conecte-se conosco


Agro News

Fiscais Agropecuários participam de curso de padronização de procedimentos de fiscalização

Publicado

Auditores Fiscais Federais Agropecuários atuantes no Serviço de Inspeção Federal (SIF) e lotados em estabelecimentos de abate, participam, nesta semana, do curso de padronização de procedimentos de fiscalização e inspeção ante e post mortem de animais de abate. A atividade, promovida pelo Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) da Secretaria de Defesa Agropecuária, ocorre na Escola Nacional de Gestão Agropecuária (Enagro).

Essa é a primeira de sete turmas que serão realizadas. Ao todo, 700 Auditores Fiscais Federais Agropecuários serão treinados. “É a primeira vez que reunimos tantos auditores de todas as áreas. Temos servidores com mais de 30 anos de atividade e os que ingressaram no último concurso”, observa a diretora do Dipoa, Ana Lúcia Viana.

 O principal objetivo do curso é a padronização dos procedimentos de fiscalização e inspeção ante e post mortem entre todos os servidores públicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), ficando os Auditores Fiscais responsáveis por treinarem os demais servidores atuantes em estabelecimentos de abate de aves, suínos e bovinos. Além disso, a área busca uniformizar o entendimento referente às diretrizes estipuladas pelas coordenações gerais do Dipoa.

Leia Também:  Ministra Tereza Cristina vai à Bahia Farm Show, nesta sexta-feira

 “Este treinamento é de suma importância no momento em que o Dipoa modernizou o SIF [Serviço de Inspeção Federal] com a publicação de várias normas. Esperamos ter um resultado muito bom com a padronização das ações”, ressaltou Viana.

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Agro News

Fiscais Federais Agropecuários contribuem em ações de combate ao tráfico de drogas

Publicado

O Ministério da Agricultura, através dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários, vem contribuindo nas operações de combate ao tráfico de drogas em parceria com agentes da Polícia Federal, Receita Federal e Polícia Rodoviária Federal. Entre os meses de janeiro e junho deste ano, foram apreendidas 6 toneladas de cocaína escondidas em produtos agropecuários destinados à exportação, sobretudo em frutas e pescados.

De acordo com o fiscal Alexandre Alves, da Divisão de Operações e Fiscalização do Vigiagro, o trabalho dos fiscais agropecuários nesta atividade é fundamental, pois eles são treinados para perceber rapidamente as características dos produtos.

“Há 10 dias, por exemplo, foram apreendidos 880 quilos de cocaína em um carregamento de bananas em Recife. Tão logo os fiscais abriram as caixas, perceberam que não era o padrão da fruta destinada à exportação: as bananas eram menores, com mais pintas, entre outros itens”, explicou.

Operação Pele de Sapo

Na semana passada, uma equipe de cinco Auditores Fiscais Federais Agropecuários e um agente de inspeção integraram uma grande operação de fiscalização, que envolveu 60 pessoas entre membros da Receita Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Federal, com objetivo de coibir o tráfico internacional de drogas nas cargas de origem agropecuária no Estado do Rio Grande do Norte.

Leia Também:  Abertas inscrições para 2ª edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais

Além do foco no porto de Natal, a operação efetuou cinco prisões nas rodovias que cortam o RN, apreendeu carros roubados, anfetaminas e dinheiro em espécie ligado a roubo de veículos. 

A operação foi batizada pela Polícia Federal como “pele de sapo” – espécie de melão mais exportada para a Europa produzido no estado nordestino. Apesar das prisões e apreensões da operação, a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) informou que não foram encontradas drogas nas dependências do porto. 

 Impacto na economia

As exportações de frutas frescas respondem por cerca de 30% de toda movimentação do terminal portuário de Natal, de acordo com a Codern. A atividade de fruticultura é responsável pela geração direta e indireta de 60 mil empregos no estado.

Em setembro, serão 300 contêineres por semana embarcados para Europa e, em um ano, a projeção é que a exportação atinja 1 mil contêineres por final de semana, segundo . As informações são da Secretaria de Agricultura do Estado juntamente com o polo de fruticultores da região.

Leia Também:  Em encontro do mercado sucroenergético, ministra destaca importância do setor para o país

O aumento na produção e a consequente exportação requer aumento na fiscalização. Além de colocar pacotes com drogas dentro de frutas, os traficantes constroem fundos falsos nas embalagens, entre outras práticas ilícitas.

Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Continue lendo

Agro News

Ministra Tereza Cristina fará abertura de reunião de vice-ministros da Agricultura do Brics

Publicado

Nesta quarta-feira (17), a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), acompanhada do secretário-executivo, Marcos Montes, dará as boas-vindas aos representantes de delegações estrangeiras para a Reunião de Vice-Ministros de Agricultura do Brics. O Brasil exerce neste ano a presidência de turno do bloco econômico, do qual participam também Rússia, Índia, China e África do Sul.

A ênfase do encontro preparatório da 9ª Reunião de Ministros da Agricultura, que acontecerá em setembro, em Bonito (MS), é a promoção da ciência, tecnologia e inovação; economia digital; aumento dos contatos entre o setor produtivo e projetos desenvolvidos pelo Novo Banco de Desenvolvimento do Brics (NDB na sigla em inglês). A reunião, na sede do Mapa, seguirá até quinta-feira (18).

O encontro da cúpula do Brics está previsto para ocorrer em novembro, em Brasília.

 

ServiçoAbertura da Reunião de vice-ministros da Agricultura do BricsData: terça-feira – 17 de julho
Horário: 9 horas
Local: Sala Moacir Micheletto, no mezanino da sede do Ministério da Agricultura

Leia Também:  TOMATE/CEPEA: Menor oferta eleva preço do rasteiro para mesa em Irecê (BA)

Mais informações à Imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana