ano, foram registrados 24 casos de roubo seguido de morte (latrocínio). Já em 2019 foram 38 ocorrências. Também em 2020, houve 8.273 queixas de roubos, contra 11.932 em 2019. Os furtos em 2020 foram 26.092, enquanto no mesmo período de 2019 ocorreram 37.504.

“Estes resultados refletem o bom trabalho dos policiais, investimento, e são reflexos também da organização da sociedade, das operações que nós fizemos e ainda têm resquícios da operação dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE). Recentemente, tivemos a inauguração de um raio na unidade, onde nós colocamos as principais lideranças das organizações criminosas e a ideia é continuar nessa mesma linha, construindo novos raios para poder realmente separar os presos condenados dos presos provisórios, presos de alta periculosidade dos de baixa periculosidade”, avalia o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

Já no caso de homicídio doloso, a queda foi de 0,9%. Este ano morreram 685 pessoas em Mato Grosso, contra 691 no mesmo período de 2019. “Estas ações também provocaram a diminuição do homicídio doloso, mas nossa meta é reduzir ainda mais. Agora, quando se percebe os outros delitos, o roubo seguido de morte, o roubo, as reduções alcançam mais de 30%, e isso é muito bom, muito significativo. É atividade de inteligência ajudando na parte operacional. Nós melhoramos a qualidade das viaturas e isso já deu um impacto muito bom”, destaca Bustamante.

Ainda segundo o gestor, a meta é que no próximo ano as ações sejam ampliadas, porque o Governo de Mato Grosso vai investir ainda mais na segurança pública. “A gente espera que no ano de 2021 os números continuem em redução”.

Mais reduções

O total de veículos roubados e furtados no estado também reduziu. Foram 1.581 roubos em 2019 e 1.129 ocorrências em 2020, o que equivale a uma redução de 29%. Já os furtos de veículos saíram de 1.963 registros para 1.555, ou seja, -21%.

Quanto ao tráfico e uso de drogas, a redução foi de 14%, passando de 5.564 ocorrências no ano passado para 4.793 em 2020.

Compõem as forças de segurança a Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Perícia Técnica e Identificação Oficial (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sistema Penitenciário e Sistema Socioeducativo.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana