conecte-se conosco


Esportes

Firmino tira Liverpool do sufoco e garante final com Flamengo no próximo sábado

Publicado

Vitória dos Reds foi decidida com um gol de Firmino no fim

Terra – A aguardada final entre Flamengo e Liverpool, 38 anos depois, foi confirmada nesta quarta-feira (18). O time inglês garantiu sua vaga na decisão do Mundial de Clubes ao derrotar, com certa dose de sofrimento, o Monterrey por 2 a 1, em Doha, no Catar. O brasileiroRoberto Firmino decidiu o duelo ao marcar aos 45 minutos do segundo tempo.
O resultado confirmou a esperada final entre os favoritos da competição organizada pela Fifa. A decisão está marcada para as 14h30 de sábado. Na terça, o Flamengo vencera o Al Hilal por 3 a 1. Assim, as duas equipes vão reeditar a final de 1981, quando o time carioca, então liderado por Zico, surpreendeu o mundo ao aplicar 3 a 0 no favorito inglês e faturar o troféu.
Entre os dois favoritos, o Liverpool acabou sendo o time que mais sofreu em sua estreia. O técnico Jürgen Klopp surpreendeu ao escalar sua equipe com apenas quatro titulares. O motivo é o desgaste recente do Liverpool, que tem oito jogos no calendário somente em dezembro, por quatro competições diferentes, entre jogos decisivos, como aconteceu na Liga dos Campeões.

Não bastasse as baixas, o Liverpool teve dificuldade com a forte e eficiente marcação do Monterrey, que aguentou o quanto pôde até os instantes finais. Mas não resistiu quando o time inglês passou a contar com o seu trio ofensivo, formado por Salah, Firmino e Mané. Os dois últimos entraram somente no segundo tempo. O brasileiro fora colocado em campo apenas seis minutos antes de decidir o duelo.

O JOGO

Preocupado com o desgaste do seu elenco, Klopp escalou uma equipe mista nesta quarta. Deixou de fora, por precaução, o zagueiro Van Dijk e o volante Wijnaldum – o clube garante que a dupla não preocupa -, e poupou Mané, Firmino e Alexander-Arnold. Assim, Henderson atuou improvisado na zaga, enquanto Milner jogou na lateral direita. Shaqiri e Lallana reforçaram o meio-campo.
Com esta formação, o Liverpool até começou no ataque, com uma finalização perigosa de Shaqiri aos 4 minutos, mas não escondia as limitações em comparação ao time titular, principalmente na defesa. Aos 11, Salah recebeu na intermediária, girou rápido e deu precisa enfiada para Keita entrar na área e bater na saída do goleiro Barovero: 1 a 0.
O gol, contudo, não mascarou as dificuldades do time inglês. Apenas dois minutos depois, o Monterrey buscou o empate. Após bate-rebate na área, o goleiro Alisson deu rebote e Funes Mori, sem qualquer marcação na pequena área, só completou para as redes.
Na metade do primeiro tempo, o Liverpool registrava posse de bola de até 73%. Porém, criava pouco. Salah era a única fonte de inspiração da equipe, que parava com facilidade na marcação mexicana e levava sustos constantes na defesa. Aos 26, Alisson precisou fazer bela defesa para evitar o gol de Pabón, em forte finalização da direita. As investidas do Monterrey eram sempre pela direita do ataque, nas costas do volante Henderson, improvisado na zaga.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

André e George faturam 1ª etapa do Circuito Nacional de Vôlei de Praia

Publicado


.

 A dupla André e George faturou neste domingo (27) a primeira etapa do Circuito Nacional de Vôlei de Praia, disputada em Saquarema, no Rio de Janeiro (RJ).  Na final, os campeões da temporada passada venceram por 2 sets a 0 (parciais de 21/18 e  21/13)  os parceiros Guto e Arthur.

“Estamos muito felizes em voltar a competir, nos dedicamos muito nas últimas semanas. Trabalhamos muito, especialmente na parte física. Conforme fomos evoluindo conseguimos melhorar também tecnicamente o saque, o passe e o levantamento. Melhoramos individualmente para podermos melhorar como equipe. E chegar nessa final é o fruto deste trabalho”, afirmou André em entrevista ao site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

O jogador Guto, eleito o melhor da partida, agradeceu o carinho dos fãs e comemorou a boa estreia com o novo parceiro. “Obrigado ao pessoal que acompanhou e votou, fico feliz, as pessoas são muito apaixonadas pelo vôlei de praia. Quero agradecer ao meu parceiro, me ajudou demais. Fico feliz com esse carinho e essa estreia muito boa da nossa dupla. A energia está muito boa, desde o primeiro treino, e agora em nossa primeira competição já iniciar com uma final é maravilhoso”.

Na briga pelo bronze, a dupla Adrielson e Renato superou a parceria Hevaldo e Saymon por 2 sets a 1 (19/21, 21/17 e 15/13). Classificadas para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, as duplas Álvaro e Alison e Evandro e Bruno participaram do torneio, mas foram eliminadas nas quartas de final. Álvaro e Alison não passaram por André e George. Evandro e Bruno foram eliminados por Guto e Arthur Mariano.
A segunda etapa da temporada do Circuito Nacional de Vôlei de Praia será entre os dias 15 a 18 de outubro (disputa feminina) e  de 22 a 25 de outubro (masculina), também na cidade de Saquarema (RJ). As outras três etapas da temporada 2020/21 ainda terão locais a serem definidos, mas já possuem datas. A terceira fase será de 5 a 8 de novembro (feminino) e 12 a 15 de novembro (masculino). O quarto torneio será de 2 a 6 de dezembro, e o quinto de 16 a 20 de dezembro.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Esportes

Atlético-GO e Botafogo empatam em 1 a 1 no estádio Olímpico

Publicado


.
Empate que não foi bom para ninguém. Atlético-GO e Botafogo ficaram no 1 a 1, no Estádio Olímpico, em um jogo marcado pela superioridade das defesas. Com o resultado, o Dragão chegou a 13 pontos, na 13ª posição, mas pode ser ultrapassado pelo Coritiba, que joga contra o Fluminense, na segunda-feira (28). O Glorioso agora tem 11 pontos e segue na zona do rebaixamento, ocupando a 18ª colocação.

O Botafogo começou pressionando o Atlético-GO e teve o domínio da partida até os 15 minutos, quando diminuiu o ritmo. O jogo passou a ser mais equilibrado e as equipes encontravam muita dificuldade de criar uma chance real para abrir o placar. As tentativas eram ou por finalizações de longa distância, ou em cruzamentos na área sem ninguém para definir.

O primeiro gol do jogo saiu de um chute da entrada da área. Vitor Luis arriscou de perna esquerda e a bola bateu na mão do lateral-direito João Victor. Pênalti assinalado pelo árbitro Leandro Vuaden. O próprio Vitor Luis foi para a cobrança, bateu forte, no meio, e abriu o placar para o Alvinegro carioca.

O Atlético-GO precisou de apenas quatro minutos para deixar tudo igual no segundo tempo. Depois de um tiro de meta fraco cobrado por Rafael Forster, Hyuri recebeu a bola, passou para Janderson, que tocou rasteiro na entrada da pequena área. Hyuri apareceu e, de carrinho, empatou a partida.

O gol deixou o jogo mais animado, entretanto, as duas defesas mostraram segurança e deram poucas oportunidades para os adversários. Cada equipe teve apenas uma chance clara de marcar.

Aos 23 minutos, Bruno Nazário deixou Luiz Otávio na cara do gol. O volante teve tempo de escolher o canto e bater forte, mas Jean operou um milagre e fez a defesa em dois tempos. Aos 45 minutos foi a vez do Dragão desperdiçar. Nicolas cruzou a bola na cabeça de Júnior Brandão que, sozinho, jogou para fora.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Fluminense, domingo (4 de outubro), às 11h, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). O Atlético-GO visita o Fortaleza, no mesmo dia, às 18h15min, no Castelão, na capital cearense.

Ceará 2 x 2 Goiás

Também neste domingo (27), o Ceará em empatou em 2 a 2 com o Goiás, na Arena Castelão, na capital Fortaleza. Com o resultado o Vozão chegou a 14 pontos, ocupando provisoriamente o 12º lugar na tabela de classificação. Já o Goiás, permanece na zona de rebaixamento: soma nove pontos e, por enquanto, está em 19º lugar. 

Mal começou o primeiro tempo e o meia-central Fernando Sobral mandou uma bomba da entrada da área que acertou o travessão do gol de Tadeu.  E logo depois, ainda no primiero minuto de jogo, o Esmeraldino abriu o placar. Após cruzamento de Vinícius, Breno cabeceou e o goleiro Fernando Prass foi na bola, mas deu rebote, e aí Rafael Moura mandou para o fundo da rede. Após sofrer o primeiro gol, o Ceará teve várias chances de empatar com belas jogadas de Rafael Sobis, Vina e Felipe Silva. Aos 43 saiu, após escanteio, o zagueiro Thiago marcou de cabeça, mas o árbitro anulou, alegando que a bola batida do escanteio fez uma curva por fora da linha. Não valeu. E depois, aos 45, Vina arriscou um belo chute, mas o goleiro Tadeu impediu o empate. 

Na etapa final,  o gol de empate saiu aos 23 minutos, com o  volante Charles: ele arrancou com a bola e, mesmo sem ângulo chutou e balançou a rede para o Vozão. Tudo igual no Olímpico. E a equipe cearense não parou por aí. Destaque para o meia Vina, que aos 23 mandou uma bomba perto do travessão e depois, aos 27, virou o placar para o Ceará, após invadir a área e marcar com categoria. E o Ceará ainda teve chance de ampliar com Caju, que desperdiçou uma chance inacreditável, aos 41 minutos,  dentro da pequena área. E, como diz o ditado, quem não faz, leva. E foi o que aconteceu: aos 45 minutos, após cobrança de falta, o zagueiro David Duarte subiu e marcou o gol de empate do Goiás. Confira AQUI a tabela de classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana